16 de outubro

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais

Destaques

Participe da reunião sobre a revisão do Plano de Ordenamento Territorial de Planaltina.

O Plano Diretor de Ordenamento Territorial – PDOT consiste no instrumento básico das políticas de ordenamento territorial de expansão e desenvolvimento urbano e irá orientar o desenvolvimento e o crescimento da Cidade para os próximos 10 anos.

Sua participação é fundamental!

Você pode participar de forma presencial ou online, através da plataforma zoom.

 

Presencial: 16/10

Horário: 14h30

Local: Ginásio de Esporte de Sobradinho

 

Oficinas online: 16/10

Horario: 15h

Plataforma zoom

 

Para participar, tanto da ofinina onlina quanto da reunião presencial, é necessário se increver no site www.pdot.seduh.df.gov.br

Você sabe o que é PDOT?

Consiste no instrumento básico das políticas de ordenamento territorial de expansão e desenvolvimento urbano. É o documento que orienta o desenvolvimento e o crescimento do Distrito Federal para os próximos 10 anos.

 

PDOT em Planaltina

O Plano Diretor de Ordenamento Territorial (Pdot) está em processo de revisão em todo Distrito Federal. Em Planaltina, o Pdot tem como objetivo demarcar novas áreas para habitação, regularização fundiária e instalação de empresas. Ele define, por exemplo, para onde a Cidade deve se desenvolver, quais áreas devem ser protegidas do ponto de vista ambiental, onde devem ser fortalecidas as atividades da agricultura, quais áreas podem ser destinadas à moradia de interesse social ou à indústria, quais são passíveis de regularização fundiária, quais áreas são consideradas urbanas e quais são rurais.

 

Temas

As propostas do planejamento territorial serão desenvolvidas em eixos, sendo:

Gestão Social da Terra, Ruralidade, Mobilidade, Habitação e Regularização, Desenvolvimento Econômico Sustentável, Meio Ambiente e Infraestrutura.

 

Construção Participativa

Para revisão do plano, está sendo realizada consulta pública com a comunidade, para construção participativa e democrática do plano, através de diretrizes para o desenvolvimento planejado e atendendo as necessidades coletivas da Cidade. Portanto, nós queremos ouvir você! Tem alguma sugestão para revisão do Pdot de Planaltina? Caso tenha, entre no link abaixo e preencha o formulário.

 

Clique aqui e acesse o formulário

 

 

Contra a dengue é ação o ano inteiro. Esse é lema do Governo do Distrito Federal (GDF), que norteia as políticas de combate ao Aedes aegypti. Por isso, equipes da Diretoria de Vigilância Ambiental (Dival) e do Corpo de Bombeiros (CBMDF) estão intensificando inspeções para erradicar focos de larvas do mosquito antes do início do período chuvoso, inclusive com o auxílio de drones.

Para os moradores da região, a ação dos agentes de saúde no combate à dengue dá mais segurança à comunidade. De acordo com o CBMDF, este ano já foram realizadas 36.785 visitas de inspeção em todo o DF | Fotos: Lúcio Bernardo Jr/Agência Brasília

 

“O drone facilita o mapeamento. Pelo alto, é mais fácil identificar possíveis focos do mosquito da dengue e, assim, agilizar o trabalho dos agentes que estão em solo, tanto na conscientização da população quanto no tratamento de focos já existentes, onde utilizamos um biolarvicida”Tenente Ribeiro, chefe de campo da Operação Dengue do CBMDF

 

Nesta quarta-feira (22), no Vale do Amanhecer, em Planaltina, o zumbido das hélices dos drones atraiu a atenção dos moradores da CR 89, que iam até os portões das casas para identificar a origem do barulho. No chão, militares do CBMDF operavam os aparelhos, que em ações desse tipo voam a uma altura de até 120 metros e cobrem uma região de cerca de um quilômetro de raio.

Ao lado dos operadores dos drones, servidores da Dival acompanham o trajeto do aparelho por cima das casas em um tablet, registrando em fotografias possíveis locais onde o Aedes aegypti pode estar se proliferando. O chefe de campo da Operação Dengue do CBMDF, tenente Ribeiro, explicou as vantagens da utilização dos drones nesse tipo de missão.

“O drone facilita o mapeamento. Pelo alto, é mais fácil identificar possíveis focos do mosquito da dengue e, assim, agilizar o trabalho dos agentes que estão em solo, tanto na conscientização da população quanto no tratamento de focos já existentes, onde utilizamos um biolarvicida”, detalhou.

Quem mora na região aprovou as ações de combate à dengue. O garçom Warley da Silva Lima, 25 anos, mora na CR 89 e disse se sentir seguro quando vê os agentes de saúde na rua. “É bem bacana ver essas ações, já vi o carro passando com o fumacê também algumas vezes. Antigamente não tinha tanto, é bem melhor assim”, contou.

Aumento de casos em Planaltina

De acordo com o último boletim epidemiológico da Secretaria de Saúde (SES), divulgado no início do mês, até o momento foram notificados 12.188 casos de dengue em pessoas residentes no DF. Planaltina, onde está ocorrendo o reforço nas inspeções, registrou um aumento de 28,3% no número registrado do ano passado para este.

A chefe de núcleo da Dival de Planaltina, Michelle Peçanha, esclareceu que as ações com drones são parte de uma estratégia para conter o avanço da doença na localidade. “Já fizemos visitação em 100% das casas aqui no Vale do Amanhecer, e esse reforço com a ajuda dos drones é importante para fazer um trabalho de manutenção para, quando começar a chover, mantermos os índices sob controle”.

Segundo o CBMDF, até o momento a corporação realizou 36.785 visitas a residências para inspeções em todo o DF, nas quais os militares identificaram e erradicaram 126 focos de mosquitos da dengue.

 

Matéria: Agência Brasília

Quer conhecer um pouco mais Planaltina e suas riquezas? 

Baixe o miniguia e veja os belos pontos turisticos da Cidade

 

Planaltina na Rota do Turismo

 

A Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap) abriu o cadastramento para ocupantes de imóveis localizados na Vila Buritis, em Planaltina-DF. Este é o primeiro passo para participar do processo de regularização fundiária, e tem a finalidade de identificar os ocupantes dos lotes.

São, ao todo, 55 imóveis. Todos comercias e residenciais, com metragem de 200 m².

O cadastro é obrigatório para participar do processo de regularização. Todo o procedimento é online. Ao entrar na página da Terracap (www.terracap.df.gov.br), o interessado encontrará a seção “Regularize Imóveis”. No campo, haverá a aba “Vila Buritis – Planaltina-DF, Cadastre-se”. Basta clicar no link e fornecer as informações solicitadas pela Agência.

O mesmo procedimento pode ser feito via dispositivo móvel, pelo aplicativo para as plataformas Android e iOS, denominado “Terracap”.

Após essa etapa, a Terracap publicará edital de chamamento de Venda Direta, contendo endereços, metragem e valores dos lotes, convocando os ocupantes a apresentarem a proposta de compra do imóvel.

Mais informações podem ser obtidas por meio dos canais de atendimento da Terracap, no call center (61) 3342-1103, ou pelo atendimento remoto, por meio do chat online. É só acessar o portal da empresa.

 

Veja o vídeo abaixo e saiba o passo a passo para fazer o cadastramento:

 

Matéria: Comunicação, Terracap

Planaltina, a cidade mais antiga do Distrito Federal, completou nesta quinta-feira (19) 162 anos. Foi nela que a Missão Cruls lançou a Pedra Fundamental, em 1922, durante os estudos para a construção de Brasília. Por ser centenária, a cidade guarda grandes tesouros arquitetônicos, como um casarão construído no século 19, que abriga, desde 1974, o Museu Histórico e Artístico.

 

Em comemoração ao aniversário da cidade, a secretária de Turismo do DF, Vanessa Mendonça, e o administrador regional, Célio Rodrigues, inauguraram o primeiro Centro de Atendimento ao Turista (CAT). No Distrito Federal, é a única unidade deste tipo localizada dentro de um museu – o Museu Histórico e Artístico.

 

“Planaltina merece todo o nosso reconhecimento, trabalho e amor e, pelo olhar do turismo, vamos resgatar toda a cidade, por tudo o que ela representa, pela sua história. Neste momento de inauguração do CAT, que é muito importante para turismo local, estamos lançando também o mini guia de Planaltina, que se chama Planaltina na Rota do Turismo, em português e inglês. Ele está disponível na versão virtual em nosso site, com imagens pelo Google Earth, para a população do país e do mundo acessar”, declarou a secretária Vanessa Mendonça.

 

Parceria

 

O Administrador Célio Rodrigues ressaltou a parceria com a Secretaria de Turismo do DF (Setur-DF) para a valorização do patrimônio histórico e do desenvolvimento local. “Planaltina sempre foi importante, um dos principais pontos que recebeu a Missão Cruls. Temos aqui a Pedra Fundamental, que é um marco histórico por ser o primeiro monumento construído no Distrito Federal. Assim, temos essa importância e estamos trabalhando para, cada vez mais, desenvolver o nosso turismo, nossa cultura e trazer emprego e oportunidade. Para isso, a parceria com a Secretaria de Turismo é fundamental”, destacou o administrador.

 

Presidente da Ceasa, Sebastião Marcio, secretária de Turismo do DF, Vanessa Mendonça, administrador regional de Planaltina, Célio Rodrigues, ex-deputado Salviano Guimarães, o superintendente do Arquivo Público do DF, Adalberto Scigliano, durante a Inauguração do Centro de Atendimento ao Turista de Planaltina. Foto: Renato Braga/Setur-DF

 

O deputado distrital Claudio Abrantes prestigiou a comemoração e destacou o trabalho que vem sendo realizado na Região Administrativa. “Planaltina consegue, na sua maneira generosa de ser, abrigar, acolher e fazer com que todas as pessoas que tiveram algum contato, se apaixone por ela”. O parlamentar ressaltou o trabalho da Secretaria de Turismo do DF em potencializar o Turismo. “A secretária Vanessa Mendonça se tornou uma grande amiga e tem ajudado muito a potencializar uma característica que a cidade sempre teve, que é o turismo. Ela está sempre por aqui com a sua expertise, capacidade e com carinho cuidando da nossa cidade. Obrigado secretária”, afirmou o deputado.

 

Outra aniversariante do dia, Nilda Pedroso de Sousa, moradora de Planaltina, estava presente na cerimônia e reconheceu o crescimento e desenvolvimento da região ao longo dos anos. “Sou moradora e fazer aniversário no dia do aniversário da cidade é um presente.  Aqui estudei, me formei e é com muito carinho que vejo o crescimento de Planaltina. Fiquei muito feliz com a fala da secretária de Turismo trazendo novos empreendimentos como o conselho de Turismo, agradeço as pessoas que estão investindo aqui, agora temos faculdades, bom comércio e segurança, fico muito feliz”, comemorou a aniversariante.

 

Missão dada é missão cumprida

 

Celio Rodrigues disse que o turismo religioso é muito forte na região e que todo esse patrimônio cultural deve continuar sendo preservado com ações de fortalecimento. “Temos a Festa do Divino, a Via Sacra, o Dia do Doutrinador do Vale do Amanhecer, todos são atrativos de grande público, e a Setur tem nos fortalecido e ajudado a desenvolver um trabalho de acolhimento ao turista”, informou o administrador de Planaltina.

 

Segundo a secretária Vanessa Mendonça, o trabalho conjunto com todos os órgãos e secretarias é resultado de uma determinação de governo. “O nosso governador Ibaneis Rocha nos pede e nos orienta sempre para estarmos cada vez mais perto da população e fazendo entregas. Assim, cada vez mais vamos olhar para a população de Planaltina, divulgar a cidade e torná-la cada vez mais acolhedora”, garantiu a secretária.

 

Secretária de Turismo do DF, Vanessa Mendonça, e a artesã Vitória Régia Martins durante a inauguração do CAT de Planaltina. Foto: Renato Braga/Setur-DF

 

Outra ação para qualificar o turismo local foi a entrega de sete vias da Carteira Nacional do Artesão, uma delas para 30 bordadeiras rurais que trabalham com temas do Cerrado. O artesanato é um dos mais importantes produtos associados ao turismo, pois expressa a alma da região. A artesã Vitória Régia Martins Melo recebeu a sua carteira durante a inauguração do CAT e falou em nome de todas as bordadeiras contempladas.

 

“Eu queria agradecer em nome das outras bordadeiras que não puderam vir, somos trinta mulheres da área rural de Planaltina e o nosso foco de bordado é o Cerrado. Então, nos procure porque a gente borda com amor enorme as coisas do Cerrado e que representam o DF”, agradeceu a artesã.

 

Presidente da Ceasa, Sebastião Marcio, secretária de Turismo do DF, Vanessa Mendonça, administrador regional de Planaltina, Célio Rodrigues, ex-deputado Salviano Guimarães, o superintendente do Arquivo Público do DF, Adalberto Scigliano, a artesã Vitória e a mestre-artesã Roze Mendes durante a Inauguração do Centro de Atendimento ao Turista de Planaltina. Foto: Renato Braga/Setur-DF

 

A Carteira Nacional do Artesão (CNA) é emitida pela Setur-DF, de acordo com as diretrizes do Programa do Artesanato Brasileiro (PAB), coordenado pelo Ministério da Economia. A CNA é a certificação da qualidade do artesanato produzido e permite ao artesão participar de todas as feiras locais e nacionais, que tenham a participação da secretaria.

 

Muitos atrativos

 

Por suas características, Planaltina oferece muitos segmentos turísticos, além do histórico, arquitetônico, religioso, gastronômico, é muito forte no turismo rural. Por isso, a região está na Rota do Cavalo, Rota do Cerrado e na Rota do Enoturismo. A antiga Mestre d’Armas é hoje um importante polo do agronegócio do DF.

 

Além de receber o CAT, a cidade instituiu também o Conselho de Turismo. O presidente da entidade, Aron Henrique, falou sobre a expectativa de atrair visitantes a partir do serviço de orientação e suporte aos turistas. “O turismo nas Regiões Administrativas antes da gestão da Secretária Vanessa era desordenado. Quando o governo vem e sinaliza para a população e para os visitantes que Planaltina tem um CAT, ele sinaliza a rota do turismo, ele aponta para onde as pessoas devem ir. Aí a gente começa a ter uma expectativa de que, por meio dessa sinalização do governo, Planaltina vai passar a receber um fluxo mais significativo, mais ordenado e poderemos mensurar a atividade turística”, observou o turismólogo.

 

Museu Histórico e Artístico de Planaltina. Foto: Renato Braga/Setur-DF

 

Filho de Planaltina, Salviano Guimarães, primeiro presidente da Câmara Legislativa do DF, disse que a instalação do CAT no museu vai estimular a implantação da revitalização da antiga praça central, no Centro Histórico da cidade, em frente ao casarão que era de seu avô e que leva o nome dele, Cel. Salviano Monteiro. “Me hospedei muitas vezes aqui, quando era criança e vinha passar férias”, lembrou o ex-deputado distrital. Para ele, o novo olhar do turismo implementado pela Setur-DF está alavancando todos os segmentos econômicos da cadeia turística em Brasília “e graças ao empenho da secretária Vanessa chega com força a Planaltina.”

 

“O CAT vai ressignificar o receptivo turístico em Planaltina. Os visitantes que chegarem aqui, a partir de agora, serão orientados a explorar os atrativos turísticos da cidade com informações detalhadas. É prioridade do nosso governo estruturar, capacitar e promover os atrativos turísticos das nossas regiões administrativas” finalizou a secretária Vanessa Mendonça.

 

Mês de agosto chegou e os presentes para Cidade não param de chegar!

Ao completar seus 162 anos, Planaltina recebe a instalação de 16 lixeiras semienterradas do (SLU). Os locais foram mapeados e selecionados em um trabalho conjunto da Administração de Planaltina com SLU, priorizando as regiãos com maior acumulo de lixo e locais de difícil acesso para o caminho de lixo fazer o recolhimento porta a porta. 

O papa-lixo é um contêiner semienterrado, com capacidade de até 5 m³, que possibilita o armazenamento dos resíduos de forma segura e limpa, evitando, assim, o descarte irregular pela população e a proliferação de vetores. Deve ser utilizado para receber resíduos orgânicos e indiferenciados (coleta convencional).

Para o Administrador de Planaltina, Célio Rodrigues, esses papa-lixos vem para deixar os locias mais limpos e organizados. “Vai trazer mais conforto para a população, evitando que sujeira de toda natureza seja espalhada a céu aberto”.

 

Nesta primeira etapa, foram instalados 16 papa-lixo, sendo a maioria em Núcleos Rurais. Veja os locais que estão recebendo o equipamento:

– Assentamento Pequeno Willian

– Horta Comunitária

– Jardim Morumbi (2 locais)

– Mestre D’Armas (2 locais)

– Morro da Capelinha

– Núcleo Rural Bica do DER

– Núcleo Rural Córrego do Arrozal

– Núcleo Rural Pipiripau

– Núcleo Rural Quintas do Vale Verde

– Núcleo Rural Rajadinha (2 locais)

– Núcleo Rural Sarandi

– Núcleo Rural Taquara

– Arapoanga

– Vale do Amanhecer

 

Agradecemos ao slu, pela parceria e por nos ajudar a atender as demandas da Cidade.

 

 

 

Dando inicio as comemorações dos 162 anos de Planaltina, a Cidade recebe a 1ª Feira Nacional da Uva e do VInho de Brasília. 

Com estrutura montada no Parque de Exposição de Planaltina, a Feira acontecerá nos dias 30 e 31/07 e 01, 06, 07 e 08/08, das 10h às 22h.

Com stands variáveis, a Feira contará com artesanato, flores, área gastronômica, parque de diversões, mini fazendinha e um espaço destinada para uvas, vinhos e derivados, além de workshops sobre vinhos e degustações.

Esta feira está sendo organizada pela Associação Crescer DF e tem o apoio do GDF, através dos órgãos: Administração de Planaltina, Secretaria de Turismo, Secretaria de Agricultura, Emater-DF e Superintendência Federal de Agricultura.

 

Participe!

 

Dias: 30 e 31/07 e 01, 06, 07 e 08/08

Horário: das 10h às 22h

Local: Parque de Exposição de Planaltina, ao lado da UnB, na entrada da Cidade pela Av. Independência.

 

Devido à pandemia COVID-19, havendo lotação máxima, os portões serão fechados às 20h. 

Moradores do Núcleo Rural Córrego do Arrozal, localizado entre Sobradinho e Planaltina, já podem comemorar as melhorias que estão chegando à região. Isso porque foi finalizada a licitação que garantirá a pavimentação do trecho de 2 km que estava sem asfalto. Além disso, serão feitos serviços de drenagem, plantio de grama e construção de calçadas com acessibilidade no local. A empresa vencedora foi a Pieroni Engenharia Ltda ME.

O trecho de 2 km que será pavimentado receberá também serviços de drenagem, plantio de grama e construção de calçadas com acessibilidade  | Foto: Adriano Teixeira / Novacap

Com o investimento de R$ 1,865 milhão, as obras vão começar na primeira semana de agosto e serão concluídas em nove meses, com expectativa de gerar dezenas de empregos. A demanda é um pleito antigo da população, que convive, há anos, com a falta de infraestrutura.

“O governador Ibaneis Rocha tem realizado um trabalho de muita importância nas áreas rurais de nossa cidade”, avalia o presidente da Novacap, Fernando Leite. “No Córrego do Arrozal, os moradores sofrem há anos com a lama durante o período das chuvas e com o excesso de poeira que se forma durante a seca. Felizmente, agora, esse problema será resolvido.”

 

 

*Com informações da Novacap

* Matéria: Agência Brasília

A Escola de Assistência Jurídica da Defensoria Pública, desenvolveu, pela defensora pública Rita de Castro Hermes Meira Lima, cartilha sobre os Direitos Sexuais e Reprodutivos.

A cartilha apresenta uma importante pauta da sociedade e esclarece pontos relevantes sobre o conceito de violência de gênero, conceitos de direitos sexuais, como garantia do exercício da sexualidade de forma livre, autônoma e informada. Apresenta também o conceito de direito reprodutivo, sendo este a garantia de que toda pessoa determine se quer ou não ter filhos(as) e também como e quando isso deve ocorrer. São apresentadas relevantes razões para o debate das questões centrais da pesquisa.

A cartilha, no que se refere a exemplos práticos, apresenta as formas de violência sexual mais recorrentes, tais como: toques inadequados, não consentidos ou não desejados no corpo da mulher; comentários ofensivos relativos ao corpo ou à sexualidade da mulher; assédio no ambiente de trabalho; atos sexuais forçados (mediante constrangimento ou violência física); divulgação/compartilhamento de imagens íntimas da mulher, dentre outros.

O material da cartilha também apresenta robusto conteúdo sobre os direitos reprodutivos, sendo estes: Acesso às informações necessárias para bem decidir sobre o plano de ser ou não ser mãe; garantir acesso a medicamentos, métodos e técnicas para não engravidar; garantir tratamento de saúde para as mulheres que querem engravidar; assegurar o tratamento humanizado da mulher durante toda a gravidez (pré-natal, parto e pós-parto), respeitando a sua autonomia e o corpo da gestante, protegendo-a de violência obstétrica.

Um importante destaque é feito sobre a violência obstétrica, suas modalidades mais recorrentes, formas de busca por auxílio, bem como meios de garantia dos direitos no período gestacional até o nascimento da criança e os meios que podem ser utilizados para denunciar qualquer tipo de violência obstétrica que possa ser perpetrada.

 

Clique no link abaixo e acesse a cartilha completa.

Cartilha Direito Sexuais e Reprodutivos das Mulheres

Impossível não se sentir grato de poder fazer a diferença na vida de tantas famílias.

Dia 06 de julho de 2021. Dia muito especial e que ficará na memória de centenas de famílias que sonham há anos com este momento: o da regularização de suas terras.

O Governador Ibaneis Rocha assinou de decreto para regulamentar a Lei Complementar n° 986/2021, a Lei da Reurb. Com esse decreto, o governo leva segurança jurídica e infraestrutura a pessoas que residem em áreas vulneráveis de DF. Em Planaltina, essa Lei contemplará moradores da Horta Comunitária, Assentamento Miguel Lobato e Bica do DER.

Serão criadas oito novas Áreas de Regularização de Interesse Social (Aris), que vai permitir uma reestruturação urbana e possibilitar acelerar os processos de áreas que ainda não foram regularizadas. Com a sanção da lei, fica permitido também ao poder público iniciar obras de infraestrutura em núcleos urbanos informais em processo de regularização.

Este Governo tem trabalhado para os que mais precisam. Áreas sendo regularizadas e sonhos sendo realizados. E não vamos parar! 

 

Em continuidade às ações da maior regularização rural da história de Brasília, o Governo do Distrito Federal (GDF) entregou, nesta terça-feira (15), 28 escrituras públicas a famílias de Planaltina. A iniciativa faz parte da força-tarefa envolvendo a Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap) e a Secretaria de Agricultura (Seagri) para solucionar cinco mil processos.

Cerimônia de entrega das escrituras aos produtores do DF: mais segurança para milhares de famílias | Foto: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília

Juntas, Terracap e Seagri têm identificado a situação processual de cada caso e encaminhado soluções para milhares de famílias. Durante cerimônia realizada no Palácio do Buriti, as famílias receberam escrituras públicas de Concessão de Direto Real de Uso (CDRU) de terras rurais do DF.

Localizadas nas fazendas Boa Vista e Barra Alta, em Planaltina, as ocupações rurais contempladas totalizam 6,3 mil hectares regularizados. O DF tem uma área total de 578 mil hectares, sendo que 404 mil deles estão na área rural – o que representa 70% do nosso território.

“[A entrega das escrituras] faz justiça àqueles que produzem riquezas para o DF e deixam tributos aqui”, disse o vice-governador Paco Britto. “Essas escrituras dão dignidade às pessoas e vão possibilitar o acesso a custeios e investimentos mais baratos que vão refletir na economia.”

Paz social

“Estamos pagando uma dívida histórica de 60 anos com os produtores rurais”Candido Telles, secretário de Agricultura

A concessão de direito real de uso, registrada na matrícula do imóvel, facilita o acesso ao financiamento bancário, uma vez que pode ser utilizada para obtenção de crédito rural ou como garantia de operações de investimentos nas terras rurais concedidas.

De 1960 a 2018, o GDF entregou apenas 23 escrituras de concessão de direito real de uso (CDRUs) a ocupantes de chácaras e fazendas na área rural do DF. Desde janeiro de 2019, a Terracap aprovou 54 novas escrituras, das quais 28 já estão prontas para a entrega.

O secretário de Agricultura, Candido Teles, afirma que a medida é uma reparação histórica. “A segurança jurídica traz paz social ao campo, e esse é o nosso objetivo”, pontua. “Estamos pagando uma dívida histórica de 60 anos com os produtores rurais”.

 

Produtores beneficiados

Do outro lado dessa iniciativa estão os produtores rurais, que agradecem o empenho do governo. “É um momento histórico para nós”, afirmou o produtor rural Ricardo Ulhoa. “Estamos no Núcleo Rural Rio Preto há 40 anos aguardando esse ato definitivo, e finalmente conseguimos lograr êxito em obter uma escritura CDRU. Há muito aguardamos, e parecia um pouco distante. Cabe a nós agradecer a essa gestão”.

 

Produtor de gado e grãos, Leônidas dos Santos aguardava pela CDRU desde 1969, quando chegou ao Núcleo Rural Barra Alta para morar com a família. “Sou o primeiro morador da colônia agrícola Barra Alta e recebo esse documento com alegria, porque anseio por ele desde os meus 14 anos”, contou. “O DF é uma alavanca da produção rural, e queremos cada dia evoluir e produzir mais. E também pedimos segurança, porque quero que meus netos e bisnetos tenham sua terra. Nós que temos terra debaixo da unha não queremos largar a terra”.

 

Matéria e fotos: Agência Brasília

Novas áreas do DF serão regularizadas

O Projeto de Lei Complementar que trata sobre a Regularização Fundiária Urbana (Reurb) foi aprovado na última semana pela Câmara Legislativs do DF.

De autoria da SEDUH, o Projeto de Lei visa garantir à população de baixa renda, o direito à moradia com infraestrutura necessária e segurança jurídica. Serão criada 8 novas Áreas de Regularização de Interesse Social (Aris).

Em Planaltina, as áreas serão: Miguel Lobato, Favelinha da Horta Comunitária I e parte do Condomínio Bica do DER.

O Projeto de Lei teve ação da comissão de assuntos fundiários, presidido pelo Deputado Distrital Claudio Abrantes e aprovado em plenário. Agora, o projeto segue para sanção do Governador Ibaneis Rocha.

 

A Defensoria Pública do Distrito Federal criou a Cartilha sobre violência doméstica e familiar contra a mulher.

A cartilha, no que se refere a dúvidas sobre a Lei Maria da Penha, trabalha a diferenciação do que é mito e do que é verdade no contexto da lei e de sua aplicação. A abrangência se estabelece acerca das dúvidas sobre a figura da vítima e as diversas características que operam conjuntamente para a incidência da norma, os contextos em que os mais variados tipos de violência acontecem, bem como suas modalidades e em que circunstâncias elas se caracterizam de modo a atrair a aplicação da referida lei. Esclarece pontos sobre a vítima transexual e a incidência da norma dissociada da orientação sexual, conquanto que esta seja do gênero feminino ou se identifique com ele, cumulado à vulnerabilidade.

O trabalho também apresenta a evolução dos direitos das mulheres no Brasil, construindo uma linha do tempo desde a Constituição de 1824 até os dias atuais. O trabalho apresenta também uma importante reflexão sobre evolução da mulher no mercado de trabalho e encerra com uma chamada à mudança de mentalidade, avanços significativos têm sido construídos no decorrer dos tempos, “a ordem jurídica já preconiza a igualdade de gênero, o que falta para que ela seja vivenciada na prática? É necessária uma mudança de mentalidade.”

 

Cartilha_Violencia_Domestica_e_Familiar_Contra_a_Mulher

Clique no link e baixe a cartilha completa

 

Em Planaltina, o Setor Tradicional recebe uma importante obra de infraestrutura urbana: a extensão da rede de captação de águas pluviais nas quadras 177 e 178. Com um investimento de quase R$ 80 mil, o Governo do Distrito Federal (GDF) realiza os serviços no local por intermédio da Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap).

O serviço para construção de bocas de lobo foi solicitado pela Administração Regional de Planaltina, que atendeu as demandas de moradores do Setor Tradicional após episódios de acúmulo de água nas ruas do bairro durante o período chuvoso.

Ao longo das avenidas, estão sendo construídas 20 bocas de lobo e outras 20 peças de meio-fio vazado, que servirão para direcionar a captação de água da chuva. Além disso, outros 20 metros de ramais estão sendo instalados no subsolo com 106 tubos de concreto de 600mm de diâmetro, que também ganharão o reforço de dois novos poços de visita, popularmente chamados de bueiros.

O serviço foi solicitado pela Administração Regional de Planaltina, que atendeu as demandas de moradores do Setor Tradicional após episódios de acúmulo de água nas ruas do bairro durante o período chuvoso. “A rede estava bem obstruída, cheia de terra. Estamos aumentando a vazão dela e trocando a que estava antiga. O serviço é uma complementação e manutenção da rede já existente”, explica o engenheiro da Divisão de Obras da Novacap, Benito Junior.

O administrador regional de Planaltina, Célio Rodrigues, conta que a localização das quadras, no fim do Setor Tradicional e em uma parte mais baixa da cidade, acabou por causar o problema do acúmulo de água da chuva. “Os moradores há anos sofrem com esse excesso. Esperamos passar o período chuvoso, que foi intenso esse ano, pra começar essa obra e torcemos para que agora esse problema seja sanado definitivamente”, relata.

Nos últimos meses, Planaltina vem recebendo do GDF diversas melhorias estruturais na forma de obras e construções em saúde, educação, mobilidade, lazer e esporte, somando cerca de R$ 14 milhões em investimento. O governador Ibaneis Rocha esteve na região recentemente para conferir alguns dos trabalhos realizados.

Além disso, a zona rural de Planaltina também recebe atenção do governo: no início do mês, 168 famílias do assentamento Oziel Alves III, o maior do DF, iniciaram o processo de obtenção das escrituras definitivas de suas casas após doação das terras do GDF para a União.

 

Matéria: Agência Brasília / Foto: Lúcio Bernardo Jr/Agência Brasília

A centenária Planaltina se transformou em um verdadeiro canteiro de obras. Pela cidade, há construções nas áreas de educação, saúde, mobilidade e lazer e esporte que somam quase R$ 14 milhões para melhorar a vida dos 200 mil moradores da região. Muitas delas foram visitadas pelo governador Ibaneis Rocha na manhã desta sexta-feira (7).

Parquinho atrás do campo de futebol sintético está totalmente novo | Foto: Joel Rodrigues/Agência Brasília

Durante o roteiro pela cidade, o chefe do Executivo local inaugurou um campo de futebol sintético no Arapoanga, onde foram investidos R$ 415 mil. Ibaneis também participou da entrega de parques infantis, praças e quadras poliesportivas. A comitiva do governo conferiu de perto o andamento da construção de escolas, de uma Unidade Básica de Saúde (UBS), de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e de uma nova entrada de acesso para a cidade.

“É com muita alegria que a gente faz mais uma visita a Planaltina”, declarou o governador. “O motivo de tanta alegria é o carinho da população daqui, a forma calorosa como sempre somos recebidos. Tiramos muitos anos de atraso. Agora, estamos fazendo uma revolução nessa cidade. Uma revolução que agrada as pessoas.”

“Desde 2009, não se colocava um tijolo sequer na área de saúde. O governo tem atuado na cidade e resolvido essas questões”Cláudio Abrantes, deputado distrital

Durante a visita, o governador anunciou a construção de um bloco de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Hospital Regional de Planaltina e também de um hospital modular com 102 leitos no mesmo molde do que está sendo erguido na Samambaia. Planaltina vai ganhar ainda conexão pública à internet por meio do programa Wi-Fi Social, que chegará às quatro feiras da cidade: de Hortifrúti, de Confecções, de Utilidades e do Produtor.

“Essas obras estão ocorrendo por toda a cidade, e temos alguns projetos a serem lançados ainda esse ano”, detalhou o governador. “Um deles é a obra do bloco de UTI do Hospital Regional, e também vamos fazer um hospital modular com 102 leitos para resolver por um grande prazo a questão da saúde aqui na região.”

Autor de emendas parlamentares destinadas a diversas obras em andamento na cidade, o deputado distrital Cláudio Abrantes acompanhou toda a visita e elogiou a ação do governo. “A cidade passou um bom tempo sem ter nenhum tipo de investimento”, lembrou. “Havia uma defasagem.  Desde 2009, não se colocava um tijolo sequer na área de saúde. O governo tem atuado na cidade e resolvido essas questões”.

População aprova

O estudante Júlio César dos Santos, 16 anos, utiliza constantemente o novo campo sintético do Arapoanga. “É muito bom para nós”, valoriza. “Eu jogo o dia inteiro, quando posso. É melhor do que o campo de terra, que machuca o pé, e é mais seguro que na rua”.

Campo sintético também ganhou reformas | Foto: Lúcio Bernardo Jr/Agência Brasília

“O albergue é mais uma obra que estava abandonada, e agora nós vamos entregar para a sociedade”Governador Ibaneis Rocha

A doméstica Renata da Silva, de 40 anos, tem costume de levar a filha Ágata, de 3 anos, para brincar no escorregador do novo parquinho, localizado atrás do campo sintético. A mãe brinca que, se antes a filha não tinha muitas opções de lazer, agora está difícil tirá-la do lugar. “Ela vem e não quer sair mais, não quer ir embora. É muito bom para a gente esse parquinho”, conta ela, que mora no bairro há 18 anos.

Mais vagas em escolas

Na área de educação, Ibaneis Rocha viu de perto a transformação do albergue abandonado da cidade em duas escolas: o Centro Educacional Águas do Cerrado (Cedac) e o Centro de Educação Infantil Pipiripau. Juntas, as duas instituições somam 1,6 mil vagas.

Até o momento, o governo investiu R$ 3 milhões nessas unidades. Além delas, a rede pública de Planaltina – que atende 43 mil estudantes – contou com uma reforma na Escola Classe 16. Por lá, foram aplicados R$ 397 mil para reformar a quadra poliesportiva e construir uma cobertura nela.

“Nós estamos aproveitando estruturas que estavam abandonadas, estruturas qualificadas e fazendo a reforma delas para colocar à disposição da população”, pontuou Ibaneis. “O albergue é mais uma obra que estava abandonada, um dinheiro público desperdiçado por gestões que não souberam fazer a condução correta, e agora nós vamos entregar para a sociedade.”

O Cedac vai contar com 16 salas de aula e de informática, laboratório de ciências, refeitório, cantina, auditório e biblioteca para atender alunos da pré-escola e dos ensinos fundamental e médio. Já o Centro de Educação Infantil Pipiripau é destinado a alunos da pré-escola, com previsão de entrega para o segundo semestre.

UPA e UBS a caminho

UPA de Mestre d’Armas está com 55% de conclusão das obras

A saúde dos moradores da região administrativa mais antiga do DF também é tratada como prioridade, com a construção de uma Unidade Básica de Saúde (UBS) no Vale do Amanhecer e de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) na região do Mestre d’Armas.

Obras avançam: GDF investe na qualidade de vida de Planaltina | Foto: Renato Alves/Agência Brasília

Com investimentos de R$ 3,1 milhões, a UBS terá salas de vacina, espera e de reunião, almoxarifado, auditório e banheiros com acessibilidade. “Vamos entregá-la funcionando em agosto”, avisa o diretor-presidente da Novacap, Fernando Leite, responsável pela obra.

A UPA, por sua vez, está com 55% da obra executada e previsão de entrega para julho deste ano. No local, os trabalhos agora se concentram nas instalações elétricas e hidrossanitárias, revestimentos e acabamentos, esquadrias, instalação de gases medicinais e finalização da urbanização externa.

O investimento nessa obra é de R$ 6,1 milhões, dos quais aproximadamente R$ 1,2 milhões serão destinados à aquisição de equipamentos médico-hospitalares. A unidade atenderá urgência e emergência, contando com dois leitos de atendimento crítico emergencial, seis leitos de observação, um leito de isolamento, dez poltronas de medicação/inalação e três consultórios. Além de oferecer exames laboratoriais de urgência e raios-x.

Mobilidade

Uma demanda antiga dos moradores, principalmente da região do Jardim Roriz, do Setor de Oficinas e de Buritis II, III, e IV era uma nova entrada de Planaltina, que já está sendo construída. O asfaltamento de um trecho de 500 metros é feito pela Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap) em parceria com o Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER) e vai beneficiar 50 mil moradores.

A pavimentação vai desde a BR-020 até a Quadra 7 do Setor Residencial Norte (Jardim Roriz). O novo acesso ainda colabora para a criação da Área de Desenvolvimento Econômico (ADE) da cidade.

“Estamos fazendo a Avenida Buritis, que vai ligar a BR-020 ao Arapoanga”, adianta o diretor-presidente da Novacap, Fernando Leite. “Faremos a primeira etapa agora e depois faremos ciclovia e calçadas na região.”

 

Matéria e fotos: Agência Brasília

 

Os moradores de Planaltina vão poder contar com uma nova via de acesso à cidade. Agora, a entrada e a saída para a BR-020 poderão ser feitas pela Quadra 7 do Setor Residencial Norte (Jardim Roriz). As obras de asfaltamento do trecho em torno de 500 metros já começaram. O novo acesso a Planaltina vai beneficiar cerca de 50 mil motoristas que passam pela região.

A nova pista terá mão dupla. O asfaltamento do trecho está sendo feito pela Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap). A pavimentação vai desde a BR-020 até a Quadra 7 do Setor Residencial Norte (Jardim Roriz)

O acesso já existia, mas a pista era de terra. Mesmo com as dificuldades para a circulação de pedestres e veículos, moradores do Jardim Roriz e das Vilas Buritis I, II, III e IV utilizavam a passagem para chegar mais rapidamente à cidade.

O administrador de Planaltina, Célio Rodrigues, comemora, pois a obra é de grande importância para que se concretize a implantação do Setor de Desenvolvimento local. “Será um polo de expansão econômica para atrair empresas e investimentos e gerar empregos. As discussões sobre o projeto já estão bem adiantadas”, explicou.

Opção

Com o asfaltamento do trecho, a comunidade de Planaltina ganha mais uma opção de locomoção, diminuindo, assim, o intenso fluxo na Avenida Independência, principal acesso à cidade.

O acesso asfaltado facilitará também a saída de moradores que vivem em bairros localizados na região norte da cidade, a exemplo da Horta Comunitária, do Setor de Oficinas e Vila Buritis I, II, III e IV.

A nova pista terá mão dupla. O asfaltamento do trecho está sendo feito pela Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap). A pavimentação vai desde a BR-020 até a Quadra 7 do Setor Residencial Norte (Jardim Roriz). O trabalho estará concluído em 60 dias. A próxima etapa será a colocação de postes de iluminação pública.

Moradora do Jardim Roriz, a professora Pollyana Denar, 28 anos, afirma que a estrada, até então de chão batido, sempre foi uma alternativa muito usada entre Planaltina e a BR-020, que vai para Formosa (GO) e demais localidades. “Será muito bom o asfaltamento desse trecho. Vai facilitar o trânsito, ajudar a conservar mais os carros e tornar o local mais seguro”, disse Pollyana.

A região administrativa de Planaltina está localizada a 42 quilômetros da Rodoviária do Plano Piloto. A cidade tem quatro entradas. Além da Avenida Independência, os demais acessos são Estância, Mestre D’Armas e Vale do Amanhecer/Arapoanga.

 

Matéria: Agência Brasília

A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh) promoverá uma audiência pública virtual no dia 4 de maio, a partir das 19h, para debater o projeto do Percurso Turístico e Cultural do Setor Tradicional de Planaltina. O aviso foi publicado na edição do dia 31 de março do Diário Oficial do Distrito Federal (DODF).

 

O objetivo é convocar a população e todos os moradores de Planaltina para discutir a requalificação do espaço público do Setor Tradicional no entorno dos monumentos históricos da região administrativa, como a Igreja São Sebastião e o Museu Histórico.

 

Projeto inclui mudanças no entorno do Museu Histórico

O projeto prioriza o pedestre e o ciclista com a ampliação das calçadas e prevê também melhorias na acessibilidade, na arborização urbana, com iluminação pública para os monumentos, mobiliário urbano especial e sinalização turística. Tudo isso respeitando as edificações históricas remanescentes.

 

A ideia com a reunião é ouvir sugestões da população ao projeto, para democratizar o acesso e garantir a transparência com a participação dos cidadãos. Por isso, o evento será aberto a toda a sociedade e feito de forma virtual, em respeito às medidas de segurança impostas durante a pandemia. Os interessados poderão participar pela plataforma Seduh Meeting, disponível no dia da audiência.

 

Toda a informação necessária para subsidiar o debate, como o memorial descritivo do projeto, está disponível no site da Seduh. Perguntas, sugestões ou recomendações deverão ser realizadas durante a audiência pública, por meio do chat de comentários, no ambiente virtual.

 

Projeto

 

O projeto para o Setor Tradicional de Planaltina é uma resposta à estratégia de revitalização de conjuntos urbanos prevista no Plano Diretor de Ordenamento Territorial (Pdot). O percurso turístico e cultural compreende o trecho de entrada da Avenida Goiás até a Praça Cel. Salviano Monteiro, a Rua Salvador Coelho e a Praça São Sebastião.

 

Na Praça Cel. Salviano Monteiro, a prioridade é recuperar o visual original do espaço em direção à Igreja Matriz, do período em que a praça estava dividida em duas pela Avenida Goiás. O desenho do projeto, elaborado para o local na década de 1980, também foi preservado, assim como as melhorias realizadas em 2018.

 

Além disso, a prioridade para pedestres está sendo proposta com soluções como a do conceito de rua compartilhada, em que o espaço urbano é voltado para pedestres e ciclistas, mas onde veículos motorizados também serão permitidos.

 

“Outras medidas são a de piso diferenciado e a implementação do conceito de traffic calming, ou seja, quebrar a ideia de que as ruas são feitas para os carros e não para pessoas”, afirmou a coordenadora de Projetos da Seduh, Anamaria de Aragão.

 

Na Rua Salvador Coelho, que liga a Praça Cel. Salviano Monteiro e a Praça São Sebastião, propõe-se uma faixa verde em um dos lados da via, que funcionará como guia de balizamento para deficientes visuais. Faixas de dois metros em concreto armado foram propostas nas laterais para limitar visualmente o espaço do carro, pois a rua estará nivelada.

 

A rua que chega à Igreja São Sebastião, que atualmente é utilizada por autoescolas para treinamento de aprendizes, será transformada em um grande calçadão. O objetivo é intensificar o visual lateral da igreja com um desenho de piso que coloque o monumento como ponto focal.

 

Rua da Igreja São Sebastião será um grande calçadão

Respeito às edificações históricas

 

Conforme o parecer técnico da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec) – responsável pelos bens tombados na área, como a Igreja São Sebastião e o Museu Histórico –, o projeto respeita os critérios de ambiência, visibilidade e autenticidade. Considera, ainda, as edificações históricas remanescentes e, consequentemente, a leitura de conjunto.

 

Ainda de acordo com o parecer da Secretaria de Cultura, a inserção de novos elementos, como pavimentação, infraestrutura e mobiliário urbano “respeitam o estilo contemporâneo, de modo a não contrastar drasticamente com os estilos históricos existentes, podendo, ainda, representar releituras desses estilos”.

 

Turismo

 

Segundo a coordenadora de Projetos da Seduh, Anamaria de Aragão, o projeto ainda busca a dinamização do interesse turístico e econômico da área. Hoje, 45% dos visitantes permanecem de dois a três dias em Brasília, conforme os dados oficiais da Secretaria de Turismo (Setur). Com a iniciativa, o objetivo é estender esse período.

 

“Almeja-se, como repercussão positiva da implantação do percurso turístico e cultural de Planaltina, aumentar o tempo de permanência do visitante, pois haverá mais um destino turístico de qualidade na cidade”, ressaltou Anamaria de Aragão.

 

Trâmite

 

Depois da audiência pública, o projeto ainda precisa passar pelo aval do Conselho de Planejamento Territorial e Urbano do Distrito Federal (Conplan). Em seguida, deverá ser aprovado por uma Portaria da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação.

 

Serviço

Audiência pública sobre o projeto do Percurso Turístico e Cultural do Setor Tradicional de Planaltina

Data: 4 de maio

Horário: 19h

Acesso: http://teletrabalho.seduh.df.gov.br/acesso?s=seduhMeeting-490

 

Matéria: Leandro Cipriano – SEDUH

 Agora você pode falar na Administração de Planaltina através do nosso telefone fixo: 61. 3550-6337.

 

Lembrando que o horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 18h. 

 

Estamos à disposição para ouvir você!

Com objetivo de promover ações estruturantes para alavancar a cadeia turística de todo o Distrito Federal, a primeira edição do Turismo em Ação foi realizada nesta terça-feira (6/4), em Planaltina. O programa itinerante, idealizado pela Secretaria de Turismo do DF (Setur-DF), promoveu um dia inteiro dedicado a revisitar os principais pontos turísticos e históricos da cidade e planejar, junto com lideranças comunitárias locais, iniciativas de fomento ao setor.

A criação da Rota de Planaltina, o planejamento para os 100 anos da Pedra Fundamental e o apoio, de forma integrada, para a revitalização da Casa do Artesão, foram alguns dos temas discutidos.

Entregas que visam dar mais capilaridade ao potencial turístico de Planaltina, a partir de uma política de governo baseada na promoção da economia criativa como mola propulsora de geração de emprego e renda. “É prioridade do nosso governo estruturar, capacitar e promover os atrativos turísticos das nossas Regiões Administrativas. E desde o primeiro dia de gestão, a nossa secretaria vem atuando de forma integrada para fazer com que os nossos serviços e programas cheguem de fato a todas as pessoas. É este o objetivo do Turismo em Ação, programa que estamos lançando em Planaltina, cidade única e imperdível de ser conhecida pelos seus atrativos históricos, arquitetônicos, parques, artesanato, entre tantos outros. Precisamos nos unir para criarmos, juntos, novas oportunidades de desenvolvimento para esta cidade e dar a ela o valor que merece. É este sentimento de valorização que nos move”, afirma a secretária de Turismo do DF, Vanessa Mendonça.

A agenda de reuniões e visitas técnicas foi iniciada no Museu Histórico. A titular da pasta foi acompanhada pelo administrador regional da cidade, Antônio Célio Pimentel; pelo deputado distrital Cláudio Abrantes; e por representantes de entidades vinculadas ao trade do turismo. “A Administração Regional de Planaltina, em nome de toda a nossa população, está muito grata com a Setur-DF por te escolhido a nossa cidade para iniciar esse projeto, extremamente importante. A ação é uma forma de o GDF conhecer mais de perto toda a dinâmica e profusão cultural da nossa região, nos ajudando a desenvolver um projeto que, realmente, possa impulsionar o turismo da nossa cidade”, afirmou Pimentel.

Valorização que é acolhida, com orgulho, pelos moradores. O acervo de verdadeiras relíquias do Museu Histórico, por exemplo, foi apresentado pelo historiador e um dos pioneiros da via-sacra de Planaltina, Mário Castro, de 67 anos. Destes, 53 anos dedicados a pesquisas acadêmicas sobre a cidade mais antiga da região, fundada em 1859, que serviu como ponto de passagem para os bandeirantes que percorriam Goiás em busca de ouro e esmeraldas. “Toda a nossa história mostra o valor turístico que é Planaltina, cidade que recebeu a construção de Brasília. E temos aqui ainda cachoeiras, lagoas, parques e muita beleza. Portanto, quando a Secretaria de Turismo nos visita para ajudar alavancar nossas riquezas é muito importante. Mostra que o Governo valoriza nossa cidade”, comemorou Castro.

Ao longo do dia, a Setur-DF cumpriu agendas públicas na Administração Regional de Planaltina, no Complexo Cultural, o Centro Histórico da cidade, a Pedra Fundamental, além de realizar visitas técnicas ao Instituto Maria do Barro e à Casa do Artesão, locais onde foram entregues dezenas de Carteiras Nacionais do Artesão a estes profissionais locais. “Nunca tivemos a honra de receber uma Secretaria de Turismo em nossa oficina. Precisamos muito do Poder Público e de parcerias como as firmadas hoje para darmos continuidade ao nosso trabalho”, destacou orgulhosa a presidente do Instituto Maria do Barro, Idalete Silva, uma das profissionais que tiveram a Carteira Nacional do Artesão renovada.

Serviços na porta do cidadão

Por meio do Turismo em Ação, empresários do segmento turísticos tiveram a oportunidade de conhecer mais sobre como ter acesso às importantes iniciativas de fomento, como os benefícios do Fundo Geral do Turismo (Fungetur), linha de crédito histórica junto ao Banco de Brasília (BRB), instituição financeira responsável por operar o repasse de R$ 521 milhões feito pelo Ministério do Turismo, com o objetivo de injetar dinheiro em empreendimentos do setor; e o Sistema de Cadastro de Pessoas Físicas e Jurídicas que atuam no turismo, o Cadastur. A inscrição garante diversas vantagens e oportunidades de negócios aos seus cadastrados, como incentivo a participar de programas e projetos do governo federal, participação em programas de qualificação promovidos e apoiados pelo Ministério do Turismo, além de apoio em eventos, feiras e ações. “Desde o início da pandemia, em 30 de março de 2020 até 5 de abril de 2021, o número de prestadores de serviços turísticos no DF, inscritos no Cadastur, saltou de 1.914 para 2.553. Ou seja, tivemos um aumento de 33.3%. E queremos que esses benefícios alcancem ainda mais gente. É essa a nossa missão aqui em Planaltina”, completa a secretária Vanessa.

Na avaliação do deputado Claudio Abrantes, a realização do Turismo em Ação possibilita o início de importantes medidas para o fortalecimento do turismo regional. “É uma ação inovadora, pois leva a Secretaria de Turismo às cidades que têm potencial turístico e Planaltina é uma delas. Essa relação aqui é sensacional e abre um horizonte para os sonhos que a gente tem aqui. Para que as pessoas conheçam sua cidade, sua cultura, natureza e sua vocação natural para o turismo. A gente sai daqui hoje com muita esperança. De que agora teremos, realmente, Planaltina como uma rota turística agregada à capital da república”, ressalta o parlamentar.

Conselho Regional do Turismo Sustentável

O programa idealizado pela Setur-DF também criou o primeiro Conselho Regional do Turismo Sustentável da Região Administrativa de Planaltina. O Conselho, quando instituído por decreto, terá papel de desenvolver ações de conscientização turística e ambiental, contribuir para a formação e capacitação de profissionais que atuam no setor turístico, bem como intervir para captação de investimentos. “É um momento histórico e muito simbólico. Sem dúvida, é uma importante ferramenta para ajudar com que os nossos projetos saiam do papel e sejam executados com responsabilidade sustentável. Agora, esperamos fazer com êxito aquilo o que se espera de um conselho de turismo: agir em parceria com a Administração Regional, com a Câmara Legislativa do DF e a população”, destacou Aron Henrique Neves, representante do trade turístico local. “Um conselho do turismo é importante para uma cidade, principalmente uma região como Planaltina, com tanto potencial para o segmento. E mais: ele representa diálogo, pois traz a comunidade mais perto do poder público, que terá mais segurança ao que ele pode propor e realizar pela cidade, trazendo mais benefícios e desenvolvimento”, conclui o administrador de Planaltina.

 

Matéria e fotos: SETUR-DF

 

Primeiro núcleo urbano do Distrito Federal, Planaltina recebe melhorias desde infraestrutura da cidade ao lazer. Praças, parques infantis, quadras de campo sintético e poliesportivas passam por reforma completa, além de pavimentação no Jardim Roriz. O investimento para melhorar a qualidade de vida de cerca de 200 mil moradores ultrapassa R$ 1,5 milhão, provenientes de emenda parlamentar do deputado Cláudio Abrantes.

“É um dos principais pontos turísticos da cidade, muito frequentado pela comunidade e por visitantes que vêm de outras regiões”Célio Rodrigues, administrador regional

Patrimônio histórico da região administrativa, a Praça Salviano Guimarães terá troca de grama, poda de árvore, pintura e revitalização dos meios-fios, assim como reparos nos equipamentos públicos do local. “É um dos principais pontos turísticos da cidade, muito frequentado pela comunidade e por visitantes que vêm de outras regiões”, comenta o administrador Célio Rodrigues.

A revitalização está sendo feita pela Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap). O diretor de Urbanização do órgão, Sérgio Lemos, lembra que outra ação é a pavimentação da quadra 7 do Jardim Roriz. “São 600 metros de vias pavimentadas para dar mais conforto e segurança aos moradores da cidade”, informa.

Empresário na cidade, Marcelo Rosa, 47 anos, aprovou as ações do governo local na cidade. Ele tem um quiosque de cachorro-quente próximo a Praça Salviano Guimarães há quase 30 anos e solicitou a reforma do local há 10 anos. “Dá mais vida ao local, que estava muito abandonado. Também é uma forma de atrair mais clientes”, comenta.

A reforma no campo sintético da Praça Arapoanga reivindicada pela comunidade foi atendida. Situação do local estava precária | Foto: Acácio Pinheiro/Agência Brasília

Outras obras

O campo sintético da Praça Arapoanga foi reformado. Pablo Moura, 21 anos, mora em frente ao espaço público. Ele lembra que a situação do local estava precária. “Há cinco anos, quando construíram essa quadra, ela não ficava vazia. Com o passar do tempo, ficou cheia de buracos. Reivindicamos por essa reforma há muito anos e só agora foi atendida”, comemora o comerciante.

 

Quatro parques infantis – na Praça São Sebastião, na quadra 1/2 da Vila Buritis, do Vale Amanhecer e Vila Vicentina – e quatro quadras poliesportivas, localizadas nas quadras 1 do Jardim Roriz, 1/2 e 6 da Vila Buritis e 25 do Buritis IV também foram restauradas.

 

 

Matéria de: Agência Brasília

Em uma parada de ônibus, temos arte. Na arte, temos a luta pelo respeito às mulheres. E margeando tudo isso, agora temos Girassóis.

Em uma das paradas da Avenida Erasmo de Castro, o Sr. Gilson – proprietário de um comércio local, presenteou a Cidade com lindos girassóis e mudas de 7 copas, que agora deixam o local muito mais iluminado, energizado e belo, que prende a atenção de quem passa, pela sua beleza e exuberância, com suas cores vivas e seu formato de sol.

Segundo o Sr. Gilson, a iniciativa surgiu da ideia de ter um jardim de girassol para alegrar as manhãs e o entardecer de quem passar pelo local, para que as pessoas pudessem se sentir bem e ter esse momento de prazer e leveza, mesmo em meio ao atual cenário de insegurança e perdas que o mundo está passando neste momento.

Parabéns pela iniciativa, Sr. Gilson! E agradecemos pelo carinho com nossa Cidade e com a comunidade.

 

Os agentes da Vigilância Ambiental estiveram na região do Arapoanga, nos conjuntos F e L e Condomínio Vila Feliz, no último dia 13, para fazer visitas domiciliares, para bloqueio de circulação viral do mosquito aedes aegypti.

Ao todo, 11 agentes fizeram visita em 321 casas para vistoriarem, conscientizarem e tirar dúvidas dos moradores sobre os cuidados com a dengue. Além disso, houve aplicação de UBV Costal (bomba pulverizadora costal) e UBV pesado (Fumacê) na região. 

Essa intensificação nas ações e vistorias tem como objetivo diminuir os casos de dengue na Cidade, que atualmente está nas primeiras colocações no ranking do DF, como uma das cidades com maior número de casos identificados. 

Vale ressaltar que não basta apenas esse serviço dos agentes de saúde nas regiões, é preciso que cada morador faça sua parte, não deixando água parada e nem objetos que possam acumular água e se tornar possíveis criadouros do mosquito aedes aegypti.

Essa luta é de todos nós!

 

DF Livre de Carcaças chega em Planaltina

Recebemos em Planaltina o Programa DF Livre de Carcaças, que ao longo de 1 ano, retirou mais de 500 carcaças das ruas do DF.

A ação em Planaltina foi integrada com outros órgãos de Governo e foi uma das medidas adotadas pelo GDF para eliminar focos do mosquito da dengue, o Aedes aegypti. Ao todo, 15 carcaças foram retiradas do Setor de Oficinas e foram levadas para o depósito do DER. 

Participou da ação: Secretaria de Segurança Pública, DF Legal, DETRAN, Polícia Militar, Vigilância Ambiental e Administração de Planaltina. 

Planaltina hoje está entre as Cidades do DF com maior número de casos de dengue. Então é preciso uma ação conjunta não só do governo, mas de toda comunidade, para juntos eliminarmos esse mosquito de nossa Cidade.

 

Um sonho antigo da comunidade do Núcleo Rural Rajadinha, foi concretizado.

Há muitos anos, a comunidade pedia a cobertura da quadra poliesportiva local, para atender toda a comunidade e os projetos sociais do Núcleo. E, no final de fevereiro/2021, a quadra foi entregue para comunidade, totalmente reformada e coberta.

Todo processo foi feito pela Administração de Planaltina, com emenda parlamentar do Deputado Distrital Iolando Almeida.

Um espaço reformado, pintado, coberto e pronto para ser usado por toda comunidade!

Parabéns aos moradores do Núcleo Rural Rajadinha!

 

A Administração de Planaltina deu início ao processo licitatório para a reforma de quadras poliesportivas e parques infantis, beneficiando 80% da população. Serão reformados os parques da Vila Vicentina, da Praça São Sebastião – onde fica a histórica Igreja da cidade –, o do Vale do Amanhecer e o da Vila Buritis, além de quadras de esporte do Jardim Roriz, Vila Buritis e Vila Buritis IV. O valor do investimento é de mais de R$ 535 mil, recursos originados de emenda parlamentar do deputado Cláudio Abrantes.

“Trata-se de espaços que estavam abandonados havia, no mínimo, oito anos, ou seja, há bastante tempo sem ter nenhum tipo de reforma ou reparo”, lamenta o administrador-substituto da cidade, Paulo Cabral. “Alguns parques, inclusive, ofereciam perigo para a comunidade, com pontas de metais e ferros colocando em risco os usuários, mato tomando conta.”

Mas todos esses empecilhos e entraves serão coisa do passado. Isso porque as enormes e já conhecidas placas azuis com detalhes amarelos do GDF anunciando que futuras intervenções ocorrerão em algum lugar do DF já foram instaladas nesses locais públicos de Planaltina. Elas são um alerta positivo para população de que coisa boa vem por aí. Tanto que engenheiros e técnicos já estiveram nesses locais fazendo vistoria e conferindo as medidas para dar o sinal verde aos trabalhos de revitalização dos parques e praças. A expectativa é que tudo fique pronto em março.

Sabedoria de criança

Bilhete de uma criança pede reforma nos parquinhos.  Solicitação começa a ser atendida 

Quem vai gostar muito da notícia é a pequena Emanuela Martins, 10 anos, que, em agosto do ano passado, escreveu, na escola em que estuda, uma carta pedindo a revitalização do parquinho da Praça da Igrejinha. A missiva foi solicitada após uma visita dos alunos pela cidade. “Ela viu que as paradas de ônibus da cidade estavam todas pintadas, bem-arrumadinhas e bonitas e perguntou por que os parques infantis não eram assim”, conta a professora Carla Martins, mãe da menina. “Então tivemos a ideia de mandar a carta para a Administração de Planaltina”.

No bilhete de oito linhas, a estudante do ensino fundamental diz: “Querido administrador, eu queria que o senhor arrumasse o parquinho, ele é de areia e fica perto da Igrejinha São Sebastião.  É que o escorregador está sem escada para subir, o balanço está bem velhinho, uma pontezinha que tem dentro do parquinho está quebrada, a areia está bem suja porque vários cachorros entram no parquinho, e todos esses problemas são bem ruins e perigosos, uma criança pode até se machucar! Com carinho!”.

Carla Martins  reitera: “É uma pena, porque é um lugar de todos e está muito perigoso, então essas reformas serão de grande valia para todos os moradores”, comenta Carla. E o administrador-substituto endossa: “São obras extremamente importantes para a cidade, e vamos trabalhar na reforma desses parques e quadras, que serão entregues novos para a população”.

 

Matéria de: Agência Brasília

Você já está sabendo da novidade?

Agora você pode descartar seu lixo eletrônico no ponto de coleta localizado na entrada da Administração de Planaltina.

Esse é um projeto em parceria com a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Distrito Federal – SECTIC-DF e visa dar novas finalidades ao lixo eletrônico que não é mais útil para você.

Para realizar o descarte, basta ir até a Sede da Administração Regional, em qualquer horário ou dia da semana, e fazer o seu descarte. 

Por um mundo mais sustentável! Reuse, recicle , repense!

 

Conforme prometido, saiu no Diário Oficial do último dia 28, aviso de licitação para reforma da Radiologia do Hospital.

Essa é uma das etapas de um pacote de medidas que acontecerão em Planaltina nos próximos meses, com objetivo de melhorar a condição de trabalho e atendimento/serviços da saúde pública da nossa Cidade.

Mais uma enorme notícia para toda comunidade, fruto de um intenso trabalho entre vários órgãos do GDF e o Deputado Distrital Cláudio Abrantes, que se empenhou para dar celeridade e destinou emenda parlamentar para que a reforma da Radiologia do Hospital Regional de Planaltina fosse possível.

Essa é mais um ganho de uma série de benfeitorias que serão realizadas no Hospital de Planaltina em 2021. As próximas etapas serão: Construção da UTI e laboratórios e central elétrica.

Na edição do Diário Oficial de 24 de dezembro, foi publicada informações da Ordem de Serviço para Reforma da Quadra de Areia da Vila Vicentina.

Essa reforma necessária e tão esperada pela comunidade, finalmente será concretizada nos próximos dias.

A quadra de areia da Vila Vicentina já está em desuso há alguns anos, pois precisa de reparos em toda estrutura e que seja feita a substituição da areia da quadra. Agora, após finalizado o processo licitatório, a empresa vencedora começará as obras no local, que estão previstas para serem finalizadas até dia 31 de março/2021.

Essa obra está sendo feita com recurso de emenda parlamentar do Deputato Distrital Cláudio Abrantes, que destinou verba para reforma de diversos espaços na Cidade. 

 

Na edição do Diário Oficial de 24 de dezembro/2020, foi publicada informações da Ordem de Serviço para Reforma da Praça e Campo Sintético do Arapoanga.

Essa é mais uma demanda antiga da comunidade, que será atendida por este Governo. A reforma terá início imediato e deverá ser entregue para comunidade em abril/2021. 

Além do Campo Sintético, o parque infantil e toda a praça receberá benfeitorias. Em breve, a comunidade do Arapoanga terá um Praça e Campo Sintético totalmente reformados. Mais um ponto de lazer e esporte para todos!

 

Feira de Planaltina ganha alambrado e mais segurança

E não para por aí. A administração quer melhorar a parte elétrica, o piso e a cobertura com apoio do programa Feira Legal

 

MATÉRIA DE: RAFAEL SECUNHO, DA AGÊNCIA BRASÍLIA* | EDIÇÃO: MÔNICA PEDROSO

Alambrado na Feira de Planaltina vai dar mais controle e segurança aos feirantes e frequentadores | Foto: Joel Rodrigues / Agência Brasília

Um dos pontos mais queridos e frequentados pelos moradores de Planaltina, a Feira de Hortifruti passa por reformas. E ganhará em segurança e organização. O perímetro de 300 metros da feira será todo cercado com alambrado e ganhará oito portas de acesso. Os recursos – no valor de R$ 205 mil – são de emenda parlamentar do deputado distrital Robério Negreiros.

De terça a domingo, a feirinha não para. Uma variedade de frutas, legumes, queijos, temperos, produtos naturais estão dispostos nas bancas. Nas laterais, as lanchonetes. Porém, problemas de segurança e aglomeração vinham incomodando clientes fiéis  e os cerca de 150 feirantes do local.

Nascida em Planaltina e dona de uma banca de temperos, Tabita Xavier, 32, é uma delas. Segundo a comerciante, a feira estava virando uma confusão. “Era preciso controlar o movimento aqui. Muitos furtos de mercadoria toda semana e bicicleta passando no meio dos clientes”, relata. “Com o alambrado, vai ficar mais seguro para todos, além de termos portas de entrada e de saída”, aponta a moça.

A feirante Tabita Xavier acredita que o ambiente ficará mais seguro | Foto: Joel Rodrigues / Agência Brasília

Originalmente aberta nas laterais, em abril, a feira foi cercada por cordas em função da pandemia do coronavírus. Essa foi a forma encontrada para colocar em práticas medidas de segurança sanitária como aferir a temperatura corporal dos frequentadores e observar o uso da máscara na entrada. Mas sem resultado, visto que muitas pessoas passavam entre as cordas.

Além disso, não raro eram registrados furtos de produtos das bancas no período noturno. A vendedora de queijos e doces, Ariana Melo, 30, não chegou a passar pelo revés. Mas reclamou da falta de segurança.  “São dois vigilantes noturnos aqui na feira. Mas que não dão conta do espaço. Nossas barracas aqui no fundo ficavam largadas. Tinha morador de rua passando a noite aqui. Pelo menos, isso deve acabar”, espera Ariana.

Menos lotação

Para quem “bate o ponto” no comércio, o cercamento também agradou. Semanalmente, o agricultor Luiz Cappellesso, 49, passa por lá para comprar seus temperos e laticínios. Segundo ele, a mudança era muito necessária. “A feira é um espaço muito importante para os moradores da cidade, então precisa ter qualidade. O comerciante que vai para casa dormir não ficava tranquilo com isso aqui aberto” pontua.

“Se vai trazer mais segurança, eu apoio. Além do que, a pandemia ainda não acabou e tem dia que a feira está lotada”, emenda o aposentado Arnaldo Sisson, 67, que tem um sítio nos arredores de Planaltina. Assim como Arnaldo, cerca de 25 mil pessoas passam pelo local semanalmente.

Segundo o administrador regional, Celio Rodrigues, agora a Feira de Hortifruti ganhará nova dinâmica e vão encerrar as eventuais aglomerações. “Era um sistema de entrada e saída infinita, no qual a gente não tinha controle. Agora, sem dúvidas, poderemos limitar a quantidade de usuários lá dentro”, explica. “E trará mais segurança para os comerciantes e para a população de Planaltina”, projeta Rodrigues.

Infraestrutura

E, dentro em breve, o espaço vai melhorar ainda mais. A Administração encaminhou uma proposta de reforma no âmbito do Programa Feira Legal do GDF. Melhorias na parte elétrica, piso e a cobertura estão previstas. O Feira Legal trabalha na modernização e legalização desses espaços em toda a capital. Atualmente, são 38 feiras permanentes e três shoppings populares no DF.

Sabemos que a longevidade é uma garantia constitucional que deve ser respeitada e protegida.

A Defensoria Pública do Distrito Federal (DPDF) produziu a Cartilha da Pessoa Idosa, com esclarecimentos, de forma didática, dos direitos dos idosos e os deveres do restante da sociedade para com eles.

A Cartilha compreende, entre outros assuntos, as medidas de proteção, as políticas de atendimento, os crimes previstos no Estatuto do Idoso e os cuidados com golpes.

Além disso, evidencia a atuação da rede de atendimento e o papel da Defensoria Pública como mediadora e defensora dos interesses da pessoa idosa e difunde meios para que ela possa recorrer em caso de violação de direitos, destacando dados e informações atualizadas e sensivelmente úteis.

 

Clique aqui e baixe a Cartilha completa

Você é artista da Cidade? 

A Administração de Planaltina está catalogando os artistas da Cidade. Se você tem interesse, responda o formulário abaixo.

Clique aqui e preencha o formulário

Essas informações são muito importantes, para que possamos desenvolver projetos futuros na Cidade.

 

Proximidade com a população, redução dos índices de criminalidade, aumento da sensação de segurança, ações sociais, concentração de esforços para atuação policial e fornecimento de serviços. Assim será o projeto da Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP/DF), que faz parte do programa DF mais Seguro: a Cidade da Segurança Pública. O novo formato itinerante terá participação integrada das forças de segurança – Polícias Militar (PMDF) e Civil (PCDF), Corpo de Bombeiros Militar (CBMDF) e Departamento de Trânsito (Detran-DF). A estrutura ficará instalada no estacionamento da Administração Regional de Planaltina de 25 a 29 de novembro.

 “Estaremos ainda mais próximos da população e de representantes de diversos setores, entendendo a necessidade de cada região. Além disso, vamos conhecer mais de perto o trabalho e as dificuldades dos agentes de segurança pública que atuam na linha frente. Esse contato e troca de experiências são essenciais para a elaboração e ajuste de políticas de segurança ainda mais precisas para cada localidade. Esperamos, com isso, dar um atendimento cada vez mais individualizado para cada região administrativa, melhorando assim a qualidade de vida da população”, explica o secretário de Segurança Pública, delegado Anderson Torres.

A inauguração do espaço ocorrerá na quarta-feira (25), às 9h, com a presença dos chefes e gestores da segurança pública do DF. Até o final da ação, no domingo (29), serão oferecidos serviços e ações. Entre as principais estão as operações DF Livre das Carcaças, a Quinto Mandamento, que tem foco na redução dos crimes contra a vida, além de inspeções e ações educativas do CBMDF, da Subsecretaria do Sistema da Defesa Civil e do Detran-DF. Haverá, ainda, diversas atrações e serviços para a comunidade, como exposição de equipamentos e viaturas, palestras, emissão de carteira de identidade, pela PCDF, entre outros.

“No DF, temos reduções relevantes nos índices criminais e queremos que isso seja cada vez mais isonômico entre as regiões. Todo o sistema de segurança pública se mobilizará para atuar de forma integrada em Planaltina. Este é o formato definido para a Cidade da Segurança, programa inovador que será aplicado em outras regiões do DF. Vamos permanecer no local com reforço das ações policiais, cumprimento de mandados em aberto, fiscalização de estabelecimentos, combate ao transporte pirata e melhorias na sinalização de trânsito”, esclarece Torres.

O novo formato itinerante terá participação integrada das forças de segurança – Polícias Militar (PMDF) e Civil (PCDF), Corpo de Bombeiros Militar (CBMDF) e Departamento de Trânsito (Detran-DF)

As cidades serão escolhidas com base em diversos critérios, entre eles a estrutura das forças de segurança locais, levantamentos e análises criminais feitas pelos setores de estatística e inteligência, perfil socioeconômico da região, mapeamento de desordens, entre outros. Planaltina foi escolhida ainda pelo contexto histórico e por ser a primeira cidade do DF.

De acordo com o secretário executivo de Segurança Pública, delegado Júlio Danilo, serão realizadas ações nas microrregiões da cidade que apresentam concentração de crimes violentos letais e contra o patrimônio. “Atuaremos de forma integrada e coordenada com todas as forças de segurança pública para restabelecer a ordem. Neste sentido, teremos ações preventivas e repressivas, aliadas a ações de políticas públicas e sociais, com planejamento, para obtermos resultados mais efetivos para conter a criminalidade e aumentar a sensação de segurança em cada região”.

Aproximação com a linha de frente

Além da aproximação com a população, o objetivo da Cidade da Segurança é criar um canal direto de interlocução com os servidores das forças de segurança locais. Durante os cinco dias em Planaltina, o secretário de Segurança, chefes das forças de segurança e demais gestores da SSP/DF irão visitar batalhões e delegacias na cidade. “Queremos ouvir os profissionais que estão na ponta, que lidam diretamente com o público e com a criminalidade”, ressalta o secretário Anderson Torres.

Para o diretor-geral da PCDF, delegado Robson Cândido, a iniciativa é muito importante por promover a integração das forças de segurança e reforçar ainda mais a aproximação com a sociedade. “A Polícia Civil do DF tem a comunidade como aliada no combate à criminalidade e essa iniciativa é uma oportunidade de estreitar essa parceria. Diversas ações serão realizadas e serviços oferecidos à população de Planaltina”.

O comandante-geral da PMDF, coronel Julian Pontes, avalia que é indispensável à integração do sistema de segurança e a participação popular para o desenvolvimento de ações com resultados eficientes. “A Polícia Militar, assim como todos os demais órgãos da segurança pública, tem como missão levar ordem e paz à sociedade. Para isso, é indispensável ouvir as necessidades da comunidade, pois não existe segurança pública sem a participação popular. A PMDF, como instituição democrática, sempre estará perto da população para melhorias em nossos processos de policiamento”.

A cúpula da Segurança em um único local, com esforços concentrados para tratativas direcionadas a uma região, pode ser primordial para o direcionamento de ações específicas, como explica o comandante-geral do CBMDF, coronel Willian Bomfim. “Cada cidade tem uma peculiaridade, com condições geográficas e interesses distintos. Desta forma, podemos ter um olhar mais atento à necessidade dessa região, o que torna possível fazer a correção de rumos, ou seja, enquadrar as políticas públicas que mais se adaptam à região”.

Paz no trânsito

As ações de trânsito serão intensificadas, com ação conjunta do Detran-DF, Departamento de Estradas de Rodagem (DER/DF) e Polícia Rodoviária Federal (PRF), por conta da proximidade de Planaltina com a rodovia federal BR-020. “O Detran, por meio da Cidade de Segurança, levará à população de Planaltina e depois a outras regiões, a sua política maior, que é a educação de trânsito, com a presença da direção-geral e diretorias de policiamento e educação, buscando aproximar cada vez mais sociedade e Estado”, afirma o diretor-geral do Detran-DF, Zélio Maia.

Reforço no policiamento

As ações de policiamento serão reforçadas em Planaltina já a partir desta segunda-feira (23). A Polícia Civil reforçará o efetivo das delegacias e fará diversas ações integradas, entre elas a Operação Delta, com abordagens e identificações de pessoas, além de força tarefa para cumprimento de mandados de prisão em aberto. O Departamento Operacional (DOP), da PMDF, empregará tropas especializadas, como os batalhões de Policiamento com Cães (BPCães), de Aviação (Bavop), de Operações Especiais (Bope), Comando de Policiamento de Trânsito (CPTran), Rondas Ostensivas Táticas Motorizadas (Rotam), Patrulhamento Tático Móvel (Patamo) e Batalhão Rural.

“Serão ações pontuais, com abordagem pessoal, de carros, verificação de mandados de prisão em aberto e alcoolemia, que independem das ações ordinárias do batalhão local. Toda ação será coordenada com base em pontos quentes de ocorrências criminais, ou seja, com maior incidência criminal, com base em análises de dados produzidos pela SSP/DF e pela corporação”, explica o chefe do DOP, coronel Hemerson Rodrigues.

Mapeamento de desordens 

A Unidade de Políticas Públicas (UPP), da SSP/DF, fez a identificação prévia de desordens, como lixo e entulho descartados incorretamente, mato alto e falta de iluminação adequada, e encaminhou para a administração regional a fim de facilitar a eficácia das ações. “Foi feito um mapeamento prévio para nortear obras, reparos e melhorias que impactam diretamente na sensação de segurança da população local”, explica o chefe da UPP, coronel Eduardo Holanda.

DF Livre de Carcaças

 A operação DF Livre de Carcaças será realizada na cidade para colaborar com a ação de combate à dengue na região, a partir da retirada de carros abandonados em vias públicas. “Identificamos os principais pontos de abandono de carcaças, por meio do Conselho Comunitário de Segurança (Conseg) local, e também da administração regional. Além de ampliar a sensação de segurança, contribuímos na eliminação de criadouros do mosquito Aedes Aegypti, transmissor de dengue, zika e chikungunya”, destaca o coordenador dos Consegs, Marcelo Batista.

Coordenada pela SSP/DF, a operação, que já retirou 392 carcaças do DF este ano, foi retomada no último dia 11, em Taguatinga.

Ações sociais e serviços

Durante a semana serão realizadas ações voltadas para o atendimento ao público, como emissão de carteiras de identidade, visitas ao Museu de Drogas da PCDF, DEAM Móvel e palestra com orientações de primeiros socorros. “As visitas terão um número máximo de pessoas para entrar no ônibus e todas as medidas sanitárias serão respeitadas, como uso de máscaras e álcool em gel”, explica o responsável pelo Museu, o diretor da Divisão de Polícia Comunitária (Dipcom), Wesley Bomfim.

Também serão realizadas oficinas de grafite, palestra do programa de Prevenção Orientado à Violência Doméstica e Familiar (Provid), da PMDF, bem como apresentação das bandas de música da PMDF e dos CBMDF.

 

Matéria e foto de SSP-DF

 

A última sexta-feira(13) foi muito especial para os moradores da Estância Mestre D'Armas. Foi dado o start no processo de Regularização das Estâncias I a VI.

O Governador Ibaneis Rocha esteve presente na cerimônia e assinou a ordem de serviço, dando início ao processo de regularização das terras.

Na cerimônia, também foi inaugurado o Posto da CODHAB para Atendimento à Comunidade, para tirar todas as dúvidas dos moradores locais e dialogar com proprietários e empresa responsável pela regularização.

O BRB e o cartório também se instalaram neste posto, para prestar serviços relacionados à regularização para comunidade.

Valeu, Governador! Valeu, CODHAB! Por proporcionar mais tranquilidade e segurança aos moradores da Estância

 

O Parque Sucupira recebeu em meados do mês de outubro o Projeto SOS Parque, um mutirão com vários órgãos do Governo, para uma força tarefa para revitalizar o Parque.

IBRAM, DER, Novacap, SLU, Administração de Planaltina, Secretaria de Governo, Secretaria de Segurança Pública e DETRAN unidos nessa missão de executar diversas tarefas no Parque Sucupira. Dentre as ações estão: Poda de árvores, roçagem, manutenção dos parquinhos e PEC’s, drenagem pluvial das quadras e troca de areia. Além disso, a entrada do Parque foi reformada, com troca de meio fio e alargamento da pista, que está sendo totalmente refeita e beneficiará, também, a UBS do Parque Sucupira.

 

Há pelo menos dois meses o Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER/DF) realiza intervenções na BR- 020, de Sobradinho a Planaltina, para melhorar o tráfego e dar segurança aos motoristas. As obras vão beneficiar mais de 26 mil pessoas que moram nos condomínios localizados às margens da rodovia.

A lista de ingerências inclui instalação de sistema de drenagem, construção e reposicionamento de retornos, faixas de desaceleração e aceleração e pavimentação das alças de acessos aos condomínios Alto da Boa Vista, Nova Colina, Vivendas Nova Petrópolis, Recanto do Sossego e bairro Córrego Arrozal. A expectativa de término da obra é final de novembro.

“As adequações trazem mais segurança ao sair e entrar na BR, diminui o número de acidentes e disciplina o fluxo no local”, explicou o superintendente de Obras do DER/DF, Cristiano Cavalcante. Já estão pavimentados e liberados para tráfego o retorno em frente ao condomínio Alto da Boa Vista e os acessos à rodovia dos condomínios Alto da Boa Vista, Recanto do Sossego e do bairro Córrego Arrozal. As melhorias estão sendo executadas com mão de obra e recursos do próprio departamento.

“Esse conjunto de benfeitorias estava na lista de solicitações encaminhadas ao DER/DF como presente de aniversário para a cidade. Tratamos com prioridade porque são demandas antigas da comunidade”, explicou o administrador de Planaltina, Célio Rodrigues.

“Só transtorno, a via estava toda esburacada. Na seca, era só a poeira; na chuva, muita lama”, afirmou a secretária-executiva Ana Paula | Foto: Lúcio Bernardo Jr. / Agência Brasília

Moradora há oito anos do Condomínio Vivendas Nova Petrópolis, a secretária-executiva Ana Paula Albuquerque, 39 anos, relatou que a obra era muito esperada porque na via de entrada e saída do condomínio em direção à BR-020 os acidentes, inclusive graves, são recorrentes. “Só transtorno, a via estava toda esburacada. Na seca, era só a poeira; na chuva, muita lama”, afirmou Ana Paula.

O chefe do 1º Distrito do DER/DF, Kenio Marcio Avelar, acrescentou que os serviços foram feitos em etapas, priorizando a terraplanagem, pavimentação e instalação do sistema de drenagem pluvial, para que os moradores não fossem prejudicados com a chuva. “Os trabalhos vão continuar ao longo do próximo mês com instalação de meios-fios, defensas metálicas e sinalização vertical e horizontal”.

Comerciante no Recanto do Sossego, Fernando Pereira, 55 anos, tem um restaurante em frente à nova entrada e saída para a BR-020 e comemorou a ação do governo: “Estou muito satisfeito com o que foi feito. Moro aqui há uns 30 anos e tenho percebido as melhorias. Estão cuidando melhor da nossa região”.

 

Matéria: Agência Brasília

No último dia 22 de outubro, a Administração de Planaltina se reuniu com a comunidade do Núcleo Rural Rajadinha, o representante do Deputado Distrital Cláudio Abrantes – João Cândido e o Deputado Distrital Iolando, para anunciar a reforma e cobertura da quadra esportiva do local.

Com emenda do Deputado Distrital Iolando, no valor de R$ 230.161,27, o processo foi executado pela Administração de Planaltina e a obra será realizada pela empresa W.R.M Engenharia e o prazo para execução é de 90 dias.

Com mais de 2 mil habitantes, essa obra vai beneficiar toda população local, em projetos sociais esportivos e e lazer para toda comunidade.

 

Quinta-feira, dia 8 de outubro de 2020, Dia histórico para educação de Planaltina.

O Governador Ibaneis Rocha esteve em Planaltina para inaugurar 5 coberturas de quadras de esportivas, em 5 Escolas de Planaltina.

As escolas beneficiadas foram: Paroquial, CEF 03, CEF Arapoanga, Escola Classe 1 – Arapoanga e CED Vale. Os alunos dessas escolas voltarão as aulas com essa ótima benfeitoria, que permitirá maior conforto e utilização dos espaços nas atividades escolares.

As 5 coberturas foram construídas através de emenda parlamentar do Deputado Distrital Cláudio Abrantes, beneficiando mais de 4 mil alunos da rede pública de ensino.

Investir na educação é investir no futuro!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Informamos que estamos sem telefone fixo no momento. 

Caso precise falar com a Administração de Planaltina, entre em contato pelo telefone 61. 99359-6963, em dias úteis, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h. 

Lamentavelmente uma construção da nossa história se despede de uma forma triste no dia 30 de setembro de 2020. O proprietário da casa antiga, conhecida com casa da Dona Negrinha, localizada na Avenida Salvador Coelho, escolheu demolir a construção. Ressaltamos que essa propriedade se trata de uma propriedade particular e que nós enquanto administração não temos poder sobre a construção. 

Entenda o caso: 

No dia 29 de setembro, parte da parede desse casarão amanheceu no chão. Uma parte do muro que ficava entre dois portais de madeira não resistiu ao tempo e desmoronou. Imediatamente a Administração de Planaltina foi ao local assim que teve ciência do ocorrido e, para evitar que pessoas entrassem no local, fechou o espaço com maderite e entrou em contato com o proprietário e a Defesa Civil. 

No final da tarde, a Defesa Civil foi ao local e notificou o proprietário, para que tomasse as providência, destacando a importância de verificar a questão do patrimônio histórico da edificação. Porém, no dia seguinte pela manhã, Planaltina foi surpreendida com a demolição de toda estrutura. 

Segundo Decreto nº6.939, de agosto de 1982, o Museu Histórico e Artístico de Planaltina é tombado e essa proteção se extende ao seu entorno, abrangendo a área em que o casarão foi demolido. 

Agora, a Secretaria de Cultura tomará as providência cabíveis. 

 

Pedimos que todos que são proprietários particulares de imóveis históricos, que preservem suas importantes construções.

Nós, enquanto Administração, desde que assumimos essa gestão, em maio 2020, estamos nos empenhando para cuidar e revitalizar os espaços. Veja o que está sendo feito:

 

– Prefeitura Velha: Estamos desenvolvendo projeto de recuperação e reforma da Prefeitura Velha, buscando verba com a Secretaria de Saúde e com IBRAM;

–  Casa de Câmera e Cadeia (Casa do Artesão): Estamos buscando verba junto ao IBRAM, para restauro do Espaço;

– Cemitério Antigo: Fizemos um levantamento das pessoas que foram enterradas no local e estamos entrando em contato com os entes próximos e, em seguida, conversaremos com a comunidade cultural, para dialogar sobre o que pode ser feito no local;

– Revitalização do Centro Histórico: Criação do projeto de revitalização da praça Salviano Guimarães e da Praça da Igrejinha. Esse é um projeto desenvolvido pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitacional, que será executado por recursos de compensação ambiental e executada por empresa especializada, com apoio da Administração de Planaltina. 

 

CHEGOU A HORA DE VOTAR!

Eleições Online Conselhos Regionais de Cultura

Participe!

 

As eleições para escolha dos conselheiros de cultura de Planaltina (e outras 18 regiões administrativas), acontecem até o próximo dia 2 de outubro.

Para participar e votar, basta clicar no link abaixo e terá acesso à plataforma de votação.

 http://www.cultura.df.gov.br/conselho-de-cultura/

 

Quem pode votar? Quem residir em Planaltina e tiver mais de 18 anos

Do que precisa? Documento de identificação, email do gmail e comprovante de residência

 

 

 

Administração de Planaltina ouve a Comunidade!

Projeto #AdmEmAção vai as ruas ouvir as demandas da comunidade.

Nossa equipe está nas ruas ouvindo os moradores e dando celeridade ao atendimento das demandas da comunidade.

Essa ação foi pensada para aproximar o poder público da comunidade, ouvindo os moradores da Cidade e registrando as demandas locais. Dessa forma, trazemos a comunidade para perto do Governo e vice versa.

A Administração de Planaltina quer ouvir você! Estamos trabalhando para atender as demandas da comunidade e cuidar de nossa Cidade.

 

Nesta manhã, Administração de Planaltina, junto com Secretaria de Mobilidade, Secretaria das Cidades, Secretaria de Governo, Deputado Cláudio Abrantes e a Unitrailer, deram início à entrega do Termo de Permissão de Uso aos permissionários da Rodoviária de Planaltina.

Ao todo, mais de 40 empreendedores terão suas permissões e agora passam a trabalhar com mais tranquilidade, segurança e na regularidade.

Para o Administrador de Planaltina – Célio Rodrigues, esse momento representa muito mais que um simples papel, é o estado proporcionando que estes trabalhadores trabalhem dentro da regularidade, com mais segurança e dignidade.

Uildevando Maranhão foi um dos representantes que recebeu o termo de permissão de uso. “É muito importante dar segurança para o permissionário poder trabalhar. Cada permissionário representa famílias que dependem daquele emprego”, destacou Uildevando.

Esta é uma demanda antiga de empreendedores locais e que foi atendida pelo Governo do Distrito Federal. Uma nova fase na vida desses trabalhadores que aguardam há anos essa regularização.

No dia 3 de setembro, foi feita a descupiinização da Igreja São Sebastião, conhecida como Igrejinha de Planaltina.

A descupinização é muito importante, pois evitar danos ao imóvel e infestações de cupins nas estruturas em madeira. Em julho, essa ação foi realizada também no Museu de Nossa Cidade, para receber o acervo local.

 

 

A Igreja São Sebastião é uma igreja católica, erguida no Século XVIII, em 1890, por escravos, a mando das famílias Gomes Rabelo e Carlos de Alarcão, que doaram terras para a Diocese de Goiás em cumprimento de uma promessa feita para acabar com uma peste que assolava a região. A igreja conta com uma porta principal e duas laterais, piso de tijolo e balaústres recortados, sem paredes, dividida apenas por dois pilares de madeira de cada lado. A igreja possui três imagens de gesso: de Cristo, da Virgem Maria e do santo padroeiro, São Sebastião.

 

Importante património de nossa Cidade e carrega consigo anos de tradição e história sobre Planaltina. 

 

 

 

As crianças carentes precisam de você!

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

O Governo do Distrito Federal está com a Campanha de arrecadação de livros e brinquedos infantis, que serão doados para crianças carentes do DF, como forma de celebração ao dia das crianças.⠀

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Faça sua doação! Vamos juntos alegrar a vida dessas crianças.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Você pode doar livros ou brinquedos infantis na Administração de Planaltina. Caso prefira, entre em contato conosco que buscaremos sua doação em casa.

A arrecadação vai até dia 30 de setembro. 

 

Estão abertas as inscrições para os cursos do SENAC em todo DF e tem vagas para Planaltina. As inscrições vão até dia 08/09. 

Clique aqui e acesse o edital completo.

 Planaltina 161 anos

 

Sabemos que ainda há muito a ser feito por Planaltina, muitas áreas precisam de uma atenção especial, mas sabemos também que Planaltina não é só isso.
.
Planaltina é feita de gente e por gente do bem. Planaltina tem história, 161 anos de tradição. Tem crianças felizes, idosos dançantes, vizinhos amigos.
.
Planaltina tem crença, cultura, fé. Planaltina proporciona uma vista horizontal, de um belíssimo pôr do sol, de quem vêm da Capital.
.
Planaltina é o ponto central. Tem árvores, animais e está a 40km do Planalto Central.
.
Planaltina tem vida, tem sorrisos, tem amigos de infância. Tem o morro, tem a pedra e tudo mais que encanta.
.
Planaltina do artesanato, do empreendedorismo, da música, teatro e trabalho digno. Planaltina dos encantos, dos encontros, dos cantos e contos de todo canto.

Publique suas fotos nos stories com a #MeEncantaNaCidade e #planaltina161anos e marque o nosso perfil @admplanaltinadf, repostaremos em nosso instagram.
.
São mais de 200mil pessoas e 161 anos de história e tradição, marcados de amor, fé e muita gratidão.
.
Pode ser um simples passeio com seu cãozinho ou as crianças no parquinho, o pôr do sol visto pelo retrovisor, ou aquele luar encantador. Os vovozinhos apaixonados ou os vizinhos animados. Aquele andar a cavalo ou aquele alimento cultivado.
.
Ah, Planaltina! Temos sim muito o que melhorar, mas não podemos deixar de ressaltar, todos os encantos dessa cidade que escolhemos como nosso Lar.

#planaltina161anos
#MeEncantaNaCidade

Em comemoração aos 161 anos de Planaltina, a Administração de Planaltina, em parceria com artistas da Cidade e empresários locais, transformou os abrigos de ônibus, que antes estavam cheios de papeis de propaganda, em incríveis galerias de arte. 

A ideia surgiu após chamar um artista da Cidade para grafitar uma parede da Administração de Planaltina com os monummentos da Cidade. Foi daí que surgiu a inspiração para dar mais cores e arte para as paradas de ônibus, foi quando, em conversa com empresários da Cidade, que prontamente aprovaram o projeto, foi dado andamento ao projeto Parada Cultural. 

Três grupos de grafiteiros da Cidade foram convidados para particidar dessa ação. Trupe S.A, Trickstergang e Spray Atômico são os 3 grupos de grafiteiros responsáveis pelas belíssimas artes realizadas nas 34 paradas dessa primeira etapa do projeto. 

Ninguém faz nada sozinho e a Administração de Planaltina contou com a colaboração de alguns empresários locais para que este projeto fosse viável, são eles:  

  • Bocayuva Tintas
  • Elétrica Ciranda
  • Mercado Espírito Santo
  • Lyvia Farma – Farmácia de Manipulação
  • Jaguar Autopeças
  • Clínica Femmina
  • Posto Paraíso
  • Jr Grupo
  • Parafuso & Cia
  • União Materiais de Construção
  • Winner

Veja abaixo algumas das paradas que estão fazendo colorindo a Cidade. 

O que era um sonho antigo da população, começa a se tornar realidada. Investir em saúde e proporcionar maior acesso ao serviço de saúde para quem precisa é uma das maiores demanda de toda comunidade de Planaltina. 

Em pouco mais de um ano, Planaltina já ganhou uma nova Unidade Básica de Saúde, a UBS 20, e está em construção a nova unidade do Vale do Amanhecer. Além disso, o Governo do Distrito Federal iniciou as obras da UPA da Cidade, que será no bairro Estância Planaltina e terá capacidade para atender até 4,5 mil pessoas por mês. 

A estrutura terá uma área para classificação de risco e primeiro atendimento; consultórios; salas de urgência; seis leitos de observação e um leito de isolamento. Também há área destinada para nove poltronas de medicação, hidratação e inalação. As UPAs são o caminho para atendimento de urgência e emergência em clínica médica. As UBS atendem casos mais simples, UPA de média complexidade e o hospital para casos mais graves. 

A previsão é que a UPA seja entregue para comunidade no primeiro semestre 2021. 

Os Pontos Comunitários de Segurança, há muitos anos estão desativados no DF. É uma grande demanda da comunidade era a remossão desses pontos, pois estavam abandonados e atraiam usuários de droga e moradores de rua. Enfim essa demanda foi solucionada pela Administração de Planaltina e GDF Presente. 

No início do mês, retiramos os PCS da Estância e da Avenida Independência. Para realizar essa remanejamento, a Novacap cedeu um caminhão, para ajudar nessa remoção. As estruturas foram encaminhadas para o 14º Batalhão da Polícia Militar, em Planaltina. 

Na Estância, no local em que foi feita a remoção dos Pontos Comunitários de Segurança, pretende-se criar uma praça, para utilização da comunidade local.  “O que antigamente era uma área de segurança, foi invertido. Agora sem os módulos, essas áreas vão passar por um processo de reurbanização, com a construção de praças. Queremos trazer de volta o local para a comunidade”, explica o chefe de gabinete da Administração Regional de Planaltina, Paulo Cabral. 

É o GDF integrado e trabalhando para atender as demandas da comunidade!

 

Mais uma grande notícia para Planaltina!

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

O Centro Interescolar de Línguas de Planaltina está pronto! Um grande presente de aniversário para Cidade, que completa 161 anos em agosto.⠀⠀⠀⠀⠀

O CIL atenderá 2100 estudantes já no 2° semestre 2020, com previsão de aumentar para 3600 alunos em 2021. O Centro oferta aulas de inglês, francês e espanhol para crianças e jovens, com aulas nos turnos matutino, vespertino e noturno.

Mais uma obra do Governo do Distrito Federal, com emenda parlamentar do Deputado Distrital Cláudio Abrantes.

No último dia 6 de agosto, o Governador Ibaneis Rocha e o lider de Governo – Deputado Cláudio Abrantes, realizaram uma inauguração simbólica do Centro Interescolar de Linguas de Planaltina. O espaço foi totalmente reformado, ampliado e modernizado, para atender com conforto os alunos interessados em aprender um novo idioma. 

A nova unidade fica ao lado da Regional de Ensino, atrás da biblioteca pública de Planaltina e da Feira de Utilidades. Um espaço com instalações novas, em uma área de 850 m² bem no centro da cidade, no Setor Educacional, Lote C, na Praça do Estudante.

O novo CIL é dividido em três blocos: um com 12 salas de aula, com 23 m² cada, entre outros; o bloco administrativo; e o bloco externo de banheiros para os estudantes, com acessibilidade. Toda essa estrutura faz parte de um complexo escolar da região, onde já funcionam o Centro de Ensino Fundamental 04, a Biblioteca Escolar Comunitária Monteiro Lobato, uma agência do Banco de Brasília (BRB) e a Coordenação Regional de Ensino (CRE), promovendo uma maior integração de ensino na região administrativa.

Planaltina merece!

 

Matéria: ASCOM Planaltina, com informações da Agência Brasília

 

gallery

 

A aprovação do projeto urbanístico de mais uma etapa do Setor Habitacional Arapoanga, em Planaltina, consta do Decreto nº 41.058, publicado no Diário Oficial do Distrito Federal desta segunda-feira (3). Beneficiando uma população de 1.158 pessoas que vivem em 253 lotes, o projeto abrange a Quadra 2, conjuntos 1 a 4, 4A, 4B, 5, 5A, 5B e 6.

A área, de 81,9 mil metros quadrados, é de propriedade particular. O proprietário tem o prazo de até 180 dias para providenciar o requerimento de registro em cartório.

Os lotes serão destinados à habitação, pequenos comércios e uso misto. O projeto urbanístico prevê ainda a qualificação do espaço urbano, amenizando impactos sociais e ambientais decorrentes da ocupação irregular e promovendo a adequação do sistema viário.

O Trecho 3 do Setor Habitacional Arapoanga é uma Área de Interesse Social (Aris) regularizada em etapas. Só no mês passado foram aprovados os  projetos urbanísticos da Quadra 7, conjuntos 7 ao 13, 13A, 13B, e do 14 ao 22.

Em ambos os casos foi efetivada a aprovação do Conselho de Planejamento Urbano e Territorial do DF (Conplan) antes da publicação dos decretos.

Portal da Regularização

Em caso de dúvidas sobre o andamento dos processos de regularização fundiária, o caminho é acessar o Portal da Regularização, criado pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh).

A ferramenta permite a consulta online sobre as etapas dos processos de regularização fundiária no Distrito Federal.

 

 

* Matéria: Agência Brasília

Durante 40 anos, chuva para o morador de Planaltina Jânio Cândido da Silva, 61 anos, era sinônimo de destruição. Ele chegou a perder vários móveis e eletrodomésticos de sua casa e até as compras do mês por causa de alagamentos. Mas a tendência é que este ano o morador da Quadra 140, da Rua 1° de Junho, tenha dias mais amenos – mesmo se estiver sob um temporal daqueles que costuma banhar a cidade.

A Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap) e a Administração Regional de Planaltina iniciaram os serviços de restauração e construção da rede de drenagem que já estava bem prejudicada. Serão construídas 25 bocas-de-lobo ao longo do trajeto entre as ruas Pará e 1° de Junho. E perto da casa de seu Jânio serão instaladas oito bocas. Para isso, a ação conta com o apoio de todo o pátio de Obras de Planaltina, máquinas, caminhões, servidores e colaboradores da Fundação de Amparo ao Preso (Funap).

As obras também reconstruirão tudo o que o aguaceiro estragou. A parceria entre administração regional e  a Novacap também começou a erradicar uma enorme erosão vizinha à casa do morador, aberta pelas sucessivas enxurradas. Depois de aterrar o buraco, serão colocados meios-fios e calçadas novos. “A gente tem passado uma situação complicada aqui. Agora, eu acredito que vai resolver a situação. Sempre o administrador vem aqui acompanhar o trabalho”, destaca.

 

Para evitar que a água da chuva volte a acumular nas ruas da Maranhão, será erguido um muro-gabião – que é uma espécie de dissipador de águas da chuva – para jogar a água para o Córrego Mestre D'Armas.

Assim como está localizada a rua de seu Jânio, a Rua Maranhão, que também fica no Setor Tradicional de Planaltina, também tem suas ruas íngremes, o que faz com que toda a água da chuva desemboque nelas.

Então, haja sistema de drenagem para escoar toda a água. Mas no dia 8 de julho, em visita ao setor, o governador Ibaneis Rocha determinou que a Novacap e a Administração Regional dessem um jeito no problema. “Ele ligou na minha frente para o pessoal da Novacap e mandou que viessem para cá resolver a situação”, lembra o administrador de Planaltina, Célio Rodrigues.

Desde então, homens e máquinas não param de trabalhar.  A missão deles é criar mais duas bocas-de-lobo e aumentar a largura das existentes. Para evitar que a água da chuva volte a acumular nas ruas da Maranhão, será erguido um muro-gabião – que é uma espécie de dissipador de águas da chuva – para jogar a água para o Córrego Mestre D’Armas.  

Édson Luiz Fernandes, 36 anos, mora em frente à obra, na quadra 141, e conta o drama da comunidade em dias chuvosos. “Dependendo da chuva, não dava para sair de casa. Mais de 15 anos tem o problema e ninguém fazia nada. Agora, estou vendo que a administração está empenhada em resolver nosso problema”, disse. O vizinho Luiz Júnior Freitas, 47, mora na quadra ao lado, a 142, e concorda com o vizinho. “Acredito que agora o problema será resolvido”, afirma. 

 

Matéria: Agência Brasília

 

 

Para não passar em branco os 161 anos de Planaltina, mesmo em tempos de pandemia do Novo Coronavírus, a Administração de Planaltina fará lives todos os sábados do mês de agosto, com convidados historiadores e moradores da Cidade, que contarão um pouco sobre a história e a cultura da Cidade. 

O Projeto Narradores de Mestre D'Armas – Conheça Planaltina será todos os sábados de agosto, no instagram da Administração Regional @admplanaltinadf, às 16h. 

Com a chegada da seca e a baixa umidade, aumenta-se o índice de queimadas na região e é preciso redobrar os cuidados neste período.
Por isso, em uma reunião entre Administração de Planaltina e o 9º Grupamento de Bombeiro Militar, foi firmada parceria para treinamento sobre combate a incêndio florestal, para que a comunidade rural de Planaltina tenha orientações de como proceder em caso de incêndio florestal na região.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Promovido pelo Grupamento de Proteção Ambiental dos Bombeiros, em parceria com a Administração de Planaltina, com apoio do Conselho Rural e Associações, o treinamento “Instrução de 1ª Resposta de Combate a Incêndio Florestal e Confecção de Abafador” foi realizado no Galpão do Monjolo e contou com instruções teóricas e práticas de combate a incêndio.
 

O Governo do Distrito Federal, por intermédio da Administração Regional de Planaltina, convida a população de Planaltina para dar continuidade a Consulta Pública para dialogar com a comunidade sobre a transferência da carga patrimonial do Museu Histórico e Artístico de Planaltina DF, para a Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal – SECEC.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Devido à pandemia do novo coronavírus, a consulta será realizada em plataforma digital, no dia 28 de Julho de 2020, às 16h30, através do aplicativo Hangouts (museuplanaltina@gmail.com), pelo link https://meet.google.com/ons-mrqq-cvs
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Assunto: Consulta Pública sobre a transferência da carga patrimonial do Museu Histórico e Artístico e Planaltina para a Secretaria de Cultura e Economia Criativa.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Consulta Pública Online: dia 28 de Julho de 2020, às 16h30. 

Os moradores de Planaltina convivem, nos últimos dias, com equipes e equipamentos do GDF Presente – Polo Norte. São caminhões, retroescavadeiras, patrolas, tratores e outras máquinas da Novacap, SLU e DER-DF. Todo esse aparato visa preparar a cidade para comemorar os 161 anos, no próximo dia 19.

O plano de ação do mutirão conta com patrolamento das vias sem pavimentação, criação do sistema de drenagem nessas vias, recolhimento de lixo e entulho, construção de galerias de águas pluviais e podas de árvores.   

“É uma grande satisfação o retorno do polo a Planaltina. Nos ajuda a cuidar melhor da cidade, principalmente nas vésperas do aniversário”, afirmou o administrador regional, Antônio Célio Rodrigues. Segundo ele, a administração tem seguido rigorosamente a orientação do governador: de cuidar da cidade. “Solicitamos a priorização na podas de árvores, retirada de entulho e manutenção dos pontos turísticos”, disse Antônio Célio. 

Cronograma

O coordenador do Polo Norte, Ronaldo Alves, destacou que as equipes irão cumprir o cronograma de ações nas áreas urbanas e rurais. A retirada de entulhos e inservíveis no bairro Estância, próximo à Escola Classe 16, somou mais de 120 toneladas e teve a destinação correta. “O objetivo é retirar o mato e sujeira na via e perto dos muros da escola e de uma creche que fica ao lado para reduzir a incidência de vetores de doenças”, esclareceu o coordenador do polo.

“Pedimos que a população colabore com o nosso trabalho e, também, do SLU, colocando o lixo no devido horário na porta, levando os restos de construções ao Papa-Entulho e não largando na rua”, solicita o gestor da administração, Antônio Célio. Na região do bairro de Fátima os moradores demandam a limpeza da área há bastante tempo. 

O SLU iniciou a retirada de entulhos nesta quarta-feira (22) e o polo nivela o terreno com um trator de esteira e, também, fará a retirada de inservíveis e de entulhos. “Mais uma vez, nossa meta é reduzir os casos de dengue nesta área, que possui alta incidência de casos”, disse Ronaldo Alves.

 

Matéria: Agência Brasília

Mesmo em meio à pandemia do Novo Coronavírus, a Administração de Planaltina segue trabalhando e atendendo as demandas da comunidade. Prova disso foi o resultado do balanço do 2° trimestre das demandas da ouvidoria de Planaltina.

 

Nos meses de abril, maio e junho foram registradas 262 solicitações de serviço, registradas pela comunidade, nos canais de ouvidoria. Dessas, a Administração de Planaltina fechou o trimestre com 81% de resolutividade das demandas.

 

Esse crescente número de resolutividade, se deu ao novo modelo de gestão e envio das demandas, por meio da comunidade. Agora, tudo é registrado nos canais de ouvidoria e encaminhado para o setor responsável, para análise e atendimento da demanda.

 

“Criamos um procedimento que tornou todo processo mais ágil e organizado. Com todas as demandas registradas na ouvidoria, conseguimos quantificar o trabalho e a comunidade ainda pode acompanhar o trâmite do pedido, através do número de protocolo que foi gerado”, destacou Célio Rodrigues – Administrador de Planaltina. 

 

O morador que desejar fazer alguma solicitação de serviço, pode fazer o registro pelo telefone 162 ou pelo site www.ouv.df.gov.br

Chamamento público foi publicado nesta sexta-feira (17), no DODF, e envolve todas as Regiões Administrativas do DF

 

 

O Conselho de Cultura do Distrito Federal (CCDF) convoca eleições para a escolha de Conselheiros Regionais para o triênio 2021/2024. O edital foi publicado nesta sexta-feira (17), no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF), pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec). O certame prevê que as inscrições e o processo de seleção para o Colegiado sejam feitos de modo on-line.

 

O edital foi motivado pela obrigatoriedade da realização das eleições neste ano, conforme determina a Lei Orgânica do Distrito Federal (LOC). Diante disso, devido às limitações impostas pela pandemia, os membros do CCDF se mobilizaram para que o processo seja dinâmico e simplificado, desde os recursos até as habilitações dos candidatos selecionados.

 

PREMISSAS DA LOC

 

Com período de inscrições que se estende até 17 de agosto, o processo, deliberado junto ao CCDF, foi especialmente desenvolvido para atendimento às premissas de participação social, cumprindo os princípios jurídicos e administrativos exigidos pela LOC. Nesse sentido, o Conselho de Cultura atuou em esforço para que os agentes culturais de todas as Regiões Administrativas do DF possam participar do processo de seleção do novo Colegiado, propondo, assim, a formulação de novas políticas públicas para o setor.

 

Presidente do Conselho de Cultura do DF, Wellington Abreu, defende que todas as Regiões Administrativas do Distrito Federal precisam ser envolvidas no processo, principalmente para promover a força dos multiplicadores de informação e sensibilizar os artistas que têm perfil e interesse em se candidatar à função de Conselheiro Regional de Cultura. “Chegou a hora de definir quem fala, delibera, defende e luta pela identidade cultural da sua região no Sistema de Arte e Cultura do DF, em um formato inédito e de construção coletiva”, completou.

 

QUEM PODE PARTICIPAR?

 

O Colegiado é composto por nove membros, em que oito são representantes da sociedade civil com atuação na área cultural e um que atue como líder comunitário de cultura. Para concorrer às vagas, os interessados precisam comprovar atuação por meio da apresentação de currículo e portfólio.

 

Não poderão se inscrever agentes culturais que exerçam cargos efetivos ou de livre nomeação e exoneração na Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, ou em qualquer Administração Regional do Distrito Federal. Também está impedido de participar o servidor ocupante de cargo de livre nomeação e exoneração em gabinetes parlamentares e de lideranças partidárias.

 

As eleições serão realizadas pela internet e estão previstas para ocorrer entre os dias 21 de setembro a 2 de outubro de 2020, nas Regiões e Macrorregiões Administrativas.

 

Leia mais sobre a eleição dos conselheiros regionais de Cultura do Distrito Federalna página do Conselho de Cultura do DF http://www.cultura.df.gov.br/conselho-de-cultura/.

Confira aqui o edital

Confira os formulários e declarações para realizar a candidatura:

Formulários em PDF

Formulários Word

 

Matéria: Scretaria de Cultura do DF

Os moradores do Vale do Amanhecer há cerca de 5 anos convivem com medo do perigo causado por algumas árvores antigas do Vale do Amanhecer, que estavam muito altas e pegando na fiação elétrica, causando risco para os moradores locais.

Foi então que alguns moradores procuraram a Administração de Planaltina e solicitaram a poda dessas árvores e, esta semana, a solicitação foi então atendida. Com apoio das equipes de poda de árvores da CEB e da Novacap, o trabalho está sendo realizado na região.

Comemora com alegria a moradora Rosana Braga, que nasceu no Vale do Amanhecer e mora próximo ao local dessas árvores próximas da fiação. “Agradeço ao empenho em resolver a questão dessas árvores que apresentavam perigo para todos nós, moradores. Era uma reinvindicação antiga e nunca fomos atendidos. Muito obrigado à todos do Governo envolvidos nesta demanda.”

Agradecemos ao apoio da CEB e Novacap, por prontamente nos ajudar a atender esta demanda. “Trabalhar de forma integrada com os órgãos de Governo, proporciona maior agilidade na execução das demandas e isso só traz benefício para a Cidade”, destacou o Administrador de Planaltina – Célio Rodrigues.

Quase 23 MIL TONELADAS de entulhos recolhidos. Essa foi a quantidade de lixo retirada de Planaltina apenas nas áreas de transbordo irregular, de janeiro a junho 2020.

Caso você não tenha ideia do que isso significa, é mais ou menos o equivalente a preencher 6 piscinas olímpicas com entulho.

Esse grandioso número foi possível com a somatória dos trabalhos de recolhimento de entulho feito pela Administração de Planaltina, Novacap, SLU e GDF Presente.

Além dessas 23 mil toneladas de entulho, a equipe da Administração de Planaltina está instalando placas de PROIBIDO JOGAR LIXO OU ENTULHO nas áreas de transbordo irregular.

Destacamos aqui a importância da população colaborar, para que possamos manter a Cidade limpa. Célio Rodrigues – Administrador de Planaltina, enfatiza que "Esses descartes irregulares não somente deixam a Cidade visualmente ruim, mas poluem o ambiente e podem gerar doenças para população".

Vamos juntos cuidar de Planaltina!

A Administração de Planaltina, em parceria com a equipe do Feira Legal e Presidentes das Feiras Permanentes, está fazendo o recadastramento dos feirantes da Cidade. Essa ação visa atualizar e padronizar os cadastros de todos que possuem concessão de uso do box.

No último dia 24, nos reunimos com o Coordenador Márcio e a assessora técnica Lígia, ambos do Programa Feira Legal, para alinhar as ações realizadas com os feirantes da Cidade. O recadastramento foi iniciado e será feito até o dia 30 deste mês, na sala da CODHAB, localizada na Feira de Confecções de Planaltina.

Para quem não sabe, o Feira Legal é um Programa de Governo que visa modernizar e legalizar todas as feiras do Distrito Federal.

Agradecemos aqui toda equipe do Feira Legal, que está contribuindo para que esse trabalho seja realizado.

Convidamos todos os interessados a participarem da apresentação pública do Plano Museológico do Museu Hitórico e Artístico de Planaltina, que será realizada no próximo dia 6 de julho, às 14h. 

Devido à pandemia do Novo Coronavírus, a apresentação será feita por vídeoconferência. Os interessados poderão se increver enviando email para museuplanaltina@gmail.com. 

Participe! Faça parte dessa grande conquista e momento histórico do Museu de nossa Cidade.

A construção da Unidade Básica de Saúde do Vale do Amanhecer é uma conquista de mais de 30 mil pessoas. Em 2019, essa população esteve perto de ter seu único ponto de atendimento em saúde despejado. Esse problema foi resolvido, mas não de forma definitiva, tendo em vista que a atual UBS do Vale funciona em um imóvel alugado e que, portanto, não foi feito com a finalidade de abrigar um posto de saúde.

No começo de maio, fizemos neste espaço uma postagem sobre o início das obras da UBS do Vale do Amanhecer. Essa realização de um verdadeiro sonho, que chega para desobrigar cada família, cada morador, de ter que se deslocar para outras localidades de Planaltina em busca de atendimento médico e dentário.

Construída sob os mais modernos e rigorosos critérios técnicos, a estrutura será erguida em local adequado, sem oferecer risco à natureza ou aos costumes e culturas do Vale, respeitando sua história, tradições e aspectos religiosos. 

Mas, infelizmente, por duas vezes a Justiça foi acionada, no sentido de que se embargasse a obra. No primeiro momento, após a apresentação de toda documentação, o andamento da obra foi autorizado. O Governo do Distrito Federal se colocou à disposição e apresentou todas as documentações e estudos solicitados, comprovando a legalidade da obra. O juiz concluiu que a construção seguiu todas as exigências e que a obra não fere em nada a religião local.

No início de junho, houve uma nova tentativa, solicitando paralisação das obras. No entanto, no dia 18 do mesmo mês, o juiz Carlos Medeiros revogou a liminar emitida e autorizou a continuidade dos trabalhos, reafirmando a licitude de todo processo e construção da edificação.

Ratificamos que todos os estudos técnicos foram realizados antes do início da obra e que a área em questão é pública e segue todos os requisitos para esta construção.

Investir em saúde é investir em vidas. O Governo do Distrito Federal e a Administração de Planaltina estão empenhados em garantir acesso à saúde a toda comunidade. O Vale do Amanhecer será o primeiro bairro a ter 100% de atenção primária em saúde, com a construção da UBS que já está em andamento e, ainda, de uma segunda unidade, na Vila Pacheco, também no Vale do Amanhecer. 

Destacamos aqui que temos total respeito pela religião e pelos moradores, e que tudo o que estamos fazendo, dentro da lei, da ética e com todas as comprovações, é para garantir acesso à saúde pública, a todas as famílias que dela precisam. 

Estamos abertos ao diálogo e prontos para prestar qualquer tipo de esclarecimento.

Planaltina recebe SANEAR Dengue

 

Nessa sexta-feira, 19, Planaltina recebeu o Programa de Governo SANEAR Dengue, que é uma força tarefe, com equipes da Vigilância Ambiental de todo DF, em parceria com a Administração de Planaltina, para realizar ações de prevenção e combate à dengue.

Cerca de 40 agentes da Vigilância Ambiental visitaram aproximadamente 800 imóveis, no Bairro Vila Vicentina, fazendo a vistoria, dando orientações aos moradores e realizando o tratamento focal, quando necessário.

Além das equipes da Vigilância Ambiental, 5 equipes do Corpo de Bombeiros fizeram visitas aos imóveis na Quadra 1 da Vila Buritis, para mapeamento de casos e orientação de prevenção contra as doenças transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti.

Agora, 100% dos Bairros de Planaltina já forma inspecionados e outras ações de combate à dengue estão sendo realizadas nas áreas com maior foco da doença.

 

O Governo do Distrito Federal mantém o GDF Presente a pleno vapor. A partir desta terça-feira (16), equipes do programa estarão por uma semana no Núcleo Rural Vale Verde, em Planaltina, para benfeitorias diversas. Os trabalhos incluem limpeza e nivelamento de 7 quilômetros da estrada rural para viabilizar, com qualidade, o trânsito no local. Planaltina é a mais extensa região administrativa do DF e a que tem a maior área rural.

Em razão disso, os serviços fora da zona urbana são constantes. No Vale Verde, as melhorias neste trecho de estrada são ainda mais relevantes porque se trata de um caminho para as unidades de ensino rurais Escola Classe Vale Verde e Morumbi. Além disso, a via dá acesso às 160 propriedades com produção de hortaliças, frutas e animais.

O criador de animais Francisco Gildenir, 43 anos, relatou que a chuva deste ano danificou bastante a via, e que as obras vêm em boa hora. “Ruim estava, agora vai melhorar 100%. Só de passar as máquinas vira outra estrada”, comemorou o trabalhador rural.

O coordenador do Polo Norte do GDF Presente, Ronaldo Alves, explicou que a escolha das áreas rurais tem a ver com as distâncias do núcleo urbano e a dificuldade operacional da administração em atender os moradores.

Obra dá mais segurança para alunos e produtores rurais | Foto: Joel Rodrigues / Agência Brasília

“E é aí que nós, do GDF Presente, atuamos para dar mais empoderamento na realização de serviços ao administrador”, dwclarou Alves, acrescentando que a via não está em piores condições porque passou por reparos em 2019.

“Fazer o Estado presente na área rural é levar mais qualidade aos alunos que precisam usufruir do ensino das escolas da região, aos moradores e, também, àqueles que buscam o lazer e o descanso”, afirmou o administrador de Planaltina, Antônio Célio Pimentel.

A conclusão do patrolamento dos 7 quilômetros da via e das 16 ruas transversais está prevista para o próximo dia 23.

 

Matéria: Agência Brasília

 

Amor ao próximo. Essa frase sempre fez sentido, mas, agora, mais do que nunca, essa frase precisa ser exercida. E no último sábado (6), a população de Planaltina se uniu nessa grande corrente do bem.

A Campanha Amor ao Próximo, idealizada pela gerência social da Administração de Planaltina, promoveu uma ação de arrecadação de alimentos, que serão doados para famílias que estão em situação de vulnerabilidade.

Durante todo o dia, centenas de pessoas se dirigiram até a tenda montada em ponto estratégico da Cidade, para fazerem suas doações de alimentos.

Todas as doações foram importantes, mas algumas foram emblemáticas, como a de uma senhora que mora na rua, que juntou algumas moedinhas e, em um gesto lindo, comprou um alimento e fez sua doação. Como forma de retribuição, ela recebeu alguns alimentos, que com certeza vão ajudar ela e sua família neste momento. Além dela, o senhor Francisco de Assis, que com sua bicicleta, foi até a tenda fazer a doação de duas cestas básicas e ainda voltou mais tarde para doar um cobertor.

O Administrador Interino de Planaltina – Célio Rodrigues vê com entusiasmo o resultado da ação. “É gratificante ver a união da população de Planaltina. Muitas pessoas ao verem nossa tenda, corria ao mercado e voltava com sua doação”.

Ao todo, foi arrecada mais de uma tonelada de alimentos. Além dessa arrecadação, um empresário da Cidade doou mais 25 cestas básicas.

Além da arrecadação de alimentos, foram a distribuição de 500 máscaras para população que passava pelo local.

Aos interessados em contribuir nessa corrente do bem, A Administração de Planaltina continuará recebendo doações de alimentos e agasalhos durante todo mês de junho.

A equipe da Administração de Planaltina agradece a todos que contribuíram nessa linda corrente do bem. Muitas famílias serão beneficiadas e terão o que comer, graças a cada uma dessas doações.

 

Após anos de abandono, o prédio localizado na principal avenida de Planaltina, foi totalmente fechado.

 

O que um dia foi o único Hospital particular na Cidade, há mais de 10 anos tem sido alvo de incômodo para os moradores da Planaltina. O local virou abrigo para usuários de drogas e vândalos e vem causando transtornos à população, já que roubos e assassinatos já foram registrados no local.  

O prédio em questão encontra-se em briga judicial entre o antigo e atual dono. Um dos proprietários já foi notificado diversas vezes, porém, nenhuma providência foi tomada.

Para acabar com os transtornos gerados no local, a Administração de Planaltina, junto com a Vigilância Ambiental e o apoio da Polícia Militar, fecharam com tijolos as portas e janelas, assim, o local ficará totalmente desativado e inacessível.

Célio Rodrigues – Administrador Interino da Administração de Planaltina destaca que esse é um problema antigo na Cidade e que nunca foi resolvido. “Recebemos muitas reclamações da comunidade sobre esse prédio abandonado e os transtornos que o espaço causava. Foi então que, ao fazer contato com a vigilância ambiental, identificamos que era possível tomar algumas providências legais para impedir o fluxo de pessoas dentro do prédio.  Decidimos fechar o local com tijolos. Foi então que entramos em contato com empresários da Cidade, que rapidamente nos ajudaram com doações de materiais de construção.  Nossa equipe de obras entrou em ação para executar o serviço, a Vigilância Ambiental fez todo trabalho de inspeção do prédio e a PM fez o acompanhamento e segurança do local e a Novacap fará a poda das árvores localizadas na lateral do prédio”.

A Vigilância Ambiental possui alvará judicial, que permite que agentes de saúde façam intervenção em locais particulares, quando os mesmos se encontram em situação risco à saúde da população.

Edgar Rodrigues – Diretor da Diretoria de Vigilância Ambiental ressalta que o local era usado como abrigo por moradores de rua e usuários de droga. Muito lixo e garrafas, que podem atrair ratos e escorpiões, além da proliferação do Aedes Aegypti. “Esse prédio já foi um hospital e cuidou da saúde de muitas pessoas, mas com o abandono da Edificação, esse prédio passou a causar transtornos para população”, destaca Edgar

 

A comunidade respira aliviada.

 

Maria Cristina, moradora da Cidade, vê com alegria a ação. “Tínhamos medo de passar por aqui, fora o mal cheiro desse local. Agradeço a iniciativa do Governo. É triste ver um prédio abandonado, principalmente na avenida principal da Cidade”, destaca.

Ação de manejo no Condomínio Nova Petrópolis

 

Ação conjunta da Administração de Planaltina e Vigilância Ambiental recolhe cerca de 24 toneladas de inservíveis na região do Condomínio Nova Petrópolis, em Planaltina.⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Estamos trabalhando para deixar a Cidade limpa e livre de focos do mosquito da dengue.

“Essa união na realização das ações permite maior agilidade nas demandas. A vigilância ambiental detecta os locais de maior necessidade de intervenção e nós ajudamos com equipe e caminhões para execução do serviço”. Destaca Célio Rodrigues, Administrador Interino de Planaltina.  

⠀⠀⠀⠀⠀
Faça sua parte você também. Verifique seu quintal e não deixe objetos em locais que podem acumular água.

Continuando nossa força tarefa de distribuir máscara e conscientizar as pessoas sobre a importância do uso, hoje (2), junto com a PM, os Bombeiros, o DF Legal e a Vigilância Sanitária, realizamos a distribuição das máscaras no Vale do Amanhecer e Arapoanga. Cerca de 800 máscaras foram distribuídas nesses locais.

Equipes da Administração de Planaltina também estiveram em outros pontos de Planaltina fazendo a distribuição. Caixa Econômica e Avenida Independência, foram alguns pontos de distribuição de 600 máscaras.

Além dessas ações realizadas hoje, no domingo realizamos distribuição de máscaras na Feira de Hortifrutigranjeiros e na Horta Comunitária. Na segunda a ação continuou na Caixa Econômica, devido ao grande fluxo de pessoas que vão à agência sacar seu benefício.

Em 3 dias de ação, distribuímos cerca de 2 mil máscaras. Continuaremos esse trabalho nos próximos dias.

Lembramos que a Administração de Planaltina é um dos pontos de distribuição de máscara, de segunda à sexta-feira, das 8h às 18h.  

 

 

Agora os beneficiários que precisarem ir à Caixa Econômica de Planaltina encontrarão uma estrutura de apoio ao lado do prédio.

O Governo do Distrito Federal, preocupado em solucionar o problema de aglomeração nas filas dos bancos, solicitou à Secretaria das Cidades e a Administração de Planaltina, que junto à Caixa Econômica, buscaram soluções para proteger a população que precisa buscar o benefício, gerando o mínimo de conforto e tomando todos os cuidados necessários de proteção ao COVID-19.

Além de tendas no local, para que as pessoas não fiquem nas filas embaixo de sol e chuva, há banheiros químicos – masculino e feminino – e pias com água e sabão, para que a população higienize as mãos sempre que necessário.

Para reforçar os cuidados, faixas foram colocadas no local lembrando todos sobre a importância de manter o distanciamento social, usar a máscara e lavar bem as mãos.

Ações realizada para gerar o mínimo de conforte e segurança à todos que precisam ir ao banco sacar o benefício do Governo. 

 

A Administração de Planaltina, no intuito de prestar serviços sociais à comunidade, realiza campanha de arrecada de alimentos e cobertores, para doar para famílias em situação de vulnerabilidade, cadastradas na nossa gerência social. 

A arrecadação pode ser feita na Administração de Planaltina ou na ação que será realizada dia 6 de junho, no estacionamento do Supermercado Comper, das 8h às 18h. 

Pedimos a colaboração de todos na doação de 1kg de alimento não perecível. Essas doações serão de suma importância para acabar com a fome e o frio de várias famílias. 

 

Há algumas semanas, a Administração de Planaltina se tormou um dos pontos de arrecadação de material de limpeza para doação ao Sistema Prisional do DF. Essa é uma ação do Conselho da Comunidade de Execução Penal, com o apoio da Administracao de Planaltina.

Nesta quarta-feira (27), foi dia de recolher as doações ao destino final. Ao todo, em Planaltina, foram arrecadados 110 litros de água sanitária, 100 barras de sabão de Coco, 5 litros de álcool, 50kg de sabão em pó. 

Essa ação aconteceu em todas as Regiões Administrativa do DF. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Agradecemos a todos que fizeram doações e contribuíram para combate ao COVID-19.

Campanha Quarentena sem Fome

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

A pandemia do Novo Coronavírus trouxe não só problemas na saúde de muitos brasileiros, mas também aumentou a dificuldade de muitas famílias conseguirem colocar alimento na mesa. E nesses momentos, a solidariedade fala ainda mais alto. 

Uma iniciativa da Associação dos Defensores Públicos do Distrito Federal (Adep/DF), em parceria com a Defensoria Pública do Distrito Federal (DPDF) e a Escola de Assistência Jurídica, com apoio da Administração de Planaltina, 230 famílias em situação de vulnerabilidade receberam cesta básica no último dia 27 de maio. ⠀

As famílias beneficiadas receberam as cestas já higienizadas, seguindo todos os protocolos de segurança contra COVID-19. Junto com cada cesta, foram entregues máscaras de proteção para toda família.⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Essa campanha está sendo realizada em vários locais do DF. Até o momento, já foram distribuídas 1114 cestas básicas.

Agradecemos a todos que participaram da campanha e fizeram suas doações. Com certeza essas cestas farão a diferença na mesa de cada uma dessas famílias.

 

Mais oportunidade para agricultores de Planaltina produzir seu próprio alimento. Essa é a previsão que a Secretaria de Agricultura do DF faz com a doação de 107 kits de irrigação para produtores da região. A entrega foi realizada no fim da manhã de hoje (22) no assentamento Oziel Alves, localizado a 20 km da região administrativa. Cada equipamento conta com uma caixa d’água de 5 mil litros, mil metros de mangueiras e conexões. A ideia é realizar outras 400 entregas do tipo em todo DF, ajudando a agricultura familiar alavancar nesse momento de pandemia.

“Foi um presente do governo que chegou em boa hora”, agradeceu, João de Mello, um dos primeiros a chegar no local, que este mês faz 18 anos. “Já tenho uma idade avançada e sete filhos, é um meio de ajuda boa, agora vou poder plantar meu maracujá”, planeja o trabalhador rural. “É um material que vai dar segurança alimentar para essas famílias e gerar até renda num momento como esse, caso sobre parte de sua produção”, avalia o secretário de Agricultura, Luciano Mendes.

Para o presidente do assentamento, Edson Pereira Batista, o Edson “Gordo”, o kit de irrigação tem capacidade de manter um casal com três filhos. “É só cuidar bem do equipamento, o agricultor agora só vai precisar fazer uma base de madeira ou tijolo e começar a trabalhar”, explica. “É um pontapé inicial que pode gerar de 30 a 35 empregos, se a pessoa souber trabalhar”, observa Edson, há quatro anos morador do assentamento.

Fotos: Lúcio Bernardo Jr.

Kits são compostos por caixa d’água, mangueiras e conexões. Fotos: Lúcio Bernardo Jr.

Parceira na iniciativa, a Emater-DF colocará à disposição cerca de 200 técnicos da instituição que estão trabalhando em regime de plantão. Os profissionais irão ajudar as famílias em duas partes. Primeiro na montagem e funcionamento dos aparelhos de irrigação. Depois no cultivo das plantações. A estrutura, segundo especialistas, tem condição de atender um bom pedaço de terra. “Estamos na linha de frente prestando serviços essenciais”, conta a presidente da Emater-DF, Denise Fonseca. “Esse kit de irrigação vai trazer dignidade para a comunidade rural”, observa a gestora.

Gaúcho de Santo Ângelo, o lavrador, Antônio Machado Garcia, 67 anos, conta que esse suporte tecnológico vai beneficiar sua família durante o período de estiagem. “É uma alegria contar com essa ajuda, antes, as plantações só rendiam em tempo de chuva, mas agora isso vai mudar”, torce o agricultor, que já planeja plantar uma horta de alho, abóbora e repolho.

Abertura das feiras

O secretário de Agricultura, Luciano Mendes, falou da possibilidade de reabertura das feiras do Distrito Federal, desde que, produtores e consumidores, obedeçam às regras ditadas pelo Organização Mundial de Saúde (OMS) no combate ao contágio do coronavírus. Para tanto, está sendo elaborado um protocolo embasado em diretrizes norteadas pelas secretarias de Agricultura, Governo, Cidades, Casa Civil e Emater.

“O governo agora tem o controle do que pode e não pode abrir, nesse momento estamos trabalhando num documento que possibilite a abertura das feiras, o que é importante porque tem mais de 2 mil produtores que depende desses espaços”, antecipa. “Só temos que assegurar a saúde de todos que circulem nesse ambiente”, alerta.

Considerada a praia do brasiliense pelo governador Ibaneis Rocha, as feiras livres estão praticamente desativados desde o início do surgimento da Covid-19. Atualmente há quase 50 em funcionamento no DF.

Planaltina recebe Programa SANEAR na Cidade

Uma das prioridades do Governo do Distrito Federal é cuidar da população e tomar todas as medidas necessárias de prenvenção em época de pandemia do Coronavírus.

A Vigilância Ambiental, em parceria com a Administração de Planaltina e Corpo de Bombeiros, realizou em Planaltina a higienização de locais com maior circulação de pessoas. A ação foi realizada nas Unidades Básicas de Saúde, Batalhão da PM, Corpo de Bombeiros, Hospital, Bancos, Lotéricas, CRAS, Restaurante Comunitário, Rodoviária, Centro Administrativo, Fórum, Administração Regional, cemitério, feiras, Centro Administrativo e algumas avenidas comerciais.

Essa higienização, realizada com borrifação de hipoclorito de sódio, é uma ação de prevenção no combate à pandemia provocada pelo Coronavírus e não é prejudicial à saúde..

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

⚠️⠀Atenção! ⚠️

Essa é mais uma ação de prevenção ao COVID-19. A utilização de máscara de proteção e demais cuidados são indispensáveis neste momento de pandemia.

 

Uma das ações do Governo do Distrito Federal para controlar a pandemia do novo coronavírus no DF é a distribuição de máscaras de proteção para população. É uma ação que está acontecendo em todas as Regionais Administrativas e em Planaltina não seria diferente. 

Nesta semana, entregamos 1000 novas máscaras de proteção para população. A distribuição foi realizada em locais de maior aglomeração e fluxo de pessoas. Nesta segunda edição, a distribuição foi realizada no Setor Administrativo, Rodoviária, Feita de Hortifruti, Feira do Produtor, Vila Buritis, Setor de Oficinas e Jardim Roriz. 

O DF Legal e a Vigilância Sanitária também ajudaram na distribuição das máscaras e orientação à população e também aos comerciantes locais. 

"Queremos nossa população protegida. É um momento delicado e único em que o mundo está passado. É preciso que cada um faça sua parte, se protegendo e protegendo ao próximo. Nós estamos aqui para ajudar nesse processo", destacou Célio Rodrigues, Administrador Interino da Administração de Planaltina. 

Essa ação é uma ação integrada da Secretaria de Governo, Secretaria das Cidades, Administração de Planaltina, Vigilância Sanitária, DF Legal, PM, DETRAN e Bombeiros.

A comunidade que mora ou passa nas proximidades do Ribeirão Extrema, na VC-173, que liga a DF 320 à DF 310, em Planaltina, agora pode trafegar pela ponte com segurança.

 

Após aproximadamente 60 dias de obras, a equipe do DER, em parceria com a SEAGRI, entregou hoje a obra. O que era uma ponte de madeira, desgastada com o tempo e que foi danificada em março, após atolamento de um caminhão, agora é uma estrutura metálica, que suporta grande quantidade de fluxo de carros, caminhões e máquinas.

 

Agora, com a conclusão e liberação para trafegar sobre a ponte, cerca de mil moradores serão beneficiados. A ponte sobre o Ribeirão Extrema está localizada no trajeto que liga 20 fazendas do Núcleo Rural Rio Preto – área rural de Planaltina – à cooperativa responsável por dar vazão à safra daqueles agricultores – às margens da DF-320, de onde sai para abastecer as prateleiras de vários supermercados do Distrito Federal.

 

Agradecemos ao Governo do Distrito Federal e ao empenho e a parceria sempre presente do DER e da Secretaria de Agricultura, que possibilitou que rapidamente esta demanda fosse atendida.

 

 

Na edição extra do dia 12 de maio de 2020, Gilson Amorim Sobrinho deixou o cargo de Administrador Regional de Planaltina. Em seu lugar, assumiu o chefe de Gabinete – Antônio Célio Rodrigues Pimentel, que agora assume, de forma interina, o comando da Administração. 

 

Nascido em Viçosa do Ceará, Antônio Célio Rodrigues Pimentel se mudou para Planaltina ainda pequeno, em fevereiro de 1982.

 

Célio terminou os estudos em escola pública da Cidade. Sua vida profissional sempre foi na iniciativa privada, se tornando profissional autônomo, como fotógrafo, em 1990. Há 15 anos, é empresário no ramo da fotografia, em Planaltina. Com a experiência como comerciante, Célio Rodrigues exerceu função de presidente da Associação Comercial e Industrial de Planaltina.

 

Além do lado empresarial, Célio Rodrigues sempre foi atuante como líder comunitário, atuando em várias ações e participando de grupos comunitários. A cultura é uma das áreas de grande atuação de Célio Rodrigues, foi conselheiro e presidente do Conselho Cultural do Distrito Federal (1995-2000) e posteriormente do Conselho de Cultura de Planaltina (2017-2019).

 

Célio Rodrigues exerceu a função de Chefe de gabinete da Administração de Planaltina de 2019 até maio 2020.  

 

Atual Administrador Interino, desde 13 de maio de 2020, Célio Rodrigues está à frente da gestão da Administração Regional de Planaltina e pretende não só cuidar da Cidade, trazendo obras e melhorias em infraestrutura, mas também torná-la uma Cidade Empreendedora, atuando com algumas frentes de trabalho que visam o desenvolvimento da Cidade.

O Hospital Regional de Planaltina passou por manutenção esta semana. Toda estrutura externa está recebendo nova pintura. Quem for ao HRPL por esses dias, vai encontrar a estruturar revitalizada.

Além da pintura da área externa, a lavanderia do Hospital também está sendo totalmente reformada. Outra área que também será revitalizada é o Centro de Material e Esterilização (CME). 

O Governo do Distrito Federal vem direcionando esforços para atender as demandas mais prioritárias de cada Cidade. Planaltina cresceu muito nos últimos anos, mas as estruturas de saúde pública não acompanhou este crescimento.

Por isso, já foi assinada altorização para construção do novo bloco do HRPL, com UTI e Hemodiálise. Essa é uma demanda antiga de toda comunidade. Além disso, será iniciada em breve a obra de construção da UPA de Planaltina. Esta semana também iniciou a construção da nova Unodade Básica de Saúde do Vale do Amanhecer. 

O Governo do Distrito Federal vem mudando a realidade da saúde pública de Planaltina e trazendo melhores condições para toda população.

 

 

 

 

 

Vai começar a ENTREGA DO CARTÃO MATERIAL ESCOLAR (3ª oportunidade).

A entrega será de acordo com a inical do nome do responsável.

Para verificar se o seu nome encontra-se na lista, clique aqui e veja a lista completa de beneficiados. 

 

  • O responsável deverá comparecer, usando máscara, apenas no dia e horário previsto no cronograma, conforme a letra inicial de seu nome, sem acompanhante.
  • O responsável deverá comparecer com um documento oficial com foto (Identidade, CNH ou carteira de trabalho) e a Certidão de Nascimento ou Identidade da criança beneficiária.
  • Na ocasião não será realizado nenhum tipo de cadastro. 

Planaltina tem posto para testagem rápida da COVID-19. 

A população de Planaltina poderá realizar o teste rápido para COVID-19 sem sair de Planaltina. Os exames devem ser agendados pelo site e serão testada população com sintomas e que tenham feito agendamento no site https://sistemas.df.gov.br/mteste/.

A modalidade de agendamento on-line torna mais cômoda a ida dos usuários aos postos de testagem, além de evitar aglomerações e preservar a recomendação de distanciamento social, com o uso do sistema drive-thru para atendimento.

Para agendar, basta entrar no site e fazer o cadastro. Após se cadastrar, a pessoa receberá um e-mail confirmando o cadastramento, devendo inserir, no link indicado, a chave de ativação recebida. Feito isso, poderá seguir adiante com o agendamento. Por e-mail, será enviado um comprovante que, com informações sobre o local e a hora do exame, deverá ser apresentado no local.

Em Planaltina, o exame está sendo realizado no estacionamento da Loja Maçônica 7 de setembro VII, em frente ao Hospital Regional de Planaltina, das 8h à s17h, de segunda a sexta-feira. 

 

Estudantes com idade de 16 anos e comunidade em geral podem se inscrever, a partir desta terça-feira (21), para cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC) na modalidade Educação a Distância (EaD). 

São 1.280 vagas para formação em agente comunitário de saúde, agente de combate às endemias, programador de sistemas, recepcionista em serviços de saúde, entre outros. No total, são 13 cursos com carga horária variando entre 160 e 400 horas. Para realizar a pré-inscrição, basta preencher corretamente o formulário.

No quadro abaixo, é possível conferir todos os cursos, local em que são oferecidos e pré-requisitos para ingresso – como escolaridade e idade mínima. Veja também número de vagas e carga horária. É importante conhecer o perfil do curso desejado antes de realizar a pré-inscrição.

Para o cadastro, é preciso ter em mãos todos os documentos pessoais, como RG, CPF, número do NIS e declaração escolar. A pré-inscrição não garante a vaga e passará por seleção prévia, de acordo com os critérios do programa e a legislação vigente.

O início das aulas está previsto para o dia 11 de maio. Os cursos serão totalmente on-line e oferecidos pelo Centro de Ensino Médio Integrado do Gama (Cemi-Gama), pelo Centro de Educação Profissional Escola Técnica de Planaltina (CEP-ETP) e pelo Centro de Educação Profissional Escola Técnica de Brasília (CEP-ETB), em Taguatinga.

A formação faz parte do programa Novos Caminhos/Pronatec, desenvolvido pela Secretaria de Educação do Distrito Federal.

 

Curso Unidade Certificadora Pré-requisitos Perfil do Profissional Carga Horária Nº de Vagas
Administrador de Banco de Dados *CEMI-Gama Escolaridade Mínima: Ensino Fundamental II (6º a 9º) – Completo / Conhecimentos Básicos de Informática Implementa, administra, instala e realiza manutenção em servidores de banco de dados. Documenta todas as etapas do processo. Gerencia o sistema de banco de dados e o acesso às informações. 200h 160
Agente Comunitário de Saúde **CEP-ETP Escolaridade Mínima: Ensino Fundamental II (6º a 9º) – Completo / Idade: 18 anos Promove a saúde e a prevenção de agravos. Desenvolve atividades junto às famílias e à comunidade. Mobiliza as famílias para a vida organizativa, para a resolução de problemas identificados, para a conquista da saúde e para a autonomia dos sujeitos sociais. Colabora na identificação do perfil epidemiológico da área adstrita. Mobiliza estratégias de promoção da saúde. Medeia a formação de vínculo entre a comunidade e as equipes de saúde e outras esferas da organização da vida social. 400h 80
Agente de Combate às Endemias CEP-ETP Escolaridade Mínima: Ensino Fundamental II (6º a 9º) – Completo / Idade: 18 anos Realiza a vigilância, a prevenção, o controle de doenças e a promoção da saúde, em conformidade com as diretrizes do SUS e sob a supervisão do órgão gestor. Zela pela manutenção da saúde coletiva. 240h 80
Assistente Administrativo CEP-ETB Escolaridade Mínima: Ensino Fundamental II (6º a 9º) – Completo Executa processos administrativos e atividades de apoio em recursos humanos, finanças, produção, logística e vendas. Atende fornecedores e clientes. Fornece e recebe informações sobre produtos e serviços. Trata documentos variados. 160h 80
Balconista de Farmácia  CEP-ETP Ensino Fundamental II (6º a 9º) – Completo / Idade: 16 anos Comercializa e realiza a dispensação de medicamentos e correlatos. Interpreta receitas prescritas pelo médico ou dentista e presta os devidos esclarecimentos no que se refere ao uso correto dos medicamentos. Auxilia na organização do estabelecimento farmacêutico, no controle de estoques e no armazenamento de medicamentos. Trabalha sob a supervisão do profissional farmacêutico. 240h 160
Desenvolvedor de Aplicativos para Mídias Digitais CEP-ETB Ensino Fundamental II (6º a 9º) – Completo / Noções Básicas de Java, JavaScript e Banco da Dados. Realiza a concepção e o desenvolvimento de softwares voltados para o uso em dispositivos digitais. Desenvolve aplicações. Determina interface gráfica, critérios ergonômicos de navegação, montagem da estrutura de banco de dados e codificação de programas. Seleciona metodologias de desenvolvimento de sistemas, linguagem de programação e ferramentas de desenvolvimento. 240h 80
Desenvolvedor de Jogos Eletrônicos ***CEP-ETB Ensino Fundamental II (6º a 9º) – Completo Necessários conhecimentos avançados de informática Desenvolve e realiza a manutenção de jogos eletrônicos utilizando recursos multimídias e ferramentas de desenvolvimento. 240h 80
Higienista de Serviços de Saúde Ambiente e Saúde Ensino Fundamental I (1º a 5º) – Completo / Idade: 18 anos Realiza a limpeza e desinfecção dos ambientes de saúde. Evita a disseminação de infecções. Aplica as normas de biossegurança ao manuseio de produtos químicos e materiais biológicos. Realiza limpeza terminal e concorrente. Considera a classificação de áreas nos ambientes de saúde. 240h 80
LIBRAS – Língua Brasileira de Sinais – Básico CEMI-Gama Ensino Fundamental II (6º a 9º) – Completo Disponibilidade para assistir aulas um lune no turno noturno Comunica-se com pessoas surdas. Aplica o alfabeto manual da Língua Brasileira de Sinais (Libras). Auxilia na conversação em Libras nos setores de instituições públicas e privadas que trabalham com atendimento ao público. 160h 80
Programador de Dispositivos Móveis *CEP-ETB e CEMI GAMA Ensino Fundamental II (6º a 9º) – Completo /Conhecimentos Básicos de Informática Codifica, desenvolve e realiza manutenção de programas para dispositivos móveis. Implementa rotinas especificadas em projetos e documenta as etapas do processo. 200h 160
Programador de Sistemas CEMI-Gama  Ensino Fundamental II (6º a 9º) – Completo / Noções Básicas de Java, JavaScript e Banco da Dados. Realiza a manutenção e programação de sistemas computacionais podendo utilizar banco de dados. Documenta as etapas do processo 200h 80
Programador Web CEP-ETP Ensino Fundamental II (6º a 9º) – Completo / Conhecimentos Básicos de Informática Desenvolve e mantém projetos para a web. Utiliza linguagens de programação, banco de dados e recursos para a segurança da informação. Utiliza recursos de imagens, vídeos, animações, linguagens de marcação e folha de estilo para desenvolvimento web. 200h 80
Recepcionista em Serviços de Saúde CEP-ETP Ensino Fundamental II (6º a 9º) – Completo / Idade: 16 anos Recepciona e atende clientes, pacientes, usuários e visitantes. Organiza e opera sistemas de documentação de convênios. Facilita o acesso às consultas, exames, admissão e alta hospitalar. 240h 80

*CEMI-GAMA Centro de Ensino Médio Integrado do Gama
**CEP-ETP Centro de Educação Profissional Escola Técnica de Planaltina
***CEP-ETB Centro de Educação Profissional Escola técnica de Brasilia


Com informações da Secretaria de Educação-DF

** Matéria da Agência Brasília

 

A equipe do Polo Norte do programa GDF Presente trabalha na recuperação de ruas e uma rodovia no Núcleo Rural Rajadinha, em Planaltina. Os serviços, que começaram na semana passada, vão garantir boas condições de tráfego tanto para os moradores quanto para caminhões de produção agrícola da região. Os 19 quilômetros de estradas recuperadas devem ser entregues nesta sexta-feira (17).

As ruas no Núcleo Rural Rajadinha III foram as primeiras a passar por reformas. A obra agradou Jacine Tengapen, 37 anos. Ela mora no local há 15 anos e lembra da situação precária antes dos serviços.

“As pistas ficaram ótimas. Antes tinha muita poeira, lama e, quando chovia, os carros atolavam e a água carregava parte das estradas”, relembra a agente de saúde.

Ela trabalha na unidade de saúde básica (UBS) da região, localizada no Rajadinha II, que também está passando por reformas. “As Rajadinhas sempre foram esquecidas. Agora estão dando mais atenção. Temos que agradecer a todos os envolvidos na recuperação dessas estradas e não só reclamar e colocar defeito em tudo”, defende.

Etapas

Segundo o coordenador do Polo Norte do programa, Ronaldo Alves, dez profissionais trabalham com quatro caminhões que levam o material (brita, cascalho e resto de asfalto) a ser jogado nas estradas. Depois, uma retroescavadeira e uma patrol ajustam o piso.

Estrada de terra aplainada facilita a vida dos moradores da região | Foto: Divulgação

De acordo com Alves, é uma forma de garantir conforto e segurança para a população, mesmo em épocas de chuva.

“Também estamos fazendo as bacias de águas pluviais. Em tempo chuvosos a água terá por onde passar e não vai destruir as estradas”, afirma o coordenador.

Nesta semana, a equipe do Polo Norte também trabalha no Rajadinha III, rodovia de 9,5 quilômetros que dá acesso à escola classe da região.

 

*Matéria: Agência Brsília

O Governador Ibaneis Rocha, assinou nesta quinta-feira (13), a ondem de serviço que autoriza de imediato a construção de 7 UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) no Distrito Federal, Essas unidades irão reformar a rede pública de saúde e Planaltina foi contemplada com 1 unidade, assim como Paranoá, Brazlândia, Riacho Fundo II, Gama, Ceilândia, Vicente Pires. Com essas construções, o Distrito Federal terá ao todo 13 UPAs. 

Cada unidade terá capacidade de atendimento para 4,5 mil pessoas por mês, totalizando 31.500 mil nas sete unidades. São mais 42 leitos de observação, 14 de emergência e sete isolamentos. Essas unidades terão de dois a três médicos durante o dia e a noite, totalizando cinco profissionais por dia. A área construída aproximada de cada uma delas é de 1,2 mil metros quadrados. 

O espaço ainda contempla uma área para classificação de risco e primeiro atendimento; três consultórios; duas salas de urgência; seis de observação e um de isolamento. Também há área destinada para nove poltronas de medicação, reidratação e inalação. Para reforçar essa estrutura, o Iges-DF vai aplicar R$ 7 milhões na compra de equipamentos médico-hospitalares. 

A previsão é que essas novas UPAs fiquem prontas até dezembro deste ano.

 

*Com informações da Agência Brasília 

 

Na publicação do Diário Oficial do DF, do dia 9 de abril de 2020, página 17, foi publicado ordem de serviço referente à pintura das salas da Administração Regional de Planaltina, conforme foto abaixo. 

Veja a publicação completa do Diário Oficial clicando aqui

 

Em 5, 4, 3, 2, 1, os estudantes da rede pública do Distrito Federal estão convidados a viver uma nova experiência com o ensino mediado por tecnologia. O Programa Escola em Casa DF, da Secretaria de Educação do Distrito Federal, estreia nesta segunda-feira, na TV Justiça, com uma programação voltada a todas as etapas, desde a Educação Precoce ao Ensino Médio. São vídeos de 15 a 30 minutos para cada fase, com conteúdos disciplinares, curiosidades e dicas, totalizando uma programação de três horas seguidas.

 

Importante compreender um esclarecimento do coordenador do Escola em Casa DF, David Nogueira:

 

“São atividades pedagógicas extras, não obrigatórias. A ideia é que os estudantes mantenham o vínculo com a comunidade escolar e se sintam motivados. Os alunos terão acesso a conteúdos pedagógicos de qualidade”.

 

Portanto, as atividades não substituem as aulas presenciais, não vão contar para o ano letivo, não vão valer nota para passar de ano e nem mesmo avaliações estão previstas, mas servirão para os estudantes se manterem atualizados, vinculados às suas escolas, à educação de um modo geral e, sobretudo, para que façam uma travessia tranquila até retorno das aulas presenciais, quando possível.

 

Programação

 

Às segundas, quartas e sextas-feiras:

Serão transmitidas aulas gravadas para todas as modalidades e etapas. Começa pela Educação Infantil, às 9 horas, e vai até o meio dia (12 horas), com o conteúdo voltado aos professores.

 

Às terças e quintas-feiras:

As transmissões serão ao vivo, com aulões voltados para o Ensino Médio, com conteúdos voltados para o Enem e PAS. “Esperamos que todos os estudantes possam assistir, participar e aproveitar cada aula da Secretaria de Educação também pela telinha”, destaca o coordenador do projeto.

 

Dia 1, grade de estreia

Na grade de estreia, a Educação Precoce prova que brincar é coisa séria. Os responsáveis vão receber dicas para o dia a dia em casa, já que os acompanhamentos dos bebês de 0 a 3 anos também estão suspensos. A ideia é que todos possam utilizar materiais simples, de uso cotidiano, para dar continuidade a algumas atividades de desenvolvimento dos pequenos.

 

Nesta primeira semana, alguns vídeos que serão transmitidos foram produzidos por professores voluntários. Amanhã vai rolar um momento todowq3 para a Educação Infantil e 60 minutos voltados ao Ensino Fundamental. Em 30 minutos, a SEEDF vai mostrar que Fundamental é Você (estudante dos anos iniciais) e, em mais 30 minutos, vai bater um papo com os alunos dos anos finais da mesma etapa.

 

Quarentena + Enem

QuarentENEM é o programa daqueles que estão se preparando para o Exame Nacional do Ensino Médio. Mesmo com a suspensão das aulas no combate à disseminação do coronavírus, os estudantes do Ensino Médio vão ter a oportunidade de dar continuidade aos estudos para as principais provas da educação.

 

A programação de segunda-feira fecha com o Movimento Educação – atividades para os pequenos em tempos de quarentena e com uma hora de história para o Ensino Médio.

 

Como assistir
Para assistir as teleaulas basta sintonizar nos canais da TV Justiça 53.1 e 53.2 da TV Justiça.

 

Nathália Borgo, Ascom/SEEDF

GDF segue com o trabalho de combate ao mosquito Aedes Aegypti, conhecido como mosquito da dengue, zika e chikungunya. 

A ação mais recente, realizada em Planaltina, foi a retirada de cerca de 500 toneladas de entulhos, em frente a escola classe 15, na Estância 3. Essa ação foi realizada pela Administração de Planaltina, junto com o GDF Presente.

Ao todo, foram necessários 5 caminhões, que fizeram 3 viagens por dia, levando o entulho de Planaltina até a Unidade de Recolhimento de Entulhos (URE), localizado na Estrutural. 

Essa ação reduz a chance de proliferação da doença na cidade, mas é preciso ressaltar que essa é uma luta de todos e que para combater a dengue, é preciso que a comunidade faça sua parte e não descarte lixo e entulho nas vias públicas. Além disso, não deixar água parada em casa, nem em locais que possam haver proliferação do mosquito. O combate a dengue depende de todos nós. 

Seguindo Decreto nº 40.583, publicado dia 1 de abril de 2020, as medidas de isolamento social continuarão até dia 3 de maio. Essa medida é para evitar aglomeração de pessoas em todo Distrito Federal, evitando a proliferação dos casos de COVID-19 no Estado. 

Escolas, faculdades e universidades continuam sem exercer atividades presencialmente até dia 31 de maio. O Decreto flexibilizou o funcionamento de comércio ligado à alimentação e serviços essenciais. A partir do dia 6 de abril, as feiras de alimentação poderão funcionar. Em Planaltina, a Feira de Hortifrutigranjeiro poderá atender o público a partir desta data. Restaurantes e lanchonetes apenas com delivery. 

Veja abaixo o que abre e o que fecha com o novo decreto:

Atividades suspensas até o dia 3 de maio:

– Eventos de qualquer natureza, que exijam licença do poder público;
– Eventos esportivos;
– Cinema e teatro;
– Academias;
– Museus;
– Zoológico;
– Parques recreativos, urbanos e vivenciais;
– Boates e casas noturnas;
– Shopping centeres;
– Igrejas;
– Bares e restaurantes (permitido apenas delivery);
– Salões de beleza;
– Foodtrucks;
– Comércio ambulante em geral.

Funcionamento permitido, atendendo às orientações sanitárias:

– Feiras permanentes e populares apenas para venda de produtos alimentícios;
– Clínicas médicas, laboratórios, consultórios e famárcias;
– Clínicas veterinárias, petshops e lojas de medicamentos veterinários;
– Supermercados, mercearias, hortifrutigranjeiros, açougues, peixarias, comércio de produtos naturais, comércio de venda de suplementos e formulas alimentares;
– Lojas de material de construção;
– Postos de combustível;
– Comércio do segmento de veículos automotores;
– Empresas de tecnologia, exceto lojas de equipamentos e suprimentos de informática;
– Empresas envolvidas no combate à pandemia do novo coronavírus e/ou à dengue;
– Funerárias e serviços relacionados;
– lotéricas e correspondente bancários.

 

Veja abaixo o Decreto na integra

Decreto 40.583 – Final

Seguindo Decreto Distrital nº 40.546, que intituiu aos órgãos da administração pública direta e indireta, autárquica e fundacional da Capital do Brasil o teletrabalho, de caráter exepcional e provisório, em virtude da atual situação de emergência em saúde pública, em época de pandemia no Novo Coronavírus, o Protocolo da Administração de Planaltina está atendendo a população por meio de formulário eletrônico.

A Administração de Planaltina está trabalhando através do teletrabalho, com pequena equipa na rua fazendo os serviços essenciais na Cidade. Esta é uma forma da máquina pública não parar e com isso os atendimentos à população continuarem.

O Protocolo Eletrônico é uma maneira de continuar recebendo os requerimentos da comunidade. 

Ele funcionará da seguinte forma:

  1. Clique em Protocolo Eletrônico;
  2. Preencha as informações solicitadas;
  3. O Setor Protocolo receberá sua demanda e encaminhará para o setor responsável;
  4. O Setor Protocolo enviará via email ou telefone o número para acompanhamento da sua solicitação. 

 

Os serviços realizados via protocolo são:

  • -Regularização de imóvel, 
  • -Segunda via de Carta de habite-se; 
  • -Nenhum acréscimo de construção;
  • -Atualização de endereço rural;
  • -Emissão de taxas; 
  • -Digitalização do processo físico para conversão no SEI;
  • -Recebimento de documentos (ofícios, convites e etc..);
  • – Carta Pública com solicitação de quebra-mola, utilização de espaço público, utilização da Igrejinha;
  • -Solicitações de apoio da Administração  
  • -Pedido de doação de materiais esportivos;
  • – Solicitação de uso das quadras esportivas;
  • – Autorização para utilização de área pública.

 

Em caso de dúvidas, entre em contato com a Jamel Alhakim, responsável do setor Protocolo, pelo telefone (61) 9.9941-3206.

Todos os beneficiários do Cartão Alimentação Creche (CAC) devem ficar atentos ao cronograma de entrega dos cartões magnéticos pelas regionais de ensino. A Secretária de Educação do Distrito Federal elaborou um cronograma detalhado por regional de ensino e creche, com datas, horários e locais para que mães, pais e responsáveis façam a retirada do cartão com segurança e sem a formação de aglomerações.

A partir desta quarta-feira (25), as coordenações regionais de ensino vão disponibilizar servidores para receber os cartões que serão entregues pelo BRB. Conforme o cronograma, os beneficiários vão começar a buscar os cartões a partir de sexta-feira (27).

O Cartão Alimentação Creche deve ser recebido pelo responsável legal da criança matriculada nas CEPIs e instituições parcerias da rede pública de ensino do DF, que atendem em período integral, devendo comparecer somente no dia, horário e local indicados no cronograma de atendimento, de acordo com a creche em que a criança está matriculada. Para a retirada é obrigatório apresentar  documento de identificação com foto, certidão de nascimento da criança e/ou Termo de Guarda, se for o caso.

A Secretaria de Educação solicita que no dia e local estabelecido para entrega do Cartão Alimentação Creche, as pessoas evitem aglomerações, respeitando o espaçamento de pelo menos um metro de distância, conforme orientações da Secretaria de Saúde.

Cerca de 22 mil crianças de 0 a 5 anos vão receber, nesta primeira etapa, R$ 60 para a compra de alimentos. Caso a suspensão das aulas seja prorrogada, o valor mensal a ser pago por criança será de R$ 150.

CME

Os Cartões Material Escolar (CME) remanescentes, ou seja, aqueles que ainda não foram retirados pelos beneficiados, serão entregues no último dia de atendimento conforme o cronograma de cada regional de ensino, no mesmo local de retirada do Cartão Alimentação Creche e seguindo as datas e horários estabelecidos a fim de evitar aglomerações.

Os estudantes que fazem parte do Programa Cartão Material Escolar recebem recursos por meio do Bolsa Alimentação para a compra de alimentos a fim de suprir a falta da merenda escolar durante este período de suspensão de aulas.

As aulas estão suspensas até o dia 5 de abril por determinação do Governo do Distrito Federal como medida de contingência para reduzir a disseminação do coronavírus.

Veja todas as informações sobre o Bolsa Alimentação.

Fonte: Agência Brasília

Para evitar aglomerações e a proliferação do coronavírus durante a Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe, o Governo do Distrito Federal, por meio da Secretaria de Saúde, adotou uma série de medidas, aumentando os postos de vacinação, dividindo por fases e em ordem alfabética e com vacinação drive-thur, para que as pessoas não precisem nem dscer do carro para vacinar. 

Em Planaltina, a vacinação acontece em 15 Unidades Básicas de Saúde, na Escola Classe 16, na Escola CAIC, na Casa da Vivência e na Loja Maçonica, em frente ao Hospital Regional. 

Nessa 1ª fase, a vacinação é para idosos e profissionais da área da saúde. Veja abaixo como foi dividido por ordem alfabética a vacinação

Clique no arquivo abaixo e confira os locais de vacinação. 

Salas de vacina Região Norte Campanha Influenza

 

 

 

 

Seguindo Decreto nº40.546, de 20 de março de 2020, a Administração de Planaltina, em caráter excepcional e provisório, a partir de 23 de março, está trabalhando com teletrabalho.

Medida necessária à continuidade do funcionamento da Administração Pública Distrital, em virtude da atual situação de emergência em saúde pública e pandemia declarada pela OMS.

Confira abaixo os contatos de cada setor que está trabalhando com teletrabalho:

 

Gabinete

Administrador Gilson Amorim

(61) 9.9100-9584

 

Chefe de Gabinete

(61) 9.9963-2267

 

Comunicação

Bárbara Gomide

(61) 9.9658-0463

Email: barbara.andrade@planaltina.df.gov.br

 

Ouvidoria

Sidele

Telefone: 162

www.ouv.df.gov.br

 

Políticas Sociais

Renata Rodrigues

(61) 9.9355-7258

 

Gerência de Cultura, Esporte e Lazer

Lúcio Cárdia

(61) 9.9430-0750

 

Protocolo

Jamel Alhakim

(61) 9.9941-3206

Email: protocolo@planaltina.df.gov.br

 

Gerência Rural

Roseli Costa

(61) 9.9661-0212

 

Junta Militar

(61) 9.9837-1974 / 9.8480-7811 / 9.9560-2466

 

Licenciamento e Viabilidade

 

Elaine Sanches

(61) 9.8608-7181

 

Sérgio Magalhães

(61) 9.9832-3663

Email: geloaeplanaltina@gmail.com

 

Fiscalização e Autorização de Ambulantes e Quiosques

Paulo Cabral

(61) 9.9217-7058

 

Yorrana Alves

(61) 9.9520-8129

Email: yorrana.oliveira@planaltina.df.gov.br

 

Nesta quarta-feira (11), quem andou pelas ruas de Planaltina, se deparou com uma linda e movimentada passeata de conscientização contra o mosquito Aedes Aegypti. Ao todo, mais de 2 mil pessoas se reuniram para conscientizar a população sobre os cuidados com a dengue. 

Alunos de várias escolas de Planaltina participaram do movimento. "Conscientizar as crianças para que elas sejam multiplicadoras mirins em casa e na vizinhança e não deixem água parada que possam propiciar a proliferação do mosquito Aedes Aegypti, com certeza é uma ação que gera resultados positivos", destacou Michelle Peçanha, Chefe do Núcleo de Vigilância Ambiental de Planaltina.  

Organizado pela Regional de Ensino, em um Projeto do Governo do Distrito Federal, a passeata contou com a parceria da Administração de Planaltina, Vigilância Ambiental, 14º BPM, 9ºGBM, SLU, CAESB, Hospital Regional e com a animação da Carreta da Alegria e Palhaço Choquito. Para representar esse momento com o lúdico, haviam personagens para representar heróis, que lutavam contra dengue, e o vilão Aedes Aegypti. 

Além dessa passeata, outras ações estão sendo realizadas nas escolas públicas, para ensinar as crianças e adolescentes sobre os cuidados necessários na luta contra Aedes. 

 

 

Audiência Pública proposta pela Câmara Legislativa, por iniciativa do Deputado Distrital Claudio Abrantes, neste mês de março, mês em que se destaca a luta da mulher por igualdade e respeito na sociedade, teve como objetivo unir todos na luta contra a violência contra mulher.

A criação da Praça da Mulher Letícia Curado, foi tema da audiência pública realizada em Planaltina no último dia 9 de março. A proposta é que essa praça seja um marco, que em nome da Letícia Curado, todas as mulheres vítimas de feminicídio sejam lembradas e este seja mais um local de luta e protesto contra todos os tipos de violência com as mulheres.

Realizada na subseção da OAB Planaltina, a cerimônia foi presidida pelo Administrador de Planaltina – Gilson Amorim – e contou com a presença de familiares da vítima, amigos e comunidade em geral.

Kênia Sousa, mãe de Letícia Curado, diz que sua filha tinha sonho de ser promotora de justiça e que de certa forma, ela promoveu a justiça, já que o caso tomou tamanha repercussão e com isso o violador foi preso e tantos outros casos descobertos. Kênia deseja que essa praça seja um ponto de luta em prol da mulher. “A vítima é sempre uma vítima, e jamais culpada pela violência que sofre”, destacou.

Ao final da Audiência, foi realizada votação com os presentes, que por unanimidade, aprovaram a construção da Praça da Mulher Letícia Curado.

 

Planaltina inaugura Campo de Futebol para comunidade

O que antes era apenas um terreno vazio, sem vida, agora é um ponto de encontro, lazer e diversão para comunidade do Vale do Amanhecer. Atendendo grande demanda da comunidade, o Campo Sintético da região está pronto e foi inaugurado neste sábado (7), já com os times de Planaltina em campo. 

Essa é uma demanda muito antiga. A comunidade luta há mais de uma década por este espaço de lazer. Em setembro 2019, foi assinado e publicado no Diário Oficial do Distrito Federal, autorização para construção do Campo Sintético, o que já foi motivo de grande alegria para todos os moradores do Vale, que esperavam ansiosamente por este momento.

Reginaldo Fonseca, morador da região há muitos anos, lembra de todos os anos de luta e que este Campo é um presente não só para comunidade do Vale do Amanhecer, mas também para a comunidade rural localizada próxima da região e também de toda população Planaltinense. “Planaltina tem hoje vários times e agora temos mais um espaço para todos utilizarem. Todos saem ganhando. Diminui a violência e forma cidadãos", destacou. 

Um sonho que aos poucos foi se tornando realidade. Moradores do Vale do Amanhecer e região hoje já podem comemorar! Um bairro que tem o esporte como geradora de lazer na região, agora terá mais um espaço para compartilhar com amigos.

Essa conquista é de toda comunidade. E este sonho foi concretizado através da emenda parlamentar da Deputada Federal Erika Kokay, com apoio e empenho do Deputado Cláudio Abrantes, Administração Regional e nosso Governador do Distrito Federal – Ibaneis Rocha.

A Deputada Federal Erika Kokay relembra como era o espaço anteriormente, um espaço de terra, sem utilização, e destaca que essa conquista é fruto da luta de toda comunidade, que não desistiu e foi atrás de tornar este sonho realidade. "Sabemos da importância do esporte para que nós possamos debelar vários outros problemas da sociedade. Que possamos ter políticas para juventude."

Abrantes destacou que a emenda quase foi perdida no governo anterior, mas que em 2019 lutou para que o projeto saísse do papel. Foram várias reuniões na Novacap, Terracap, CODHAB, até finalmente a tão esperada construção do Campo. "O Governador orientou que as coisas tem que acontecer. E é assim que tem que ser", destacou.

O Administrador de Planaltina – Gilson Amorim, destacou que vem buscando melhorias para o Bairro. Enfatizou que a Administração está de portas abertas para ouvir todas as demandas e que o Governo do Distrito Federal tem trabalhado muito pela Cidade.

A inauguração contou com uma partida de futebol entre dois times de Planaltina, que mesmo em uma manhã chuvosa, colocaram a bola em campo e disputaram entre amigos.   

 

Vale do Amanhecer

 

Vale do Amanhecer tem ganhado destaque neste governo. Além do Campo Sintético, o Vale do Amanhecer foi contemplado com a troca da iluminação por iluminação de LED, que está acontecendo em todo Vale, proporcionando mais claridade e segurança. Além disso, o Bairro ganhará nova UBS (Unidade Básica de Saúde); um ponto de coleta de entulho (Papa entulho) e a Cobertura da quadra esportiva da escola do Pacheco.

Na inauguração do Campo, o Deputado Distrital e a Deputada Federal divulgaram que estão trabalhando para construir a casa da cultura no Bairro, tendo em vista a importância Cultural que o Vale do Amanhecer tem em todo mundo.

 

SLU vai instalar novos 3 pontos de coleta de entulho em Planaltina

 

Atendendo grande demanda da população e buscando solucionar um dos maiores problemas da Cidade, que é o acumulo e descarte irregular de entulho em área pública, Planaltina ganhará três novas unidades de Papa Entulho em Planaltina.

Atualmente a cidade possui mais de 200mil habitantes. Com esse crescimento populacional, houve a grande demanda por locais para descartes de rejeitos domésticos e de obra. Hoje, contém apenas um local adequado para esses descartes, não conseguindo atender a demanda total da Comunidade. Além disso, a Cidade sofre com acumulo de dejetos jogados em áreas públicas, o que agride o meio ambiente, deixa a Cidade suja e causa transtornos aos moradores. 

Agora, o SLU irá instalar 3 novos papa entulho, para atender essa carência nos Bairros. Essa foi uma iniciativa do Deputado Distrital Cláudio Abrantes, que colocou emenda no valor de R$ 1,05 milhão, para construção desses 3 pontos.   

Os pontos escolhidos para a instalação dos novos Papa Entulhos foram: Ao lado do Buritis II, na Área de Desenvolvimento Econômico, conjunto 2; Próximo ao condomínio Nova Planaltina;  e em frente ao Vale do Amanher, próximo ao novo campo sintético. Todas essas áreas hoje apresentam carência de pontos corretos para descarte. Os terrenos, por sua vez, já foram definidos pela Terracap.

Uma das vantagens da utilização do Papa Entulho está no combate à dengue, uma vez que esses rejeitos, quando descartados de forma incorreta, servem de depósito para água de chuva, que acabam se tornando pontos de procriação do mosquito Aedes aegypti.

 

 

Papa Entulho

O Papa Entulho é um ponto de entrega voluntária (PEV) de entulho, podas, volumosos, materiais recicláveis e óleo de cozinha usado. O descarte é realizado pela própria comunidade, nas caçambas instaladas no local. 

Não são permitidos resíduos domésticos (orgânicos e rejeitos), industriais, de serviços de saúde, eletrônicos, pneus, embalagens de agroquímicos, de produtos fitossanitários e de óleos lubrificantes, lâmpadas, pilhas e baterias, equipamentos ou materiais que tenham metais pesados, gesso, espelhos, vidros, amianto, tintas, solventes e tonner. Não é permitida a entrada de cargas de resíduos em caminhões ou carretas.

* Com informações do SLU

A partir desta segunda-feira (2), haverá ampliação de viagens diretas de ônibus do Vale do Amanhecer e do Arapoanga ao Plano Piloto. As linhas 0.617, 616.2 e 0.643 vão passar a operar também no entrepico (das 7h55 às 16h). As mudanças foram aprovadas pela comunidade em audiência pública realizada em fevereiro.

Assim, as linhas 600.7, 620.1 e 640.2, que ligam o terminal de Planaltina ao Plano Piloto fora dos horários de pico (das 5h às 8h e das 16h às 20h), continuarão operando, mas com ajustes nas viagens, para realizar o atendimento dos horários reativados no entrepico.

Já as circulares do Vale do Amanhecer e do Arapoanga (067.3, 064.1, 066.5, 066.6) não sofrerão alterações. Dessa forma, os passageiros poderão optar no entrepico pela viagem integrada ou fazer o trajeto direto para a Rodoviária do Plano Piloto ou W3 Norte e Sul, utilizando os novos horários que serão oferecidos nas linhas 0.617, 0.643 e 616.2.

“Estamos atendendo a um pedido da população, ampliando as linhas diretas, para aumentar a oferta de viagens”, explica o secretário de Transporte e Mobilidade, Valter Casemiro. “No entanto, a integração não vai acabar, pois é um direito do passageiro escolher como quer ir para o seu destino.”

Melhorias

A proposta de ampliação de viagens diretas de ônibus do Vale do Amanhecer e do Arapoangas ao Plano Piloto foi tema de audiência pública na Administração de Planaltina. Cerca de 70 moradores acompanharam a apresentação feita por técnicos da Secretaria de Transporte e Mobilidade (Semob).

Durante a audiência, o secretário enfatizou a modernização da fiscalização da frota de ônibus por meio do GPS, a fim de coibir furos de viagens da operadora que atua na região. “A tendência é de que a gente tenha uma regularidade maior no serviço prestado”, informou Valter Casemiro.

Entre as ações elaboradas para melhorar o serviço aos passageiros, destacam-se nova licitação para construir abrigos em todo o DF; determinação às concessionárias de ônibus para aumentar a frota, principalmente nos horários de pico, e busca de financiamento para agilizar as obras do BRT Norte.

Confira, abaixo, os novos horários das linhas.

 

Tabela horária atualizada da linha 0.617
SEG-SEX SAB DOM
IDA VOLTA IDA VOLTA IDA VOLTA
04:20 11:00 04:50 10:00 06:30 17:00
04:50 12:30 05:40 13:00   20:00
05:10 14:00 07:00 16:00    
05:35 15:30 11:30      
06:00 16:15 14:30      
06:30 16:40        
07:10 17:00        
07:45 17:30        
09:40 18:00        
11:10 18:30        
12:40 19:10        
14:10 19:30        
15:40 22:45        
21:05          

 

Tabela horária atualizada da linha 0.616.2
SEG-SEX SAB DOM
IDA VOLTA IDA VOLTA IDA VOLTA
04:40 10:27 04:40 09:58 04:40 16:28
05:10 11:30 05:15 11:10 05:20 17:06
05:26 12:24 05:50 13:34 06:00 17:44
06:00 13:26 06:20 15:00 06:40 18:22
06:20 14:30 06:35 16:02 07:20 19:00
06:42 15:42 06:50 16:20 08:00 19:38
06:54 16:14 07:00 16:37 19:19 20:15
07:18 16:42 07:15 16:55 19:57 20:42
07:38 17:10 07:30 17:12 20:35 21:09
08:00 17:38 07:45 17:30 21:13 21:36
08:25 18:06 08:40 17:47 21:51 22:10
09:15 18:35 09:40 18:05 22:30 22:50
10:18 19:30 10:48 18:40   23:20
11:12 19:53 12:24 19:15   00:00
12:14 20:18 13:36 19:50    
13:18 20:43 14:48 20:23    
14:12 21:05 16:00 21:09    
15:06 21:37 19:37 21:55    
16:54 22:09 20:23 22:40    
17:50 22:41 21:09 23:20    
18:57 23:20 21:55 00:00    
19:35 00:05 22:40      
20:01          
20:33          
21:05          
           

 

Com informações da Semob

* Matéria: Agência Brasília

O tradicional Bloco do Seu Julio agitou Planaltina no Carnaval 2020. Mais de 30 mil foliões durante toda terça-feira de carnaval passaram pelo local.

O Bloco do Seu Julio já é tradicional no carnaval de Planaltina. Com 11 anos de folia, o bloco vem agregando a cada ano novos foliões. Este ano, com recorde de público, o bloco fez a festa de crianças e adultos.  

Durante a manhã, foi a vez da criançada se divertir. Muita música, brinquedos infláveis, pipoca, algodão doce e muita diversão para toda família. A tarde, o tradicional Bloco levou milhares de foliões, mesmo após a chuva. Foi lindo de ver. Foi lindo de curtir.

Parabenizamos, Planaltina, por prestigiar cada vez mais os eventos da Cidade. Parabenizamos, também, Seu Júlio e toda equipe envolvida na realização do evento.

Queremos aqui fazer um agradecimento especial a toda equipe do 14° Batalhão da Polícia Militar, que não mediram esforços para cuidar da segurança de todos. Nosso muito obrigado!

 

 

 

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros