19 de outubro

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
9/04/21 às 14h37 - Atualizado em 12/04/21 às 14h54

Turismo em Ação chega a Planaltina

COMPARTILHAR

Com objetivo de promover ações estruturantes para alavancar a cadeia turística de todo o Distrito Federal, a primeira edição do Turismo em Ação foi realizada nesta terça-feira (6/4), em Planaltina. O programa itinerante, idealizado pela Secretaria de Turismo do DF (Setur-DF), promoveu um dia inteiro dedicado a revisitar os principais pontos turísticos e históricos da cidade e planejar, junto com lideranças comunitárias locais, iniciativas de fomento ao setor.

A criação da Rota de Planaltina, o planejamento para os 100 anos da Pedra Fundamental e o apoio, de forma integrada, para a revitalização da Casa do Artesão, foram alguns dos temas discutidos.

Entregas que visam dar mais capilaridade ao potencial turístico de Planaltina, a partir de uma política de governo baseada na promoção da economia criativa como mola propulsora de geração de emprego e renda. “É prioridade do nosso governo estruturar, capacitar e promover os atrativos turísticos das nossas Regiões Administrativas. E desde o primeiro dia de gestão, a nossa secretaria vem atuando de forma integrada para fazer com que os nossos serviços e programas cheguem de fato a todas as pessoas. É este o objetivo do Turismo em Ação, programa que estamos lançando em Planaltina, cidade única e imperdível de ser conhecida pelos seus atrativos históricos, arquitetônicos, parques, artesanato, entre tantos outros. Precisamos nos unir para criarmos, juntos, novas oportunidades de desenvolvimento para esta cidade e dar a ela o valor que merece. É este sentimento de valorização que nos move”, afirma a secretária de Turismo do DF, Vanessa Mendonça.

A agenda de reuniões e visitas técnicas foi iniciada no Museu Histórico. A titular da pasta foi acompanhada pelo administrador regional da cidade, Antônio Célio Pimentel; pelo deputado distrital Cláudio Abrantes; e por representantes de entidades vinculadas ao trade do turismo. “A Administração Regional de Planaltina, em nome de toda a nossa população, está muito grata com a Setur-DF por te escolhido a nossa cidade para iniciar esse projeto, extremamente importante. A ação é uma forma de o GDF conhecer mais de perto toda a dinâmica e profusão cultural da nossa região, nos ajudando a desenvolver um projeto que, realmente, possa impulsionar o turismo da nossa cidade”, afirmou Pimentel.

Valorização que é acolhida, com orgulho, pelos moradores. O acervo de verdadeiras relíquias do Museu Histórico, por exemplo, foi apresentado pelo historiador e um dos pioneiros da via-sacra de Planaltina, Mário Castro, de 67 anos. Destes, 53 anos dedicados a pesquisas acadêmicas sobre a cidade mais antiga da região, fundada em 1859, que serviu como ponto de passagem para os bandeirantes que percorriam Goiás em busca de ouro e esmeraldas. “Toda a nossa história mostra o valor turístico que é Planaltina, cidade que recebeu a construção de Brasília. E temos aqui ainda cachoeiras, lagoas, parques e muita beleza. Portanto, quando a Secretaria de Turismo nos visita para ajudar alavancar nossas riquezas é muito importante. Mostra que o Governo valoriza nossa cidade”, comemorou Castro.

Ao longo do dia, a Setur-DF cumpriu agendas públicas na Administração Regional de Planaltina, no Complexo Cultural, o Centro Histórico da cidade, a Pedra Fundamental, além de realizar visitas técnicas ao Instituto Maria do Barro e à Casa do Artesão, locais onde foram entregues dezenas de Carteiras Nacionais do Artesão a estes profissionais locais. “Nunca tivemos a honra de receber uma Secretaria de Turismo em nossa oficina. Precisamos muito do Poder Público e de parcerias como as firmadas hoje para darmos continuidade ao nosso trabalho”, destacou orgulhosa a presidente do Instituto Maria do Barro, Idalete Silva, uma das profissionais que tiveram a Carteira Nacional do Artesão renovada.

Serviços na porta do cidadão

Por meio do Turismo em Ação, empresários do segmento turísticos tiveram a oportunidade de conhecer mais sobre como ter acesso às importantes iniciativas de fomento, como os benefícios do Fundo Geral do Turismo (Fungetur), linha de crédito histórica junto ao Banco de Brasília (BRB), instituição financeira responsável por operar o repasse de R$ 521 milhões feito pelo Ministério do Turismo, com o objetivo de injetar dinheiro em empreendimentos do setor; e o Sistema de Cadastro de Pessoas Físicas e Jurídicas que atuam no turismo, o Cadastur. A inscrição garante diversas vantagens e oportunidades de negócios aos seus cadastrados, como incentivo a participar de programas e projetos do governo federal, participação em programas de qualificação promovidos e apoiados pelo Ministério do Turismo, além de apoio em eventos, feiras e ações. “Desde o início da pandemia, em 30 de março de 2020 até 5 de abril de 2021, o número de prestadores de serviços turísticos no DF, inscritos no Cadastur, saltou de 1.914 para 2.553. Ou seja, tivemos um aumento de 33.3%. E queremos que esses benefícios alcancem ainda mais gente. É essa a nossa missão aqui em Planaltina”, completa a secretária Vanessa.

Na avaliação do deputado Claudio Abrantes, a realização do Turismo em Ação possibilita o início de importantes medidas para o fortalecimento do turismo regional. “É uma ação inovadora, pois leva a Secretaria de Turismo às cidades que têm potencial turístico e Planaltina é uma delas. Essa relação aqui é sensacional e abre um horizonte para os sonhos que a gente tem aqui. Para que as pessoas conheçam sua cidade, sua cultura, natureza e sua vocação natural para o turismo. A gente sai daqui hoje com muita esperança. De que agora teremos, realmente, Planaltina como uma rota turística agregada à capital da república”, ressalta o parlamentar.

Conselho Regional do Turismo Sustentável

O programa idealizado pela Setur-DF também criou o primeiro Conselho Regional do Turismo Sustentável da Região Administrativa de Planaltina. O Conselho, quando instituído por decreto, terá papel de desenvolver ações de conscientização turística e ambiental, contribuir para a formação e capacitação de profissionais que atuam no setor turístico, bem como intervir para captação de investimentos. “É um momento histórico e muito simbólico. Sem dúvida, é uma importante ferramenta para ajudar com que os nossos projetos saiam do papel e sejam executados com responsabilidade sustentável. Agora, esperamos fazer com êxito aquilo o que se espera de um conselho de turismo: agir em parceria com a Administração Regional, com a Câmara Legislativa do DF e a população”, destacou Aron Henrique Neves, representante do trade turístico local. “Um conselho do turismo é importante para uma cidade, principalmente uma região como Planaltina, com tanto potencial para o segmento. E mais: ele representa diálogo, pois traz a comunidade mais perto do poder público, que terá mais segurança ao que ele pode propor e realizar pela cidade, trazendo mais benefícios e desenvolvimento”, conclui o administrador de Planaltina.

 

Matéria e fotos: SETUR-DF

 

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros