20 de setembro

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
19/01/21 às 10h01 - Atualizado em 28/01/21 às 10h09

Áreas de lazer renovadas em Planaltina

COMPARTILHAR

A Administração de Planaltina deu início ao processo licitatório para a reforma de quadras poliesportivas e parques infantis, beneficiando 80% da população. Serão reformados os parques da Vila Vicentina, da Praça São Sebastião – onde fica a histórica Igreja da cidade –, o do Vale do Amanhecer e o da Vila Buritis, além de quadras de esporte do Jardim Roriz, Vila Buritis e Vila Buritis IV. O valor do investimento é de mais de R$ 535 mil, recursos originados de emenda parlamentar do deputado Cláudio Abrantes.

“Trata-se de espaços que estavam abandonados havia, no mínimo, oito anos, ou seja, há bastante tempo sem ter nenhum tipo de reforma ou reparo”, lamenta o administrador-substituto da cidade, Paulo Cabral. “Alguns parques, inclusive, ofereciam perigo para a comunidade, com pontas de metais e ferros colocando em risco os usuários, mato tomando conta.”

Mas todos esses empecilhos e entraves serão coisa do passado. Isso porque as enormes e já conhecidas placas azuis com detalhes amarelos do GDF anunciando que futuras intervenções ocorrerão em algum lugar do DF já foram instaladas nesses locais públicos de Planaltina. Elas são um alerta positivo para população de que coisa boa vem por aí. Tanto que engenheiros e técnicos já estiveram nesses locais fazendo vistoria e conferindo as medidas para dar o sinal verde aos trabalhos de revitalização dos parques e praças. A expectativa é que tudo fique pronto em março.

Sabedoria de criança

Bilhete de uma criança pede reforma nos parquinhos.  Solicitação começa a ser atendida 

Quem vai gostar muito da notícia é a pequena Emanuela Martins, 10 anos, que, em agosto do ano passado, escreveu, na escola em que estuda, uma carta pedindo a revitalização do parquinho da Praça da Igrejinha. A missiva foi solicitada após uma visita dos alunos pela cidade. “Ela viu que as paradas de ônibus da cidade estavam todas pintadas, bem-arrumadinhas e bonitas e perguntou por que os parques infantis não eram assim”, conta a professora Carla Martins, mãe da menina. “Então tivemos a ideia de mandar a carta para a Administração de Planaltina”.

No bilhete de oito linhas, a estudante do ensino fundamental diz: “Querido administrador, eu queria que o senhor arrumasse o parquinho, ele é de areia e fica perto da Igrejinha São Sebastião.  É que o escorregador está sem escada para subir, o balanço está bem velhinho, uma pontezinha que tem dentro do parquinho está quebrada, a areia está bem suja porque vários cachorros entram no parquinho, e todos esses problemas são bem ruins e perigosos, uma criança pode até se machucar! Com carinho!”.

Carla Martins  reitera: “É uma pena, porque é um lugar de todos e está muito perigoso, então essas reformas serão de grande valia para todos os moradores”, comenta Carla. E o administrador-substituto endossa: “São obras extremamente importantes para a cidade, e vamos trabalhar na reforma desses parques e quadras, que serão entregues novos para a população”.

 

Matéria de: Agência Brasília

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros