18 de outubro

GDF - Administrações Regionais

CONHEÇA A RA

Conheça a RA

A Região Administrativa de Planaltina (RA VI) foi criada em 19 de agosto de 1859 pela Lei nº 03 da Assembleia Provincial de Goiás. Criou-se, então, o Distrito de Mestre D’armas, que nos termos da lei pertencia ao município de Formosa. Mais tarde, esta passou a ser a data oficial da fundação da cidade, conforme o disposto no artigo 2º do Decreto “N” nº 571, de 19 de janeiro de 1967.

A história da cidade, porém, começou bem antes, logo após a passagem da Comissão Cruls que esteve na região para estudar onde seria a futura capital do Brasil. O então Presidente da República Epitácio Pessoa baixou o decreto nº 4494, em 18 de janeiro de 1922, determinando o assentamento da Pedra Fundamental. No dia 7 de setembro de 1922, a pedra foi lançada exatamente onde pretendia-se construir a futura capital do Brasil.

Planaltina, distante 38,5 quilômetros do Plano Piloto, é a mais antiga das regiões administrativas do Distrito Federal. Conserva, em suas ruas estreitas, centenários casarões. O local, na época chamado de Vila Mestre D'Armas, devido a um armeiro que morou na região, era ponto de escoamento do ouro retirado de Goiás e em 1917 a cidade foi batizada com o nome atual.

Hoje, a Região Administrativa VI, com 1.537,16 quilômetros quadrados, é um dos pontos turísticos do Distrito Federal. Planaltina oferece ao visitante atrações como a Lagoa Bonita, a Cachoeira do Pipiripau, o Centro Histórico e o Vale do Amanhecer, uma das maiores comunidades místicas do país.

A mais importante reserva ambiental da América do Sul, a Estação Ecológica de Águas Emendadas, também se localiza próxima à cidade. Na área urbana, as maiores atrações são a Igreja de São Sebastião, a Igreja Matriz e o Museu Histórico e Artístico de Planaltina, que conserva a memória da cidade e oferece aos visitantes artesanato da região, destacando-se a cerâmica e a tapeçaria.

O calendário de eventos da cidade é extenso. Os visitantes podem apreciar festas tradicionais como a Folia do Divino, realizada no sétimo domingo após a Páscoa, e a Folia dos Santos Reis, no dia 6 de janeiro. O evento mais importante é a Via-Sacra, a mais concorrida festa religiosa do Distrito Federal, representada por atores da cidade, e que leva um público de cerca de 150 mil pessoas ao Morro da Capelinha, durante as comemorações da Semana Santa.

Conheça a RA
Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros