13 de dezembro

GDF - Administrações Regionais

Notícias

Equipes de trabalho da Administração Regional e da Novacap concluíram, na terça-feira (14/11), mais uma etapa da Ciclovia do Centro de Planaltina. Cerca de 500 metros foram pavimentados na altura da quadra 05 da Vila Buritis. (RA)

 

 

Na manhã de terça-feira (14/11), o administrador de Planaltina acompanhou a execução da segunda fase das obras de calçamento, plantio de gramas e urbanização na avenida NS2, que liga o Bairro Buritis II ao Bairro Jardim Roriz. A calçada com 1980 metros chegará até a Avenida Independência, totalizando o valor 4.680m. (RA)


Rollemberg inaugura passarela na BR-020, em Sobradinho

Estrutura no quilômetro 12 da rodovia vai aumentar segurança e conforto para pedestres. Valor das obras foi de pouco mais de R$ 2,2 milhões

 

Os pedestres que passam na frente do condomínio Nova Colina, em Sobradinho, agora têm maior segurança e conforto para atravessar a BR-020. Nesta quarta-feira (1º), o governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, inaugurou uma passarela no quilômetro 12 da rodovia.

“Esta é uma obra muito importante para dar segurança à população. Temos escolas aqui, e as crianças precisam fazer a travessia. Agora, elas terão mais tranquilidade para ir e vir”, disse Rollemberg.

Foram investidos R$ 2.275.877, recursos provenientes da Contribuições de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) Combustíveis e garantidos no orçamento por emenda parlamentar do deputado distrital Rafael Prudente (PMDB).

Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER-DF) foi a unidade de governo responsável pelo acompanhamento dos trabalhos.

“Esta é a passarela padrão do futuro BRT Norte, com três escadas, uma delas no canteiro central”, disse o diretor-geral do DER-DF, Henrique Luduvice.

“Esta é uma obra muito importante para dar segurança à população. Temos escolas aqui, e as crianças precisam fazer a travessia. Agora, elas terão mais tranquilidade para ir e vir”Rodrigo Rollemberg, governador de Brasília

Segundo ele, o projeto executivo está concluído: são 69 quilômetros, com ramais em Planaltina e Sobradinho. “Há previsão de cinco terminais ao longo do BRT Norte, 38 paradas e 26 passarelas de pedestres, sendo esta a primeira entrega.”

O conjunto de obras engloba a instalação de dois abrigos para passageiros e de 248 metros de guard rail; a construção de duas baias de ônibus, de 664 metros quadrados de calçadas, de 35 metros de bueiros e de dois retornos na BR-020; a sinalização horizontal e vertical; e o assentamento e a pintura de 378 metros de meios-fios, além de um projeto de abertura de valas e bolsões para conter e direcionar as águas pluviais.

Vencedora da licitação, a JJPP Construtora Ltda. tocou as intervenções após oferecer 15,2% de desconto, o que significou economia de cerca de R$ 400 mil em comparação com o preço inicial. Os trabalhos duraram 150 dias.

Fonte: Agência Brasília

O território Criativo, realizado pela Secretaria de Estado de Cultura do Governo de Brasília, em parceria com o Instituo Bem Cultural, e apoiado pela Administração Regional de Planaltina oferece acesso gratuito a conteúdos, ferramentas e consultoria para empreendedores e empreendimentos desenvolverem seu potencial criativo e de negócios no Distrito Federal.

Estão previstas quase duas mil horas de capacitação e consultorias, desenhadas por um time multidisciplinar de especialistas da área, com atuação em todo o Brasil e em outros países, para levar inspiração ao empreendedorismo de base, sensibilizar e despertar o olhar para as oportunidades da Economia Criativa no território.

Com o objetivo de estimular e fortalecer o empreendedorismo criativo no Distrito Federal, será oferecido o ciclo de formação “Economia Criativa na Pratica” em 14 Regiões Administrativas (RAs), de 2 a 22 de outubro de 17, como parte do projeto Território Criativo. O curso é gratuito, mas as vagas são limitadas. As inscrições podem ser feitas pelo link: https://www.territoriocriativodf.com.br/inscricoes.

O ciclo de formação é dividido em dois Módulos. O Módulo 1 terá duração de 8hs, realizado em um único dia, das 14hs ás 22hs. Abordará os tópicos: mundo em transformação e futuro do trabalho; territórios criativos e singularidades; inteligência criativa e habilidades valorizadas no novo cenário; criação, posicionamento e gestão de marcas; estratégias de comunicação com base em conteúdo e experiência; design thinking e processos de inovação; e propriedade intelectual. O módulo 2, por sua vez, será realizado em dois ias sequenciais, com 8hs de atividades por dia, das 14hs ás 22hs. Os especialistas do SEBRAE DF, após orientação e alinhamento com a equipe técnica do Território Criativo, irão promover oficinas com foco em modelagem de negócios, utilizando o BM Canvas, uma ferramenta de planejamento e gestão que permite criar, repensar e desenvolver modelos de negócios, em formato de mapa visual.

Em Planaltina, ciclo de formação está previsto para ocorrer nos seguintes dias:

04/10 (quarta-feira), 20/10 (sexta-feira), e 21/10 (sábado), sempre das 14h ás 22h. Dessa forma, gostaria de verificar a possibilidade de contar com o apoio da Administração Regional para viabilização dos seguintes intens:

Sala de reuniões da Administração Regional
Mesa de apoio, projetor e tela de projeção (ou espaço livre na parede para projeção);

 

O governador do Distrito Federal Rodrigo Rollemberg inaugurou na manhã deste domingo (17/9) o Centro Olímpico e Paralímpico de Planaltina. 
Localizado no Setor Recreativo e Cultural, ao lado do Restaurante Comunitário, o completo tem 35,7 mil metros quadrados e conta com quadras de tênis e poliesportiva, pista de atletismo, ginásio coberto, paredão de escalada, campo de gama sintética e piscinas semiolímpica e infantil. 
O líder de governo na Câmara, deputado Agaciel Maia, acompanhou a cerimônia e falou, em seu discurso, da importância do novo espaço para a população, especialmente para jovens e crianças. Também estiveram presentes, o administrador da cidade de Planaltina, Vicente Salgueiro, os secretários de Esporte, Leila Barros, e das Cidades, Marcos Dantas, e os parlamentares Cláudio Abrantes, Luzia de Paula e Júlio César. 
O jogador de basquete em cadeira de rodas Wellington Máximo, presente ao evento, acredita que o novo espaço esportivo vai ajudar muitos atletas. “O espaço que treinávamos era muito precário. Tudo vai melhorar muito”, disse o jovem que acumula vários títulos. 
O governador Rollemberg recebeu do atleta paraolímpico Vicente de Jesus uma tocha olímpica. “É um grande sonho realizado”, disse o corredor dos 100, 200 e 400 metros, que coleciona seis medalhas de ouro.
As inscrições em 15 modalidades esportivas começam a ser feitas na terça-feira, dia 19, e vão até a sexta, dia 22, de 8h às 12h e de 14h às 18h. Os sorteios das vagas vão acontecer nos dias 27, 28 e 29 deste mês. Cada pessoa poderá se inscrever em uma atividade esportiva. 
Veja as modalidades disponíveis para a população:
• Hidroginástica
• Natação
• Ginástica localizada
• Atividade física orientada
• Futebol society
• Basquete
• Atletismo
• Vôlei
• Futsal
• Tênis
• Handebol
• Desenvolvimento motor 1 e 2
• Karatê
• Judô
Pessoas com deficiência não precisam participar do sorteio, basta fazer o cadastro a partir de terça-feira, dia 19. Há três opções:
• Bocha
• Natação
• Atletismo
Nos finais de semana, a Vila Olímpica estará aberta das 9 às 16 horas, como espaço de convivência.

 

[

Em cerimônia na manhã desta quarta-feira (23/8), o Governo do Distrito Federal iniciou a entrega de 944 escrituras aos moradores de Planaltina, dos setores: Residencial Leste, Vila Vicentina, Vila Nossa Senhora de Fátima e Setor Residencial Norte.

Pelo projeto Habita Brasília, o governo, através da Codhab, já entregou 30,5 mil escrituras nos últimos dois anos e meio. A previsão, segundo o governador Rodrigo Rollemberg, presente ao evento em Planaltina, é que até o fim da gestão esse número chegue a 63 mil escrituras.

Estiveram presentes ao evento, ao lado do governador Rollemberg, o presidente da Codhab, Gilson Paranhos, o líder do governo na Câmara, deputado Agaciel Maia, e o administrador regional de Planaltina, Vicente Salgueiro. Durante o evento, o governo fez uma homenagem aos técnicos da Diretoria de Regularização da Codhab pelo empenho no trabalho de regularização dos lotes.

Para Agaciel Maia, “esse é um momento importante para a população. Afinal, ter a casa própria é o maior sonho de uma família”, disse durante seu discurso, que foi reforçado pelo governador Rollemberg ao afirmar que a “população não quer discurso. Quer realização e, como governo, estamos aqui hoje para realizar esse sonho”.

Após receber o documento, é preciso comparecer ao cartório para fazer o registro do imóvel, cujo valor pode variar de R$ 300,00 a R$ 600,00. Para as famílias com renda de até três salários mínimos, a escritura em cartório é gratuita.

O povo de verdade não participa não tem acesso ao debate da LUOS.
Desde que o Governo de Brasília assumiu a responsabilidade de cumprir uma previsão legal e apresentar a Lei de Uso e Ocupação do Solo (LUOS), os debates sobre o tema estão sendo registrados e documentados no site da Segeth, divulgado por meio de redes sociais, nas páginas das Administrações Regionais. Já foram realizadas duas audiências públicas (prestes a realizar a terceira), 4 Consultas Públicas Virtuais e 24 Consultas Públicas Presenciais nas 24 RAs que são abrangidas pelas LUOS. Todo conteúdo disponibilizado no site da Segeth. Além disso, foram realizadas 27 reuniões da Câmara Temática (composta de técnicos da secretaria, representantes do governo e da sociedade civil organizada) e 4 reuniões específicas com as comunidades.

A LUOS é importante para regularização do DF.
A LUOS não trata de áreas de regularização fundiária. A LUOS estabelece regras para os lotes escriturados.

A LUOS vai acabar com as áreas verdes.
Não mesmo! A LUOS não aborda as áreas verdes, até porque elas são públicas. Ela só disciplina e traz regras para os lotes escriturados.

A LUOS é uma empresa.
Não. A LUOS é uma LEI, logo, não faz nenhum sentido afirmar que é uma empresa ou instrumento comercial. A LUOS é um importante instrumento de planejamento urbano para o
desenvolvimento do Distrito Federal, previsto, no Plano Diretor de Ordenamento Territorial do DF, o PDOT.

A LUOS é um instrumento para melhor desmatar e destruir o que resta de cerrado no DF.
A LUOS não compreende as áreas ambientais ou rurais, apenas lotes escriturados em área urbana. Além disso, ela respeita as regras estabelecidas nos licenciamentos ambientais dos parcelamentos e demais restrições ambientais.

A LUOS vai acabar com a paz dos moradores.
A LUOS respeitas as áreas residenciais, não estabelecendo nelas atividades incômodas. O que acontece é que algumas atividades exercidas pelo morador, como consultoria e artesanato, são admitidas dentro das residências desde que não cause incômodo a vizinhança. Isso não altera em nada a dinâmica da região e vai facilitar a fiscalização por parte do Estado, uma vez que as regras estarão claras.

O governo quer transformar os lotes residenciais em comércio.
Não. Das 5 categorias que a LUOS prevê para residencial exclusivo e obrigatório, apenas uma admite comércio em residências, que é a categoria Residencial Obrigatório 2 (RO2). Inclusive, essa categoria não está prevista para Lago Norte, Lago Sul, Park Way ou Taquari que receberam o uso Residencial Exclusivo 1 (RE 1) ou Residencial Exclusivo 2 (RE 2). Além disso, as atividades previstas têm que ser de baixa incomodidade.

O debate da LUOS não está sendo transparente.
Os debates sobre a LUOS estão sendo registrados e documentados no site da Segeth, divulgado por meio de redes sociais, nas páginas das Administrações Regionais e veículos de comunicação.

O debate da LUOS não está ouvindo a população.
Já foram realizadas duas audiências públicas (prestes a realizar a terceira), 4 Consultas Públicas Virtuais e 24 Consultas Públicas Presenciais nas 24 RAs que são abrangidas pelas LUOS. Todo conteúdo disponibilizado no site da Segeth. Além disso, foram realizadas 27 reuniões da Câmara Temática (composta de técnicos da secretaria, representantes do governo e da sociedade civil organizada) e 4 reuniões específicas com as comunidades.

Vão colocar mais postos de gasolina no Lago Norte.
Não. A LUOS não pode criar novas unidades imobiliárias ou lotes, apenas vai manter esse uso para os lotes que já existem e possuem essa destinação.

Vão construir parques no Lago Norte para divulgar o turismo.
Não. A LUOS trata somente de lotes escriturados, não prevê criação de parques ou intervenções em áreas públicas.

Vão construir mais comércios no canteiro central Lago Norte.
Não. A LUOS apenas vai manter esse uso para os lotes que já possuem essa destinação.

O governo está desconsiderando a legislação ambiental para fazer a LUOS.
Não. A legislação ambiental está sendo cumprida. Inclusive, lotes que interferirem em parques ou outras unidades de conservação deverão ser desconstituídos posteriormente e alguns usos e potenciais construtivos foram alterados em relação a normas originais em função de determinações ambientais.

O governo quer usar a LUOS para alavancar o comércio na orla.
Não. Fazer a LUOS é uma obrigação do governo. Atravancar o processo interessa para quem pretende continuar na irregularidade e não tem compromisso com o ordenamento territorial, já que o Distrito Federal continuará crescendo e as cidades seguindo suas dinâmicas mesmo sem a LUOS, o que dificulta para o Estado a fiscalização.

O governo só está trabalhando na LUOS para ampliar a arrecadação.
Não. Fazer a LUOS é uma obrigação do governo. Na verdade, a Lei de Uso e Ocupação do Solo deveria estar vigente desde 2011. Isso porque, a Lei Orgânica do Distrito Federal (LODF)
definiu que a LUOS deveria ser editada dois anos após a aprovação do Plano Diretor de Ordenamento Territorial (PDOT), o que aconteceu em 2009.

A expectativa do executivo é encaminhar o projeto de lei no início da próxima sessão legislativa

O Governo de Brasília realiza neste sábado, dia 15 de julho, a terceira e última audiência pública sobre a Lei de Uso e Ocupação do Solo do DF, a LUOS. O evento acontece no auditório da Unidade Acadêmica do campus de Ceilândia da Universidade de Brasília a partir das 9 horas.

A LUOS tem o objetivo de orientar a atuação das diversas instâncias do poder público e do setor privado na configuração do espaço urbano. Por um lado, a lei fornecerá as bases
consistente para a fiscalização e o controle urbano, e por outro, criar um ambiente claro e seguro para novos empreendimentos e edificações.

Desde o início da atual gestão, o executivo adotou o desafio de construir uma nova LUOS com efetiva participação social. 
Desde 2016, somados aos trabalhos técnicos da Secretaria de
Gestão do Território (Segeth), que está elaborando a lei, foram diversificadas as possibilidades de participação popular.

Já foram realizadas duas audiências públicas anteriores, quando a lei exige apenas uma. A Segeth também promoveu quatro consultas públicas virtuais para coletar as contribuições da população sobre o normativo que vai ordenar a legislação dos usos permitidos no interior dos lotes e os parâmetros de edificação. Entre os dias 17 de junho e 1º de julho ainda foram
realizadas Consultas Públicas Presenciais nas 24 Regiões Administrativas abrangidas pela LUOS.

Uma Câmara Temática também foi instituída e tem auxiliado na redação do texto, sendo composta por técnicos e sociedade civil organizada. O trabalho da câmara tem sido documentado e disponibilizado na íntegra e já soma 27 reuniões de trabalho.
Após a audiência, a Segeth vai consolidar as contribuições na minuta da LUOS que será encaminhada pelo Governo de Brasília à Câmara Legislativa do DF (CLDF).

A Lei de Uso e Ocupação do Solo é um instrumento complementar do Plano Diretor de Ordenamento Territorial (PDOT) e, como tal, deve estar compatibilizada com o Plano Diretor.

Os parâmetros de uso e ocupação definidos para cada localidade devem refletir as proposições do PDOT contidas nas estratégias de ordenamento territorial.

Audiência pública presencial sobre a LUOS será no dia
15 de julho (sábado), às 9 horas
Local: auditório da Unidade Acadêmica do campus de Ceilândia da Universidade de Brasília — AE,
Setor N, QNN 14, Conjunto O, Ceilândia Sul.

O programa Agente CEB, que tem o objetivo de auxiliar e orientar moradores de regiões carentes do DF para o uso racional de energia elétrica, chegou a Planaltina. Na sexta-feira (07/7), a Administração Regional e a CEB iniciaram os trabalhos de instalação de aquecedores solares na região da Vila Pacheco, no Vale do Amanhecer. 
De acordo com o programa, técnicos da CEB visitam as famílias e promovem palestras educativas, marcando os equipamentos que consomem muita energia para serem trocados por aparelhos eficientes. Também fazem a avaliação para instalação de aquecedores solares. Os profissionais orientam os moradores sobre o uso correto da energia, os cuidados com a eletricidade e o meio ambiente. 
As substituições acontecem para os clientes CEB que estiverem adimplentes, sem débitos anteriores e sem processo de fraude. 
Essa é a terceira edição do programa Agente CEB. Cerca de 2 mil aquecedores solares serão doados e irão substituir o chuveiro elétrico, que representa cerca de 30% dos gatos com energia. 
A seleção das residências é feita por meio de visitas de campo dos agentes do programa, que já passou por Ceilândia, Samambaia, Fercal, Sobradinho, Sobradinho II e Paranoá. Ao todo, serão trocados 7 mil refrigeradores e 80 mil lâmpadas fluorescentes ou incandescentes por LED e a doação de 2 mil aquecedores solares.

Aconteceu na manhã desta sexta-feira (30/6), no auditório de Múltiplas Funções, em Planaltina, a consulta pública sobre a Lei Complementar de Uso e Ocupação do Solo (Luos). Cerca de 100 pessoas entre moradores, empresários, trabalhadores, conselhos e lideranças religiosas da cidade participaram do debate, que foi realizado pelo Governo de Brasília, através da Secretaria de Habitação (Segeth), Secretaria das Cidades e Administração Regional de Planaltina.
A audiência teve o objetivo de apresentar e debater os mapas de uso do solo e os parâmetros de ocupação. Com a aprovação da Luos, a comunidade saberá, por exemplo, onde e como as atividades econômicas poderão ser instaladas, assim como as novas regras que vão definir as edificações nas cidades.
O Administrador Vicente Salgueiro presidiu o evento, ao lado da representante da Secretaria das Cidades, Dinalva Sastre, e das representantes da Secretaria de Habitação e Desenvolvimento Urbano (Segeth), Gisele Mancini e Maria das Graças. 
“Nesse debate de hoje, vamos discutir, recolher críticas e contribuições da população”, explicou a coordenadora Gisele Mancini, que fez uma breve introdução, explicando o significado da Luos e lembrando que as contribuições podem ser feitas também pelo site da Segeth.
A diretora Maria das Graças explicou que a lei estabelece os critérios e os parâmetros de uso e ocupação do solo para os lotes e projeções localizados nas áreas urbanas registradas em cartório e para aqueles consolidados, já com projeto urbanístico aprovado. “A nova lei vai simplificar as normatizações, dando maior celeridade ao licenciamento e facilitar a fiscalização”, disse.
A comunidade presente recebeu dos técnicos os esclarecimentos quanto as dúvidas apresentadas e os seguimentos contemplados, como: comércio, serviços, institucional, industrial e residencial. Os técnicos explicaram aos presentes que, para cada atividade, estão sendo definidos os coeficientes de aproveitamento, a taxa de ocupação, a taxa de permeabilidade, a altura máxima de construções, os afastamentos exigidos, a galeria e o subsolo.
O empresário e morador da Vila Vicentina, Vicente Rangel, questionou a morosidade para liberação de alvará, citando que é importante que o governo, ao pensar na cidade de Planaltina, tenha um olhar para o futuro. “Hoje existem muitas barreiras. Eu mesmo estou desde 2011 para conseguir um alvará. Não adianta falar em construção com altura de dois pavimentos, quando a realidade hoje é outra”, exemplificou em sua fala. 
Raimundo, representante do Acqua Cerrado, também falou da morosidade e da burocracia existente. “Aqui nada pode. É preciso contemplarmos o turismo da cidade e trabalhar em parceria com os empresários”.

A iniciativa do debate foi elogiada e os assuntos questionados, explicados pelos técnicos, que lembraram a importância de acessarem a prévia da Luos que está no site da Segeth. “Se tiverem alguma contribuição, ela deve ser encaminha por escrito para que possa ser avaliada”.
O próximo passo para aprovação da Luos-DF será a audiência pública que acontecerá no dia 15/07, às 9h na UnB, no campus de Ceilândia.

Regina Maria Amaral, Assessoria de Comunicação/Planaltina

O que é a LUOS?
É a Lei que define usos e índices a que estão sujeitas as edificações.

SAIBA MAIS:
1. Complementaridade da LUOS em relação ao PDOT
A LUOS é instrumento complementar do PDOT e como tal deve estar compatibilizada com o Plano Diretor. Os parâmetros de uso e ocupação definidos para cada localidade devem refletir as proposições do PDOT contidas nas suas estratégias de ordenamento territorial (de dinamização, revitalização, estruturação viária e polos multifuncionais).
2. Uma LUOS de sistematização da legislação urbanística
O objetivo principal dessa primeira LUOS é estabelecer a transição da base normativa de uso e ocupação do solo atual – composta de inúmeras normas, fragmentadas e sem uniformidade – para uma base normativa única e padronizada em termos de tipos de uso e parâmetros de ocupação.
Nessa perspectiva, a LUOS representa a sistematização da legislação de uso e ocupação do solo que se aplica a grande parte das áreas urbanas do Distrito Federal. Hoje essa legislação das Regiões Administrativas abrangidas pela LUOS compreende aproximadamente 420 documentos de normas urbanísticas e 6 Planos Diretores Locais. Um conjunto normativo que aplica-se a 365.341 mil lotes urbanos, dos quais, 220.702 lotes são regulados pelos PDLs e 144.807 lotes são regidos pelos demais instrumentos normativos.
3. A LUOS pretende a convergência entre a cidade real e a cidade que queremos (regularização e planejamento)
A LUOS reflete o reconhecimento da cidade real, das dinâmicas de uso e ocupação do solo que estão em curso nos diversos núcleos urbanos do DF, com o intuito de conciliar a realidade urbana com o planejamento e o ordenamento do espaço urbano.
Nesse aspecto, a LUOS tem também um viés de regularização das edificações, na medida em que a definição de usos e de parâmetros de ocupação para os lotes considera e avalia a possibilidade de regularização das edificações, em função da capacidade de infraestrutura urbana instalada e/ou planejada para as áreas urbanas.
4. O que muda com a LUOS 
Com a LUOS muda o arcabouço legal que regula o uso e a ocupação do solo nas Regiões Administrativas abrangidas pela norma, que deixa de ser composto de uma grande quantidade de legislações específicas e passa a ser constituído de uma única lei. 
Como legislação única de uso e ocupação do solo urbano, a LUOS orientará a atuação das diversas instâncias do poder público e do setor privado na produção do espaço urbano. Por um lado, provê base consistente para a fiscalização e controle urbano, e por outro, cria ambiente claro e seguro para novos empreendimentos e edificações.
As mudanças e avanços associados a LUOS incluem os seguintes benefícios:
– Simplificação da normatização de uso e ocupação do solo, que passa a ter uma única lei como referência com os mesmos parâmetros definidos para todas as áreas a partir de critérios semelhantes.
– Celeridade nos atos da administração pública relativamente às normas urbanísticas sobre o uso e ocupação do solo, decorrente de se ter uma legislação simplificada. 
– Redução da discricionariedade na interpretação da norma, uma vez que a LUOS se pretende mais clara e objetiva. 
– Diminuição de incorreções na aplicação da legislação, que aconteciam devido às dificuldades de se lidar com o grande arcabouço legal de uso e ocupação do solo. 
– Facilitação das ações de fiscalização, possibilitada pela simplificação da LUOS na definição de usos e parâmetros de ocupação para as áreas urbanas. 
– Isonomia de critérios para definição dos índices e normas urbanísticas, que permitem igual tratamento a situações semelhantes nos diversos núcleos urbanos abrangidos pela LUOS.
Com regras claras de uso e ocupação para os lotes urbanos, a população passa a conhecer seus direitos e também suas obrigações, podendo contribuir de forma mais efetiva com o ordenamento urbano. 
Dessa forma, Governo e sociedade terão um instrumento mais moderno para atender às necessidades de cada localidade e permitir que os núcleos urbanos se desenvolvam de forma ordenada, com controle e planejamento, respeitando suas características específicas e a vontade da comunidade.

O novo espaço fica próximo do Batalhão da PMDF e vai funcionar das 7 às 18 horas, de segunda a sábado. 
Os moradores de Planaltina ganharam hoje (27/6) um espaço para descarte de resíduos de construção civil, móveis e restos de podas. O Papa-entulho fica ao lado do Batalhão da Polícia Militar e foi inaugurado na manhã desta terça-feira. Cada pessoa poderá descartar até 1 metro cúbico (cerca de uma caixa d´água de mil litros) desses materiais por dia. 
Materiais recicláveis, como plásticos, papéis, garrafas PETs, papelões e metais podem ser separados e entregues no local, que também receberá, pelo Projeto Biguá, da Caesb, óleo usado em frituras
O papa-entulho de Planaltina conta ainda com escritório de apoio aos trabalhadores, área coberta para recebimento de recicláveis e baias para materiais volumosos e de podas.
É proibido o descarte de:
• resíduos domésticos, industriais, de serviços de saúde e eletrônicos
• pneus
• embalagens de agroquímicos, de produtos fitossanitários e de óleos lubrificantes
• lâmpadas
• pilhas e baterias
• equipamentos ou materiais que tenham metais pesados
• gesso
• espelhos
• vidros
• amianto
• tintas, solventes e tonner

O administrador de Planaltina participou na manhã de sexta-feira (09/6) da cerimônia de entrega de doações arrecadadas na 3a. edição da Campanha do Agasalho, realizada pela empresa Piracicabana. "Quero parabenizar a equipe da Garagem de Planaltina que arrecadou 1.911 peças, do total arrecadado pela empresa de 5 mil doações", disse o administrador Salgueiro.

A manhã desta segunda-feira (19/6) foi agitada na Administração Regional, que recebeu a equipe Multidisciplinar do Hospital de Planaltina que levou para os servidores diversas ações preventivas de saúde. 
Segundo a gerente de Assistência Multidisciplinar e Apoio Diagnóstico, Maria do Socorro Aguiar, a ação é uma parceria com a Administração, solicitada pelo administrador Vicente Salgueiro e pela gerente do Núcleo de Política Social (Gepolis) da Administração, Vânia Lúcia Oliveira.
Durante a manhã de saúde, a equipe multidisciplinar realizou teste de glicemia, aferição da pressão arterial, vacinação contra H1N1, orientação de nutrição e fisioterapia, teste de Hepatite C, avaliação postural e ainda automassagem com a equipe do Centro de Referência em Práticas Integrativas em Saúde (Cerpis). 
Trabalho conjunto e preventivo – O trabalho da equipe de assistência multidisciplinar à saúde e apoio diagnóstico deve ser conjunto e integrado, pois é necessário ter uma visão integral do ser humano e para tanto é preciso o conhecimento de diversas áreas, tanto das que envolvem o campo da saúde, como o campo das ciências humanas e sociais. Nesse contexto, é preciso levar em conta temas como: condições de vida, de lazer, de trabalho, de educação, de habitação e de meio ambiente. 
Em nosso país, nas últimas décadas, houve uma mudança de ações em relação ao atendimento à saúde, que passou a dedicar atenção a população através de planejamento, perfil epidemiológico da área e avaliação, com uma visão do ser humano, sua família e sua comunidade.

Serão 24 encontros de 17 de junho a 1º de julho. As reuniões vão abarcar temas específicos para cada local.
Ao todo, o governo de Brasília vai promover 24 consultas públicas para debater a Lei de Uso e Ocupação do Solo (Luos). As reuniões, que vão acontecer de 17 de junho a 1º de julho, vão servir como prévia da terceira e última audiência pública, em 15 de julho. 
Em Planaltina, a reunião para receber sugestões para o projeto da LUOS será no dia 30 de junho, sexta-feira, de 9h às 12h, no salão de Múltiplas Funções, ao lado da Administração Regional. “Toda a população está convidada a participar”, diz o administrador Vicente Salgueiro.
A ideia é que todos conheçam a matéria, que vai estipular as regras de ocupação e construção no interior dos lotes. O projeto é de responsabilidade da Secretaria de Habitação (Segeth) e a mobilização está a cargo da Secretaria das Cidades. 
Ficam de fora Candangolândia, Cruzeiro, Octogonal/Sudoeste e Plano Piloto, por integrarem o conjunto urbanístico do DF. Fercal, Itapoã e Vicente Pires também não receberão os encontros, pois o processo de regularização dessas três regiões não está finalizado.

O administrador Vicente Salgueiro participou ao lado do governador do DF Rodrigo Rollemberg e do deputado Agaciel Maia, no sábado (03/6), do encontro das Bandeiras da Folia de Roça e Folia de Rua, na praça da Igreja Matriz, no centro de Planaltina. 
O encerramento da Festa do Divino Espírito Santo, que dura uma semana, aconteceu no domingo, na Igreja São Sebastião, num encontro marcado por muito simbolismo. Após a missa, foi servido um almoço aos foliões.
O evento, que já é uma tradição na cidade e está em sua 156a edição, contou com apoio da Administração de Planaltina.

Origem da festa
A Festa do Divino Espírito Santo é considerada Patrimônio Cultural imaterial do Distrito Federal, pelo Decreto nº 34.370, de 17 de maio de 2013. Ela recorda a descida do Espírito Santo sobre os 12 apóstolos de Jesus Cristo, em Pentecostes, sete semanas depois da Páscoa.

Representantes da Gerência de Apoio à Área Rural da Administração de Planaltina estiveram presentes na , na tarde desta terça-feira (16/5). 
A Virada do Cerrado é um programa que tem como objetivo despertar a consciência ambiental e de sustentabilidade através de atividades voltadas ao público de todas as idades. 
Na quinta-feira, dia 18, a partir das 9h, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, acontece a terceira reunião do Comitê Criativo 2017 da Virada do Cerrado, com a presença do secretário de Meio Ambiente, André Lima, que, na oportunidade, irá abordar o tema Água e Território.

As obras do Centro Olímpico de Planaltina estão a todo vapor. O administrador regional Vicente Salgueiro foi lá conferir de perto e conferir os trabalhos de pintura da estrutura metálicas, construção da guarita, reforma das grades e instalação de calhas no Ginásio. Cerca de 65% do cronograma físico já foi executado. A previsão de conclusão é em agosto, mês de aniversário da cidade.

Foi concluída as obras da ponte sobre o Córrego Extrema, na VC-164, na região do Núcleo Rural Rio Preto. O diretor do DER, Henrique Luduvice e o diretor do 1º Distrito Planaltina, Fábio Cardoso, estiveram no local junto com o administrador de Planaltina Vicente Salgueiro para a inauguração da ponte que foi entregue à comunidade. “Foi refeita com material reaproveitado de outras obras e teve um custo quase zero para o Estado”, afirmou o administrador.

Com apoio da Administração Regional, aconteceu no domingo (30/04) a Copa Zé do Norte, quando os times da Rajadinha e Mão na Roda disputaram o terceiro lugar, com resultado de 2 a 0 para o Rajadinha. O primeiro lugar foi disputado pelos times Bairro e Afro Reggae, sagrando-se campeão da copa o time do Bairro, com resultado de 2 a 1. 
O campeonato foi organizado pela Liga Desportiva de Planaltina (Lidesp) e a final aconteceu no campo do Ressaca, no Arapoanga, com apoio da Rádio Terra, Deputado Agaciel Maia e Administração Regional.

O administrador de Planaltina Vicente Salgueiro acompanhou na madrugada desta segunda-feira (01/05), as comemorações ao Dia do Doutrinador, que anualmente é realizada no Vale do Amanhecer.
O dia 1º de maio é o Dia do Doutrinador, médium responsável pela doutrina espiritual do grupo. O Vale do Amanhecer é uma comunidade espiritual fundada no ano de 1959, por Tia Neiva. O Dia do Doutrinador é uma ocasião em que o Vale do Amanhecer recebe novas projeções de forças cósmicas e a festa é sempre muito bonita e colorida.


Na manhã desta quarta-feira (26/04), representantes da Gerência de Apoio à Área Rural da Administração de Planaltina ministraram palestra a 60 professores da Escola Classe 02 do Arapoanga, explicando as técnicas de cultivo de horta orgânica. Durante o evento foram plantadas 200 mudas de alface de quatro espécies diferentes. 
 Segundo explicou a gerente, Jacilene Cirilo Alves, “este é um projeto muito importante, pois é ensinando aos pequenos que conseguiremos modificar a visão de mundo”. 
A Escola Classe 02 irá implantar o projeto, retransmitindo os ensinamentos aos alunos. “Estamos à disposição para atender outras escolas da cidade. Os interessados podem nos procurar na Administração Regional”, disse Dilson Guimarães, técnico agrícola, que participou do projeto piloto.

No próximo dia 26 de abril, quarta-feira, a Secretaria de Planejamento do GDF irá debater com a população o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO), que irá embasar o Orçamento do Governo do Distrito Federal para o exercício de 2018. 
O evento será realizado no auditório da Escola de Governo (EGOV), no SGO Quadra 1, Área Especial 1, próximo ao edifício sede do Detran, no Plano Piloto, das 9h às 12h.

O Centro de Referência em Práticas Integrativas de Saúde (CERPIS) Planaltina promove no próximo sábado (29/04) a Oficina de Promoção da Saúde, abordando o tema Depressão. Essa é uma campanha da Organização Mundial da Saúde. 

A oficina será conduzida pelos servidores do CERPIS, psicóloga Maria Luisa Alves e pelos técnicos em enfermagem, Getúlio Rodrigues, estudante de agroeclogia, e Rosane Natividade, também psicóloga, integrada a outros atendimentos do CERPIS como Reiki, Meditação, Tai Chi Chuam, Lian Gong, Terapia Artística, Bordado Terapia, Plantas Medicinais e a convivência das pessoas na unidade.

Confira a programação:

8 h – Convivência com Práticas Integrativas – Automassagem e Dança Circular

9 h – Lanche Compartilhado – Trazer fruta e caneca pessoal para evitar uso de descartáveis

9 h 20 – Vamos Respirar: Meditação

9 h 40 – Vamos Conversar: Alecrim e Serralha na Alimentação e na Terapia Floral

10 h – Vamos Colorir: Mandalas Criativas

10h 30 – Encerramento compartilhando a vivência da oficina

O Administrador Regional de Planaltina visitou a Base do GTOP 34 no Buritis II e na oportunidade conversou com os policiais, informando-os que a Base não será fechada.

60 MIL PESSOAS NA VIA SACRA DE PLANALTINA
Mais de 60 mil pessoas estiveram na Sexta-feira da Paixão no Morro da Capelinha, em Planaltina, para acompanhar a encenação da Via Crucis de Jesus.
Há 44 anos acontece a peça teatral, quando os cerca de 1.900 voluntários percorrem sete quilômetros. Este ano, mais uma vez o administrador da cidade, Vicente Salgueiro, acompanhou a encenação, ao lado do vice-governador do Distrito Federal, Renato Santana.

Numa parceria entre o Governo do Distrito Federal e o Sebrae, os pequenos empresários de Planaltina estão tendo a oportunidade de legalizar suas empresas. De 4 a 11 de abril, num posto montado em frente à Administração Regional, técnicos de diversos órgãos como Agefis, Corpo de Bombeiros, Administração Regional, Defesa Civil e outros estão atendendo, no Mutirão da Simplificação, os comerciantes e microempreendedores que querem regularizar seus negócios. 
Diversos serviços estão à disposição, como o modelo de abertura, licenciamento e baixa de empresa, solicitação de alvará e negociações para quem possui débitos, além de outras regularizações. 
O senhor Antônio Gildo de Lima, microempresário da empresa de serviços de dedetização está aguardando a vistoria da Defesa Civil para conseguir o alvará de funcionamento. Ele esteve na tenda do Sebrae e saiu satisfeito, com a confirmação de que já está agenda a vistoria. 
O ano passado, o mutirão aconteceu nas cidades de Ceilândia e do Gama. 
“O Governo quer aumentar o número de empresas regularizadas. Isso é importante tanto para o governo quanto para os empresários”, ressaltou o administrador de Planaltina, Vicente Salgueiro, que ao lado do governador Rodrigo Rollemberg, esteve na abertura oficial do evento na manhã desta quarta-feira (05/04).
Diversas autoridades do Distrito Federal se fizeram presentes na tenda montada, entre elas o presidente nacional do Sebrae, Domingos Afif Domingos, que elogiou a parceria do órgão com o Governo do DF. “Para chegarmos nesse ponto, tínhamos que ter alguém com vontade política. Vamos fazer de Brasília um modelo para o Brasil”, disse em seu discurso.
O governador Rollemberg falou da importância de ter Brasília como referência no cenário nacional, citando que São Paulo já está adotando o modelo iniciado aqui no DF. “Esse é o mutirão da simplificação e da regularização de empresas. Temos que acabar com a burocratização”, falou em seu discurso, aproveitando para lembrar as várias obras que estão em andamento na cidade de Planaltina, como a do Centro Olímpico, da Delegacia de Polícia, da Rodoviária e do Centro Cultural. Ao encerrar, o governador deixou o convite ao presidente do Sebrae, para participar e conhecer as duas principais festas da cidade de Planaltina: a Via Sacra e a festa do Divino Espírito Santo.
No mutirão de Simplificação, os microempresários poderão participar até o dia 11 deste mês, de 9h às 18h, de palestras, oficina, seminários e orientações para a empresa lucrar e simplificar. Pelo telefone 0800-570-0800, os interessados poderão tirar suas dúvidas.

O Centro de Referência em Práticas Integrativas em Saúde (Cerpis) de Planaltina realizou no ano passado cerca de 30 mil atendimentos, nas manhãs de terças e quintas-feiras. Especializado no fornecimento de plantas medicinais, a unidade faz tratamento preventivo e de promoção de saúde, participação popular e atendimento com as Práticas Integrativas em Saúde, nas áreas de homeopatia, acupuntura, terapias comunitárias, automassagem, oficinas, além da distribuição e dispensação de fitoterápicos.
No Cerpis, localizado numa área de 20 mil m², são cultivadas mais de 30 tipos de plantas medicinais, como erva cidreira, guaco, espinheira santa, carqueja, capim santo, hortelã, boldo e outras, manipuladas pela Farmácia Viva do CERPIS e distribuídas gratuitamente à população, mediante prescrição. “Também são produzidas pomadas, tinturas, chás e xaropes para as doenças mais corriqueiras, como gripe, tosse, disfunção estomacal”, explicou a farmacêutica Isabele Aguiar, lembrando que os resultados alcançados são grandes e o custo muito baixo. “Um xarope de guaco na Farmácia Viva do CERPIS, por exemplo, tem o custo final de R$ 1,00”.
Para o gerente do Cerpis, doutor Marcos Freire, é muito importante fazer a medicina preventiva, incentivar as atividades físicas e divulgar o uso de medicamentos naturais.
História – A Unidade de Medicina Alternativa foi criada pelo Governo do DF no ano de 1999, mas o trabalho havia sido iniciado mesmo em 1983 por um grupo de pessoas, com o plantio de um canteiro de ervas medicinais. A persistência fez com que o trabalho se ampliasse e começou, então, o atendimento médico nas áreas de homeopatia, fitoterapia, acupuntura e psicologia.
Tantos anos depois, o local já é uma realidade. Hoje chamado de Centro de Referência em Práticas Integrativas em Saúde, o Cerpis, como é conhecido, está ligado à Diretoria Regional de Atenção Primária à Saúde, do GDF, e atende um grande público, prioritariamente na Estratégia Saúde da Família (ESF), com atividades preventivas voltadas para a saúde, que vão desde automassagem chinesa, autoconhecimento, oficinas, palestras, cursos, alimentação integral, xaropes caseiros, bordado terapia e outros.

No Cerpis Planaltina, além do prédio do laboratório e distribuição de plantas medicinais e fitoterápicos, tem o ambulatório, a roda de automassagem e a tenda de atividades. Recentemente, foi inaugurada a Praça da Saúde, com pista de caminhada e Ponto de Encontro Comunitário (equipamentos para ginástica). “Nesse espaço, fizemos o plantio de árvores, em homenagem a cada criança que nasceu em nossa cidade no mês de agosto”, disse Joceilson, membro do CERPIS.

No local há também uma estufa para o cultivo de mudas de árvores que são distribuídas nos centros de saúde e escolas. “Nossa atuação é conjunta com os diversos setores da Atenção Primária, visando sempre a promoção da saúde e realização de oficinas integrativas”, explica Joeilson.

Para Maria Rita, moradora da Vila Buritis, “o espaço é muito importante. Tanto eu quanto minha família usufruímos dos benefícios oferecidos aqui. Tem que continuar e melhorar cada vez mais”, comentou na saída do curso de Terapia Floral.

O mesmo pensamento é compartilhado por Obênhia Barbosa Medeiros, que há muitos anos frequenta o Cerpis e já participou de diversos cursos. “Sinto aqui uma energia muito positiva. Uma paz. Gosto muitos dos chás, que fazem bem para a saúde”.

Algumas oficinas já promovidas no espaço do Cerpis Planaltina:
. Medicina indiana
. Risoterapia
. Desvendar da voz e cantoterapia
. Aleitamento materno
. A importância do sono reparador
. O limão para a saúde
. Xarope caseiro

O Cerpis Planaltina fica ao lado do Hospital Regional da cidade.

A sexta-feira (24/03), foi agitada para os 31 administradores regionais, que durante todo o dia participaram, na Residência Oficial de Águas Claras, de reunião com o governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, e com o secretário das Cidades, Marcos Dantas. As diretrizes e estratégias para os próximos meses de governo foram apresentadas, com pedido de maior empenho na interlocução com a comunidade. 
O governador solicitou maior celeridade na solução de problemas de manutenção dos equipamentos e serviços públicos. Entre os assuntos discutidos, estão: limpeza urbana, iluminação, segurança, fiscalização e obras. 
O administrador de Planaltina, Vicente Salgueiro, esteve presente e avaliou como positivo o encontro. “Esse alinhamento com os demais órgãos é muito importante, pois se traduz em melhorias e mais agilidade para a comunidade”, comentou.
Além dos administradores regionais, estavam presentes representantes das secretarias da Segurança Pública e da Paz Social, e de Obras, Infraestrutura e Serviços Públicos; da Controladoria-Geral do DF; da Agefis; da Novacap; da Defesa Civil e do SLU.

O administrador de Planaltina Vicente Salgueiro, junto com representante do SEBRAE de Planaltina, Eliane, e o coordenador do Projeto Eu que Faço, Bernardes, visitaram os Assentamentos Oziel Alves e Pequeno William para conhecer de perto o projeto realizado pelos artesãos daquela região.

Com o objetivo de debater sobre o turismo e crescimento da cidade de Planaltina, empreendedores, comerciantes e líderes comunitários participaram, ao lado do vice-governador do Distrito Federal, Renato Santana, e do administrador regional Vicente Salgueiro, na quarta-feira (22/03) de um coffee break no Clube Acqua Cerrado. 
Durante o encontro os participantes também discutiram as medidas para geração de empregos na cidade e as ações necessárias para melhorias para a população. 
Em seu discurso, o administrador fez um breve balanço das ações realizadas na cidade no último ano, citando o esforço da equipe para manter os diversos bairros, comércio e feiras sempre limpos, como as operações tapa-buraco por todas as ruas e avenidas, o reinício das obras da Vila Olímpica, a reforma da rodoviária e o término da construção da 16ª. DP. “Estamos contando com a ajuda do deputado Agaciel Maia, que somente para este ano, destinou ao orçamento do governo mais de R$ 5 milhões para nossa cidade”, lembrou Salgueiro.

O administrador regional visitou o canteiro de obras da 16ª Delegacia de Polícia, juntamente com o engenheiro Euly Costa, responsável técnico pela obra, e pode observar o que já foi feito na estrutura. A DP será entregue no segundo semente deste ano.

Administrador Regional acompanhou no dia 23/02, o Vice-Governador Renato Santana em visita a Escola Classe 06 Vila Buritis do Diretor Edmilson Bispo, onde o mesmo pode ver as melhorias que foram executadas na Escola em 12 dias com a parceria Administração Regional, SSP/DF, CRE Planaltina e FUNAP.

,Administrador Regional participou da reunião da AISP – Pacto Pela Vida – SSP/DF, com todos os Órgãos de Segurança do DF, para trata do Plano de Ações para o Carnaval da Cidade que este ano contara com várias atrações em diversos pontos de Planaltina.

Administrador Regional de Planaltina Vicente Sagueiro, juntamente com o Deputado Distrital Agaciel Maia, Subsecretária de Segurança Cidadã Joana D’Arc e a Coordenadora da Regional de Ensino de Planaltina Queti Diettrich participaram no dia 15/02, do Diretor para a Abertura do Ano Letivo na Escola Classe 13 no Bairro Jardim Roriz, na oportunidade foi entregue aos alunos o parque infantil e o Deputado garanti verba (emenda parlamentar) para construção da quadra com cobertura na Escola.

Governador Rodrigo Rollemberg inaugurou o Sistema de Abastecimento de Água do Núcleo Rural Oziel Alves III, “cerca de 830 pessoas receberam acesso a água potável com a inauguração do sistema de abastecimento do assentamento. São 166 ligações da rede hídrica em propriedades”.

Administrador Regional, participou do projeto Ações Urbanas que está dentro do Programa Cidades Limpas, onde foi realizamos a revitalização de uma Praça no Birro Nova Planaltina com a ajuda Comunidade.

Administrador Regional de Planaltina, participou na noite de 02,/02 no Museu Histórico e Artístico de Planaltina da abertura da Exposição “Costurando Entre Nós” do amigo Felipe Vitelli. Faço aqui um convite a Comunidade da Cidade para ir prestigiar a exposição que está muito linda e bem organizada pela Curadoria da Simone Macedo.
Período de 25/01 a 25/03 de quarta a domingo das 8h00 às 18h00!

O Governo de Brasília inicia na segunda-feira -30 de janeiro, uma força-tarefa para atender às demandas de limpeza e conservação feitas pela comunidade de Planaltina. Cerca de 300 pessoas, de diversos órgãos do governo, estão mobilizadas para melhorar o ambiente urbano e trazer mais qualidade de vida à população. Até o próximo dia 10, os trabalhadores estarão realizando serviços como poda de árvores, troca de lâmpadas, limpeza de vias e praças, manejo ambiental para o combate ao mosquito da dengue, pintura de faixas de pedestre e desobstrução de bocas de lobo nas principais ruas.

 

É o programa Governo de Brasília – Secretaria das Cidades – Administração Regional de Planaltina.

banerprincipalZEEDF

Conheça o texto referência do anteprojeto de lei do ZEE-DF e faça suas sugestões.

O Zoneamento Ecológico-Econômico (ZEE) é um instrumento legal que promove o desenvolvimento sustentável de um determinado território a partir da compatibilização de suas características ambientais e socioeconômicas, considerando potencialidades e vulnerabilidades da região.

No Distrito Federal, ele vem sendo debatido por um corpo técnico multidisciplinar e agora, após uma série de análises e estudos, o Governo de Brasília convida a sociedade para conhecer e contribuir com o texto referência do anteprojeto de lei do Zoneamento Ecológico-Econômico do Distrito Federal (ZEE-DF).

Consultas Públicas presenciais

Data: 25/10/2016 (terça-feira)
Horário: das 19h às 22h
Cidade: Sobradinho
Local: Auditório do colégio La Salle
Endereço: Quadra 14, Área Especial, Lotes 24 a 27

Mais informações:
http://www.zee.df.gov.br/

Moradores da quadra 06 da Vila Buritis estão felizes, a Administração Regional de Planaltina, juntamente com a CEB, instalou no dia 22/04, sexta-feira, iluminação pública no Ponto de Encontro Comunitário – PEC, que está sendo construído com recursos de emenda parlamenta do deputado Agaciel Maia.

Eventos Esportivos

 
 

EVENTO

LOCAL

MÊS

 

Campeonato dos Campeões
Futebol (campos de várzeas)

Modulo esportivo
Estádio Adornir Guimarães / Campo do Ninim

Fevereiro / Abril / 2015

 

Campeonato Cidade Planaltina
Futebol (campos de várzeas)

Modulo esportivo
Estádio Adornir Guimarães / Campo do Ninim

Fevereiro / Abril / 2015

 

Torneio de Society J. Roriz
Futebol de Quadra

Bairro Joaquim Roriz

Fevereiro / Abril / 2015

 

Torneio de Society Buritis II
Futebol de Quadra

Bairro do Buritis II

Março / Junho / 2015

 

Veloterra
Carros e Veículos Tubulares

Morro da Capelinha

Março / Novembro / 2015

 

Copa Futsal
Futebol de Salão

Ginásio da Escola CAIC

Abril / Junho / 2015

 

Campeonato dos Veteranos
Futebol (campos de várzeas)

Modulo esportivo
Estádio Adornir Guimarães / Campo do Ninim

Abril / Junho / 2015

 

Campeonato Master
Futebol (campos de várzeas)

Modulo esportivo
Estádio Adornir Guimarães / Campo do Ninim

Abril / Junho / 2015

 

Campeonato das Categorias de Base – Futebol (campos de várzeas)

Modulo esportivo
Estádio Adornir Guimarães / Campo do Ninim

Abril / Agosto / 2015

 

Campeonato Feminino
Futebol

Praça do Estudante

Maio – Junho / 2015

 

Torneio de Beach Soccer
Futebol de Areia

Módulo Esportivo

Maio – 06/05 / 2015

 

Torneio de Vôlei (4 por 4)

Praça do Estudante / Quadra da Vila Vicentina

Maio – 01/05/2015

 

Corrida de Rua Parque Sucupira

Parque sucupira.

Maio – 2015

 

Copa Sul Americana de Base
Futebol

Estádio Adornir Guimarães / Campo do Ninim / Embrapa

Julho 18/07/2015 a 04/082015 Previsão

 

Copa Rural da Saída Norte
Futebol

Área rural de Planaltina

Julho / Setembro / 2015

 

Campeonato dos Órgãos
Futebol

Estádio Adornir Guimarães / Campo do Ninim

Julho / 2015

 

Torneio de Vôlei
(dupla/areia)

Modulo esportivo

Agosto – 06/08 / 2015

 

Campeonato Internacional de Capoeira

Funções Múltiplas

Agosto / 2015

 

Torneio de Skate

Praça do Estudante

Agosto / 2015

 

Corrida da Pedra Fundamental

Planaltina

Agosto / 2015

 

Pedalada de paz

Bairros de Planaltina

Agosto / 2015

 

Copa Planaltina
Futebol (campos de várzeas)

Modulo esportivo

Estádio Adornir Guimarães / Campo do Ninim

Setembro / Novembro / 2015

 

Copa dos Veteranos
Futebol (campos de várzeas)

Modulo esportivo
Estádio Adornir Guimarães / Campo do Ninim

Setembro / Novembro / 2015

 

Copa Master
Futebol (campos de várzeas)

Modulo esportivo
Estádio Adornir Guimarães / Campo do Ninim

Setembro / Novembro / 2015

 

Torneio de Vôlei

Quadra da Vila Vicentina / Praça do Estudante.

Setembro / Novembro / 2015

 

Torneio de Basquete

Praça do Estudante

Setembro – 07/09 / 2015

 

Corrida pela Paz
Maratona

Planaltina

Setembro / 2015

 

Torneio de Karatê Vale do Amanhecer

Vale do Amanhecer

Outubro – 12/10 / 2015

 

Torneio de Karatê de Planaltina

Ginásio de esportes do Buritis III

Novembro – 15/11/ 2015

 

Corrida da Cidade
Maratona

Planaltina

Novembro / 2015

Eventos Rurais / Industriais / Comerciais

 
 

EVENTO

LOCAL

MÊS

 

Feira do Microempreendedor Individual

Estacionamento da Administração Regional

13 a 18 de Maio

 

Semana do Produtor Rural

Decreto 19.118 de 23/03/1998

Sede do Núcleo Rural de Tabatinga

23 a 31 de Maio

 

Encontro dos Produtores de Maracujá

Sede do Núcleo Rural de Pipiripau II

24 de Junho

 

Semana do Pimentão

Lei 4.616 de 23/08/2011

Sede do Núcleo Rural Taquara

12 a 16 de Agosto

 

Desfile de Carro de Boi

Chácara Vereda ao Parque de Exposições Agropecuária de Planaltina

20 a 23 de Agosto

 

Exposição Agropecuário de Planaltina – EXPLOPAN

Parque de Exposições Agropecuária de Planaltina

27 a 30 de Agosto

 

Feira de Indústria e Comércio

Parque de Exposições Agropecuária de Planaltina

27 a 30 de Agosto

 

Copa Marcha Largo

Parque de Exposições Agropecuária de Planaltina

27 a 30 de Agosto

   
 

EVENTO

LOCAL

MÊS

 
 

 

Festa do Padroeiro
São Sebastião

Lei 4.544 de 02/03/2011


 

Igrejinha de São Sebastião

Janeiro

 
 

 

Folia de Reis

Lei 1.513 de 08/07/1997

 

Planaltina

Janeiro

 
 

Via Sacra

 

Estacionamento da Administração Regional

 

28 de Março a 5 de Abril

 
via-sacra-plan-80

Via Sacra ao Vivo

Decreto 28.870 de 17/03/2008

 

Morro da Capelinha

 

3 de Abril

 
 

Cavalgada Porta Minas

Lei 4.907 de 21/08/2012

 

Planaltina – Unaí

 

Abril

 
 

Festa de Santa Rita de Cássia

Lei 15.624 de 05/05/1994

 

Paróquia Santa Rita de Cássia

Vila Buritis

 

22 de Maio

 

120A

Festa do Divino Espírito Santo

Folia de Roça e de Rua

Decreto 3.410 de 02/08/2004

Praça São Sebastião

Comunidades Urbanas e Rurais

15 a 22 de Maio

 
 

 

Festa de Pentecostes

Avivando a Nação

Lei 5.038 de 25/02/2013
 

Avenida Marechal Deodoro

22 a 24 de Maio

 
 

 

Aniversário Planaltina

Decreto 571 de 19/01/1967

 

Planaltina

19 de Agosto

 
 

Cavalgada Planaltina 156 anos

 

Pedra Fundamental ao Parque de Exposições Agropecuária de Planaltina

 

29 de Agosto

 
 

Cruzada Evangelista em Planaltina

Lei 1.696 de 24/09/1997

 

Estacionamento da Administração Regional

 

28 a 30 de Agosto

 
 

Festa de São Vicente de Paulo

Lei 4.543 de 02/03/2011

Planaltina

Setembro

 

13466515_1184250771627431_4284127075611155792_n

Aconteceu na sexta-feira (24/06) o 1º Festival de Música das Escolas Públicas de Planaltina (1º FMEP) no auditório do Ginásio de Múltiplas Funções, com apoio da Gerência de Cultura (GECEL) e realização da Regional de Ensino. A apresentação foi feita por Landomaia  e André Medeiros. O Festival contou com a presença do secretário de Educação Júlio Gregório. Mais de 12 bandas de diversas escolas de Planaltina participaram do evento.

 

 

13412887_1175866999132475_4426394250353100424_n

A Administração Regional de Planaltina concluiu na sexta-feira (10/06) a revitalização do parque infantil localizado no interior do Parque Ecológico Sucupira. Os brinquedos foram reformados e pintados, atendendo mais uma demanda da comunidade.

 

13445661_1175855195800322_14225971428472454_n

Na manhã de quarta-feira (08/06), o administrador regional Vicente Salgueiro, juntamente com o diretor do 1º Distrito do DER, vistoriou as obras de execução de passeio ligando o Núcleo Rural Rajadinha III, na DF-250, a Parada de Ônibus, na DF-130. Mais uma   reivindicação da comunidade sendo atendida. Serão construídas aproximadamente 500 metros de passeio e 20 metros de aguas pluviais.

 

 

13177095_1154903354562173_5449663201502356261_n

A Base do SAMU de Planaltina passou por reformas e foi reinaugurada na manhã de terça-feira (10/05), com a presença do governador Rodrigo Rollemberg, do deputado Agaciel Maia, do administrador regional Vicente Salgueiro e o presidente da Novacap Julio Menegotto. O novo espaço foi todo repaginado e agora está dentro dos padrões do Ministério da Saúde, habilitando o SAMU do DF a receber recursos federal para o projeto.

13232927_1157930250926150_4481190476913095732_n

Cerca de 8 mil pessoas participaram do Encontro das Bandeiras, que aconteceu na praça da Igreja Matriz São Sebastião, no sábado (14/05). A cerimônia do Encontro das Bandeiras, que reúne as paróquias, capelas e a Folia de Roça, teve início por volta das 13h, com oração, músicas e apresentação que emocionou os participantes, com a imagem de Nossa Senhora Aparecida que surgiu em meio a fumaça, entre dois anjos e uma chuva de pétalas.

Cerca de 300 cavaleiros chegaram à cidade, vindo das fazendas da região e da última Folia de Roça. Um casal representando cada grupo subiu ao palco para as orações.

Como acontece todos os anos, após as celebrações, foi servido um almoço comunitário.

O deputado Agaciel Maia, o administrador de Planaltina Vicente Salgueiro e o governador do DF Rodrigo Rollemberg, acompanhados por suas esposas, participaram da última Folia de Roça, na sexta-feira, na Fazenda Águas Emendadas, do festeiro Jorjão, e das comemorações neste sábado.

A Festa do Divino Espírito Santo é realizada há 156 anos. Desde 2013, ela é considerada patrimônio cultural imaterial do DF. A festa recorda a descida do Espírito Santo sobre os apóstolos de Jesus, no dia de Pentecostes, sete semanas depois da Páscoa.

A Missa de Pentecostes, na noite do domingo, marcou o encerramento da Festa do Divino deste ano. As celebrações começaram às 7h da manhã e se estenderam por todo o dia. Café a manhã, missa, orações, apresentação, almoço e muita fé marcaram a festa.

O administrador de Planaltina, Vicente Salgueiro, acompanhou o início das obras da reforma da Escola Classe 02 do Arapoanga, que será executada por meio de parceria com o Exercito Brasileiro, SEJUS, Regional de Ensino de Planaltina, SEEDF e Administração Regional.

Operação Tapa Buracos na quadra 4  e 5 da Vila Buritis, próximo a Igreja Santa Rita de Cassia. Mais uma solicitação da comunidade atendida pela Administração Regional.

No sábado (07/05), foi a vez de acabar com os buracos das quadras 6, 3 e 4, também na Vila Buritis.

Instalação de aparelhos de ginástica no Ponto de Encontro Comunitário da Quadra 6 da Vila Buritis. Mais uma demanda da comunidade atendida pela Administração.

O administrador Regional Vicente Salgueiro acompanhou também a instalação de aparelhos de ginastica no Ponto de Encontro Comunitário da Quadra. 2K, conj "A" do Bairro Arapoanga. Mais uma reivindicação da Comunidade atendida pela Administração.

13177472_1153498911369284_2101998590966414454_n

Na noite de sábado (07/05), aconteceu a final do Campeonato de Futebol Amador Society do Jardim Roriz, no Campo sintético da Quadra 6/7 do Jardim Roriz, com a presença do administrador da cidade, Vicente Salgueiro.

Ao final da partida, aconteceu a entrega da premiação, troféus e medalhas.

O deputado Agaciel Maia, presidente da Comissão de Economia e Finanças da Câmara Legislativa (CEOF), esteve presente e garantiu aos presentes a reforma do campo, uma reivindicação antiga da comunidade esportista do bairro Jardim Roriz.

13174163_1153493591369816_4543519690568838389_n

Artistas de Planaltina e artistas convidados coloriram com suas artes os tapumes que cercam as obras de construção do Complexo Cultural, que está sendo erguido ao lado da Administração Regional. Após solicitação dos artistas, a Administração entrou em contato com a empresa responsável pela obra e alinhou a ação com os organizadores do Evento.

O resultado está incrível. Confira alguns trabalhos.

13428445_1175870682465440_8791183501128206836_n

. Na quarta-feira (08/06) aconteceu mais dois jogos do Campeonato de Futebol Society dos órgãos, organizado pela Gerência de Cultura e Esportes da Administração Regional, na Arena Nininho: PMGO X Bombeiros/DF e DETRAN/BRB X CEB.

 

. Aconteceu neste final de semana, novas partidas do Campeonato de Futebol Amador de Planaltina. O administrador regional e o gerente de Cultura e Esportes, Magu, acompanhou de perto as partidas, no campo de terra batida ao lado do Estádio Adonir Guimarães. O Vila Nova venceu por 3 a 1 o time do Barcelona.

 

. Na manhã de sábado (10/06), o administrador Vicente Salgueiro acompanhou as partidas do Campeonato de Futebol Amador das Categorias de Base que está sendo organizado pela Gerência de Esportes da Administração Regional, no Campo de Futebol Society, na Quadra 6 da Vila Buritis.

 

O administrador de Planaltina Vicente Salgueiro acompanhou, na manhã de sábado (07/05), a operação, em conjunto com a Novacasp, de retirada de entulhos no Bairro Jardim Roriz, Estancia de I a V, Arapoanga e Estancia Planaltina. A operação contou com 40 caminhões e 8 pás carregadeira. Segundo o administrador, esse foi um pedido da comunidade feito por meio de Carta Pública.

 

13124948_1153492224703286_6346983444294024806_n

Teve início na noite de sexta-feira (06/05) a novena do Divino Espírito Santo 2016, na Paróquia de São Sebastião, que abre os festejos de uma das maiores festas da cidade.

Trazido pelos portugueses, os festejos fazem parte do calendário de festas populares do Brasil e reúne muitos fiéis e turistas.

A Festa do Divino teve origem na antiguidade, com a Festa de Pentecostes, celebrada 50 dias após a Páscoa. Apesar de ter sofrido algumas modificações, ela mantém algumas tradições, como a escolha do imperador, que gerencia tudo sobre a festa. O ponto alto é a procissão do Imperador, que representa a corte portuguesa, até a missa no domingo de festejo. O Imperador sempre ostenta a Coroa e o Cetro Imperial e é acompanhado por sua família, mordomos, pelas Virgens, pela banda sinfônica e a população em geral.

A Festa do Divino é uma celebração longa, com duração média de 20 dias, onde cada dia há um acontecimento diferente. A Festa é cheia de detalhes e, por isso, sua preparação leva meses e envolve a comunidade local, construindo uma grande rede de relações entre todos os participantes.

quadra 06

Finalmente começou a iluminação do campo de futebol society sintético da quadra 6, o conhecido Campo do Nininha. Foram dois anos de espera pelos amantes do futebol.

O administrador regional Vicente Salgueiro, acompanhado pelo gerente de esporte, Magu Vila Nova, esteve no local para acompanhar os trabalhos.

arte

O administrador de Planaltina participou na noite de sábado (23/04) da abertura da Mostra de Arte Contemporânea, no Museu Histórico e Artístico de Planaltina. Durante a cerimônia de abertura, três artistas receberam os prêmios nos valores de R$ 8 mil para o primeiro lugar, R$ 6 mil para o segundo e R$ 4 mil para o terceiro colocado.

A exposição com trabalhos de 20 artistas vai até 24 de junho, de terça a domingo, das 8h às 18h. Abaixo você confere os artistas selecionados, levando em conta a inovação, ousadia, pesquisa. Foram contempladas as linguagens do desenho, pintura, escultura, objeto, fotografia, vídeo-arte, performance e intervenção urbana.

Teve início mais uma obra em Planaltina: cobertura da quadra esportiva do Centro de Ensino Especial, no Setor Central de Planaltina, liberada graças aos recursos enviados pelo deputado Agaciel Maia ao Orçamento do Governo. A quadra será entregue à comunidade no final de janeiro. Esta é uma solicitação de mais de 10 anos da comunidade.

19-04

Desde o dia 19/04 as máquinas estão fazendo a revitalização do asfalto da cidade de Planaltina, uma parceria entre a Novacap e a Administração Regional. A empresa responsável pela obra é a Bela Via Engenharia. Os trabalhos começaram pelo Setor Habitacional Estâncias.

Além do tapa-buracos, as Estâncias vão ganhar também quebra-molas em diversos pontos.

13102603_1144494302269745_4945244983549178012_nJuntamente com o Diretor do DER, o administrador de Planaltina, Vicente Salgueiro, realizou visita à obra da ponte sobre o Rio Palmeiras, no Núcleo Rural Palmeiras, que foi concluída e entregue esta semana à comunidade.

O Núcleo de Cultura, Esporte e Lazer (NUCEL) da Administração de Planaltina, deu início neste sábado (12/03) a Copa de Futebol da Categoria de Base de Planaltina.

A partida de abertura – Escolinha da PM X Flamengo – aconteceu no estádio Adonir Guimarães com a participação de grande público. Também jogaram Asac X América e Planaltina X Vale do Amanhecer.

 

sesaao solene caderanre

A Solenidade foi no Centro de Ensino Especial 01 de Planaltina, onde estiveram presentes deputados distritais, secretários de estado, representantes da Novacap e BRB, que têm contribuído com os atletas, a escola, educação e o esporte na cidade.

O evento aconteceu na tarde de sexta-feira (11/03) e contou com a presença do presidente da Comissão de Economia, Orçamento e Finanças (CEOF), deputado Agaciel Maia(PTC-DF). Para ele, “esse é um momento especial, de grande emoção não só para a comunidade de Planaltina, mas para todos nós, por termos pessoas tão especiais, campeãs e com tanta garra”. A equipe de basquetebol foi campeã brasileira, do centro-oeste e do DF.

marc tapa buraco

Os conjuntos 12 e 13 da quadra 12, conjunto 8 da quadra 15 e conjunto 5 da quadra 13 do Buritis III receberam a equipe de trabalho da Administração de Planaltina, nesta terça-feira (08/03), que realizou a operação tapa-buracos nas ruas do bairro.

Na quarta-feira (09/03) foi a vez da Quadra 20 do Buritis II. A ruas recuperadas são: a rua do colégio, a da pracinha e os conjuntos F, K, L e I.

A equipe da Administração também está trabalhando na limpeza das bocas de lobo. Esta semana o trabalho foi nas Estâncias II e IV. Já o conjunto G da Quadra 20 conjunto G recebeu quebra-molas.

 

Nessa quarta-feira, 24/2, o Fórum de Planaltina recebeu o primeiro Posto Avançado do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e de Cidadania do Programa Justiça Restaurativa – CEJUST. A cerimônia  de instalação contou com a presença do Presidente do TJDFT, desembargador Getúlio de Moraes Oliveira, e do 2º Vice-Presidente, desembargador Waldir Leôncio Júnior, que juntos entregam aos magistrados e à comunidade as obras de reforma do Fórum. Na ocasião, também ocorreu a aposição de fotografias na galeria de juízes ex-Diretores da comarca.

 

Fonte: TJDFT

E as ações de combate ao mosquito Aedes aegypti não param em Planaltina. Na foto, a equipe do Corpo de Bombeiros, hoje pela manhã, em frente a Administração Regional, se preparando para mais um dia de trabalho de visita as residências do Mestre D’Armas.

Amanhã a equipe estará visitando as casas das Estâncias.

Na tarde desta terça-feira (05/01), a equipe da Administração Regional concluiu as obras de revitalização dos parques infantis da Vila Nossa Senhora de Fátima e da quadra 21 do Buriti IV.

Os parques receberam areia nova, conserto dos brinquedos, pintura e limpeza de toda área.

A equipe da novacap e da Administração Regional reiniciaram nesta terça-feira (05/01) a operação tapa-buracos nas ruas da cidade. Os trabalhos começaram pelo Buriti II.

Os moradores do Jardim Roriz receberam na manhã desta segunda-feira (04/01) a equipe da Administração Regional, que com máquinas e caminhões fizeram a retirada de entulhos no bairro. O administrador esteve no local para acompanhar o trabalho e solicita que a população colabore não jogando lixo de forma indevida nas ruas e áreas públicas.

Força-tarefa atuará nos bairros da Estância Mestre D'Armas

BRASÍLIA (31/12/15) – O DF continua a intensificar as ações de combate ao mosquito Aedes aegypti, causador da Dengue, Febre Chikungunya e Zika vírus. Desde o dia 14 deste mês o governo está atuando com uma força-tarefa, composta pelos agentes de vigilância ambiental, da Secretaria de Saúde do DF, por 120 militares do Exército, 50 da Marinha, 100 bombeiros, 30 agentes da Defesa Civil, 67 servidores da Agência de Fiscalização do Distrito Federal (Agefis), além de servidores da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) e do Serviço de Limpeza Urbana (SLU).

Na próxima semana, esta força-tarefa estará nos bairros Estância Mestre D'Armas, em Planaltina. Desde o dia 21 de dezembro, os profissionais já passaram pelos bairros Vale do Amanhecer, Vila Buritis, Jardim Roriz e Mansões Itiquira, considerados áreas de risco da cidade. Na primeira semana da operação, Novacap e SLU já retiraram mais de 4 mil toneladas de lixo e entulho na região.

“Além de conscientizar a comunidade, o plano de ação tem o objetivo de combater focos do mosquito e, consequentemente, reduzir o número de casos de dengue, febre chikungunya e zika vírus”, afirmou a chefe do Núcleo de Vigilância Ambiental de Planaltina, Marinalva Teles.

Planaltina é a região administrativa com o maior registro de casos de dengue no Distrito Federal. Foram 2.185 incidências desde o início do ano até 21 de dezembro — uma redução de 8,2% em relação a 2014, quando houve 2.381 registros.

Quem quiser informar os focos do mosquito na região deve entrar em contato com o Núcleo de Vigilância Ambiental de Planaltina, no telefone 3388-3909. O morador que não tiver em casa no momento em que os profissionais tiverem passado, pode também ligar na vigilância para informar em qual outro horário a equipe poderá realizar a visita.

O administrador regional de Planaltina, participou na manhã de hoje (22/12) da cerimônia de premiação aos vencedores dos Jogos Abertos de Brasília 2015. A entrega dos troféus aconteceu no Palácio do Buriti, com a presença do governador Rollemberg.

As disputas aconteceram de 10 a 31 de outubro em seis modalidades: basquete, judô, futsal, atletismo, natação e voleibol. Sete cidades foram premiadas, entre elas, Planaltina, cujo time de Futsal se destacou. 
Os jogos foram promovidos pela Secretaria de Educação, Esporte e Lazer, com patrocínio da Federação das Indústrias do Distrito Federal, que bancou integralmente os custos dos prêmios e das taxas de arbitragens.

Juntamente com o governador Rollemberg, militares do Exército, Marinha, Defesa Civil e Corpo de Bombeiros estiveram em Planaltina para inicia o mutirão de combate ao mosquito Aedes aegypti

Teve início na manhã de hoje (21/12), a força-tarefa para intensificar o combate ao mosquito da dengue em Planaltina. A cerimônia de lançamento da ação do governo na cidade aconteceu no estacionamento ao lado da Administração Regional, com a presença do governador do Distrito Federal Rodrigo Rollemberg, que explicou aos presentes a importância do mutirão, informando que, diariamente, cem militares do Corpo de Bombeiros, cem do Exército e 50 da Marinha vão auxiliar os agentes de vigilância epidemiológica da Secretaria de Saúde nas visitas às residências.
Em seguida, o governador, o administrador Vicente Salgueiro e a equipe de combate visitaram uma residência na Vila Buritis, onde a dona de casa explicou tomar todos os cuidados para prevenir sua casa contra o mosquito. 
O objetivo da força-tarefa é visitar todas as residências da cidade, retirar lixo entulhos de locais impróprios, inclusive de terrenos vazios e orientar a população sobre a importância de não deixar o mosquito proliferar. “Temos que manter vigilância constante”, disse o governador lembrando que o mosquito também transmite a febre chikungynya e a zika.
A Administração Regional, junto com a Novacap, há dois meses está fazendo limpeza nos bairros da cidade. Várias toneladas de lixo já foram recolhidas. “É preciso, no entanto, que a população se conscientize e colabore, mantendo suas regiões limpas e não deixando água parada de jeito nenhum”, alerta o administrador regional Vicente Salgueiro.

A Administração Regional de Planaltina com apoio da NOVACAP, realizará esta semana a retirada de entulhos nos bairros da cidade.
A operação de limpeza obedece cronograma de segunda a sexta-feira, com caminhões e máquinas. “Mas é importante que a população se conscientize e ajude a manter a cidade limpa, não jogando em áreas públicas restos de construção, móveis velhos e lixo em geral”, aconselhou o administrador Vicente Salgueiro.

Neste sábado (21/11), o Mutirão de Plantio da Virada do Cerrado, de iniciativa da Secretaria do Meio Ambiente com apoio da Administração Regional e participação do Grupo Escoteiro de Planaltina 34° – GEPLAN, fizeram plantio de árvores nativas do cerrado no Parque Sucupira.

O administrador de Planaltina Vicente Salgueiro, acompanhado do governador Rodrigo Rollemberg, participou no sábado (17/10) do II Mutirão da Cidadania, que aconteceu no Centro Educacional Dona América Guimarães, no Setor Habitacional Arapoanga.

Órgãos públicos presentes ofereceram à população diversos serviços, como atendimento médicos, palestras, emissão de carteira de trabalho, defensoria pública, além de oficinas de esportes e pintura, exposições e distribuição de brindes.

Participaram do mutirão órgãos como Defensoria Pública, Banco de Brasília, Instituto de Defesa do Consumidor, Companhia de Saneamento Ambiental, Serviço de Limpeza Urbana, Companhia de Desenvolvimento Habitacional, Secretarias do Trabalho e do Empreendedorismo e de Educação, Agência Reguladora de Águas e Saneamento do DF, Companhia Energética de Brasília, Departamento de Trânsito, além do Corpo de Bombeiros, das Polícias Civil e Militar, e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas.

A revitalização da Avenida Marechal Deodoro foi concluída na manhã de hoje (24/09) com a sinalização da via.
Após mais de 20 anos, em julho o Governo do Distrito Federal iniciou as obras de recapeamento asfáltico nos cinco quilômetros de extensão da avenida.
O administrador da cidade Vicente Salgueiro e o diretor Administrativo da Novacap Júlio Menegotto estiveram no local para fiscalizar a conclusão da obra, que finalmente foi entregue à população.

virada-cerrado2         

A Secretaria de Meio Ambiente, com órgãos públicos e organizações da sociedade civil, lançam este ano a Virada do Cerrado – Cidadania e Sustentabilidade. A Virada é um programa de colaboração entre os atores sociais para mobilizar o cidadão do Distrito Federal em defesa da sustentabilidade do Cerrado.

Dia 11 de setembro é o Dia do Cerrado. Por isso, dezenas de organizações não governamentais, órgãos do governo de Brasília e administrações regionais estão organizando atividades para despertar o sentimento de pertencimento ao Cerrado. A Virada do Cerrado é a promoção integrada para a realização de políticas, programas, projetos e ações ambientais e artísticas. Com a Virada, meio ambiente, cultura, saúde, educação e projetos sociais se encontram para trazer o tema para o cotidiano do brasiliense.

A Virada do Cerrado vem para consolidar um pacto pelo Cerrado. Vai contar com atividades de governo e também autogestionadas por organizações ambientais, culturais, sociais e órgãos públicos para realizar atividades durante os dias 11, 12 e 13 de setembro.

Este é um convite para que você participe da Virada do Cerrado que acontecerá, em Planaltina, no Parque Sucupira.

 

 

SEXTA     –     11 SET

 

 

                              SÁBADO – 12 SET

 

                          DOMINGO – 13 SET

                                 

MANHÃ

 

  • MOMENTO CÍVICO (8h30min)
  • TRILHA MONITORADA- PROFESORES ESEC DE ÁGUAS EMENDADAS
  • OFICINA – CAPOEIRA – “EU PRATICO “
  • TRILHA ORIENTADA – ORIENTAÇÃO ESPACIAL – CORPO DE BOMBEIROS DF
  • PALESTRA ONG SÓCIO PATINHAS

 

 

                                 

MANHÃ

 

  • PALESTRA – TRILHA ORIENTADA – CORPO DE BOMBEIROS (10h)
  • PALESTRA ONG SÓCIO PATINHAS (10h30min)
  • PALESTRA – SOU JOVEM SOU SUSTENTÁVEL (11h) – ONG EU PRATICO
  • OFICINA CAPOEIRA – EU PRATICO
  • ARTESANATO – EMATER

 

 

                             

MANHÃ

 

  • RODA DE CONVERSA – ONG SÓCIO PATINHAS
  • OFICINA DE CAPOEIRA – ONG EU PRATICO
  • PALESTRA: SOU JOVEM SOU SUSTENTÁVEL – ONG EU PRATICO.
  • MOSTRA DE VÍDEOS SOCIOAMBIENTAIS

                                   

TARDE

  • OFICINA DE CAPOEIRA – EU PRATICO
  • PALESTRA – SOU JOVEM SOU SUSTENTÁVEL – “EU PRATICO”
  • PALESTRA: CERRADO BIOMA QUE ME RODEIA – ONG EU PRATICO
  • MOSTRA DE VÍDEOS SOCIOAMBIENTAIS

         PLANTIO DE MUDAS NATIVAS

 

 

                            

TARDE

  • OFICINA DE CAPOEIRA – EU PRATICO
  • PALESTRA SÓCIO PATINHAS (15h30min)
  • PALESTRA CERRADO – BIOMA QUE ME RODEIA – ONG EU PRATICO (15h))
  • MOSTRA DE VÍDEOS SOCIOAMBIENTAIS

          PLANTIO DE MUDAS NATIVAS

                                

TARDE

  • OFICINA DE CAPOEIRA – ONG EU PRATICO
  • DOAÇÃO DE ANIMAIS – ONG SÓCIO PATINHAS
  • SHOW BANDA GATOS DE RUA (15h30min)
  • SHOW KALIANDRA (16h30min)

     PLANTIO DE MUDAS NATIVAS


corrida 04     corrida 03      corrida 02  

Fotos: Fabiano Nery


A 11ª Corrida de Rua de Planaltina aconteceu no dia 30, às 9 horas. O evento fechou a programação do calendário de atividades do aniversário de 156 anos da cidade. A largada e a chegada se deu ao lado do Restaurante Comunitário, na Avenida Jair dos Santos, com percursos de 5 e de 10 quilômetros. A prova começou com 80 participante e na edição de 2014, foram 380 inscritos. Já neste fim de semana, 600 pessoas se inscreveram batendo o recorde de participantes. Sem falar nas “pipocas” que estavam cheias.

O administrador regional, Vicente Salgueiro, concluiu a prova de 5 Km, ladeado pela comunidade, atletas e servidores colegas de trabalho, mas o campeão foi Otoniel Batista de Araujo. Cada um recebeu um kit com camisa, chaveiro e lanche.

Troféus foram entregues aos três primeiros colocados classificados por categoria, faixa etária e sexo. Todos que completaram o circuito receberam medalhas de participação.

 

Encontro, na quinta-feira (3/9), integra as ações do programa Viva Brasília – Nosso Pacto pela Vida 

 

 

 

A população de Planaltina poderá sugerir diretamente aos gestores da segurança pública e de diferentes áreas do Governo de Brasília medidas para reduzir a violência na região administrativa. A segunda edição do Voz Ativa na Segurança Pública está marcada para quinta-feira (3/9), às 19h30, no Caic Assis Chateaubriand, localizado na Área Especial 4 do Setor Residencial Leste.

O debate em Planaltina terá como tema as questões de gênero, como a violência contra a mulher e a homofobia. O tema foi escolhido pela Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social com base em análises criminais que apontam para um alto número de ocorrências de violência contra a mulher na região. Planaltina registrou 642 casos relativos à Lei Maria da Penha de janeiro a junho deste ano e está em segundo lugar no ranking das regiões administrativas com maior incidência – a primeira é Ceilândia com 1.176 registros.

 

No encontro, estarão presentes o secretário da Segurança Pública e da Paz Social, Arthur Trindade, e representantes das polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros, Detran e secretarias do Governo de Brasília. O Voz Ativa na Segurança Pública faz parte do Viva Brasília – Nosso Pacto pela Vida, programa de prevenção e redução de violências do governo, lançado oficialmente em 21 de julho. 

 

Direito à fala
Os participantes que quiserem dar sugestões serão inscritos por ordem de chegada a partir de 18h30. Os 15 primeiros terão dois minutos, cada, para manifestação oral. Os demais também poderão apresentar propostas que serão registradas em fichas e analisadas, posteriormente, pelas áreas do governo responsáveis pelas demandas.

 

O primeiro Voz Ativa na Segurança ocorreu na Estrutural, em agosto, onde foram discutidas questões relacionadas à juventude. Na ocasião foi também assinada pelo governador Rodrigo Rollemberg a Carta pela Paz, documento no qual o governo se compromete publicamente a implementar ações de melhorias para a segurança. 

 

Outros dois encontros do Voz Ativa na Segurança Pública estão previstos para setembro e outubro. No dia 17 deste mês, será realizada, em Santa Maria, uma discussão sobre igualdade racial e segurança. Em 1º de outubro, em Ceilândia, novo encontro discutirá cultura e segurança.

 

 

 

Voz Ativa – Segurança e Gênero

 

Data: Quinta-feira (3/9)

 

Abertura Oficial: 19h30 (Registro de sugestões a partir de 18h30)

 

Local: Planaltina (Caic Assis Chateaubriand, localizado na Área Especial 4 do Setor Residencial Leste)

 

Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social do Distrito Federal

 

Kelly Crosara, da Agência Brasília

A Defensoria Pública do Distrito Federal inaugurou, nesta sexta-feira (28), um novo núcleo de assistência jurídica em Planaltina. O espaço, com 357,78 metros quadrados, tem capacidade para até cem atendimentos diários, 20 a mais do que nos dois antigos locais — instalados em salas na promotoria de Justiça e no Fórum da região. A unidade abrirá de segunda a sexta-feira, das 12 às 19 horas, e contará com equipe de 35 pessoas.

O defensor público-geral do DF, Ricardo Batista Sousa, afirma que a área, por ser mais ampla e moderna, vai melhorar a qualidade do serviço prestado. O local fica em um prédio alugado na entrada da região e proporciona facilidade de acesso. “Nosso objetivo é trazer mais dignidade à população de Planaltina, formada em sua maioria por pessoas carentes”, afirma o defensor público.

Desde o início do ano, este é o quinto posto da Defensoria inaugurado. Os demais funcionam em Sobradinho, na Câmara Legislativa do DF, na Casa da Mulher Brasileira e no Paranoá. “A entrega dessas unidades à população é fruto do esforço dos trabalhadores da instituição”, explica Ricardo Batista.

O subsecretário da Defensoria Pública do Distrito Federal, João Ricardo Arcoverde Moraes, disse que a mudança teve custo zero, pois os móveis e os equipamentos foram apenas transferidos dos outros locais para as novas instalações. “Devolvemos a sala da promotoria e a do Fórum será ponto de apoio para o recebimento de processos”, acrescentou Moraes.

O órgão autônomo do governo vai desembolsar R$ 15 mil mensais para o pagamento do aluguel. O Núcleo de Planaltina atende demandas na área de família, cível, juizados especiais, criminal, tribunal do júri e violência doméstica.

Núcleo de Assistência Jurídica de Planaltina
SCC, Quadra 2, Bloco C, Edifício Agenor Teixeira
De segunda a sexta-feira, das 12 às 19 horas
Mais informações: (61) 2196-4534/4535

Colaboradora do governo Márcia Rollemberg participou da reinauguração do Cose que terá oficinas gratuitas para público a partir de 60 anos

Ádamo Araujo, da Agência Brasília

20768425508 bdd1f58f90 m 1    20768425838 e770f97014 m 1    20768324340 f4948b7ed4 m

Se não participasse das oficinas de artesanato e trabalhos manuais, a aposentada Severina da Silva, de 73 anos, “estaria dentro de casa vendo novelas e viveria uma vida sem grandes emoções”. Ela é uma das matriculadas no Centro de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (Cose) — Melhor Idade, em Planaltina. Voltada para o público a partir de 60 anos, a unidade passou por reforma e foi reaberta nesta sexta-feira (28), após 13 anos de cobrança da população local.

Para a revitalização, foram investidos R$ 18 mil de verba da Secretaria de Desenvolvimento Humano e Social. O equipamento público fica na Área Especial nº 1, Quadra 19, Conjunto K, do Setor Leste de Planaltina. Ali, pode-se participar de atividades gratuitas nas áreas de arte, cultura, esporte e meio ambiente, entre outras. O lote tem 380 metros quadrados, com cerca de 200 de área construída, composta por três salas — uma delas para a equipe administrativa —, copa e dois banheiros.

A colaboradora do governo de Brasília Márcia Rollemberg, esposa do governador Rodrigo Rollemberg, fez questão de estar na cerimônia de reentrega do Cose. “Esse é um espaço de exercício da cidadania”, enfatizou. E prometeu: “Pretendo voltar aqui para dar uma oficina de cerâmica.” O secretário Marcos Pacco ressaltou o compromisso que o governo é obrigado a ter com as pessoas idosas. “Conhecemos uma Nação pela forma que ela trata suas crianças e seus idosos.”

De acordo com a diretora de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, Roselita Sales, o centro terá atividades diversificadas com foco no exercício da cidadania e na colaboração com o próximo. Além disso, atuará, como o próprio nome da unidade sugere, para fortalecer laços familiares e comunitários.

Também participaram do evento o administrador de Planaltina, Vicente Salgueiro, e a chefe do Núcleo de Políticas Especiais da Casa Civil, Dinalva Cantallopes Sastre Ferreira.

Inscrição
O centro de convivência da Melhor Idade oferece 50 vagas, algumas já preenchidas. Se houver disponibilidade, os idosos que frequentam o da região central de Planaltina poderão optar por este reinaugurado hoje. Para participar das oficinas, é necessário se inscrever em um dos dois Centros de Referência de Assistência Social (Cras) da região e aguardar a convocação da equipe do Cose.

O Distrito Federal tem 18 Coses, além de quatro Cras que executam o serviço de convivência e fortalecimento de vínculos. Esses equipamentos trabalham para prevenir a ocorrência de situações de risco e de vulnerabilidade social.

Governador assistiu à cerimônia, que teve como temas a diversidade e a sustentabilidade

Kelly Crosara, da Agência Brasília

20819266395 4866e3b45a m    20632488019 327a49c826 m    20631183610 48327b87f1 m


Centenas de moradores de Planaltina uniram-se, na manhã deste domingo (23), para comemorar os 156 anos da região, completados em 19 de agosto. Como já é tradicional, o dia começou com o desfile cívico ao som da banda do Corpo de Bombeiros, que iniciou a cerimônia com o Hino Nacional seguido do regional. O governador Rodrigo Rollemberg prestigiou o evento ao lado da esposa, Márcia Rollemberg.

Com o tema Planaltina Vivenciando a Diversidade e a Sustentabilidade, o evento foi aberto por integrantes do conselho tutelar local, grupos esportivos e de dança, escoteiros mirins, idosos e representantes de igrejas diversas. “Essa região é patrimônio cultural e devemos prestar homenagem a todos os moradores, que conseguiram retratar a diversidade e a beleza locais”, afirmou o governador.

Em seguida, alunos de 16 escolas públicas passaram pela Avenida Uberdan Cardoso com mensagens de combate à violência contra mulheres e crianças e de incentivo à alimentação saudável, à preservação do meio ambiente e ao respeito à diversidade, entre outros temas. A área rural de Planaltina foi homenageada por estudantes da Escola Classe 2 do Arapoanga, que simularam a plantação e a colheita do milho. “Temos vários projetos voltados para a sustentabilidade, e essas atividades amenizam o desgaste social que eles vivem, já que a maioria dos alunos é de família com baixo poder aquisitivo”, declarou a vice-diretora da unidade, Ludmila Gonçalves de Almeida.

O encerramento do desfile contou com a participação das coordenadoras do projeto BSB Plus Size, a empresária Janaína Graciele de Brito e a juíza arbitral Ana Paula Damasceno, ambas com 38 anos. Por meio da iniciativa, elas ajudam mulheres que não se aceitam por estarem acima do peso. “Não fazemos apologia à obesidade e sim auxiliamos essas pessoas a terem autoestima e saúde”, ressalta Janaína, também miss plus size DF.

Participaram do evento ainda o secretário de Relações Institucionais e Sociais, Marcos Dantas, e o administrador de Planaltina, Vicente Salgueiro. A Polícia Militar estima que mil pessoas tenham participado do evento.

Visita a obras
Após o desfile, o governador visitou as obras de drenagem e asfalto no Setor Residencial Oeste, que estavam paradas desde o ano passado. Na etapa seguinte, serão feitos o meio-fio e a sinalização vertical e horizontal. Além disso, ele almoçou no tradicional costelão da Loja Maçônica Sete de Setembro VII, também em Planaltina.

Por Kleber Ribeiro

Foto: Tony Winston/Agência Brasília

 

Hoje nosso céu acordou mais azul e mais experiente. São 156 anos de muitas vivências. Jacques Bossuet, bispo e teólogo francês certa vez disse: “A História é o grande espelho da vida; instrui com a experiência e corrige com o tempo”.

Acreditamos que é melhor unir-se a separar. Isso nos traz mais força. E é por este motivo, que cada planaltinense ama essa cidade. A beleza da melhor idade, das casas que atravessam gerações, dos monumentos erguidos, do valor imaterial que a fé produz, de uma região com características simples e rebuscadas mescladas. De plantios que alcança mesas em todo o Brasil e jardins no mundo. De águas que se emendam por dentro e ressurgem por fora, como cachoeiras densas e esplendorosas. De trilhas que se misturam com sucupiras e as irmãs árvores frondosas.

Fundamental era que ela existisse. “E Deus disse haja luz e houve luz”.

A mãe da capital ainda é uma senhora cheia de sonhos! Com um coração gigante, dentro de si possui belezas admiráveis e tesouros como não há em lugar algum.

Passar de um século e ainda ter tal vitalidade, é atestar uma alma incomensurável, onde cada manifestação individual, liberta uma verdade. Mas as mães, sempre querem o melhor dos filhos. Esta, tem praticamente três vezes a idade da famosa filha capital. E nessa bem querência, ensinou verdades sobre a persistência, amor e bondade.

Com curvas, planas e altivas dentro de uma tina infinita de sangue real, mergulha-se cada cidadão que torna-se uma célula fundamental em cada bairro artéria.

E é a ti Planaltina, que encanta não só a Brasília, mas o entorno que cerca o Goiás e chega às proximidades das Gerais… Que é mencionada no Chuí, relembrada no Oiapoque por existir. Levada aos quatro cantos pelos que se bastardam, tais filhos voltam e se monumentam em praça. É a ti…

De romaria a shows de rock, passando por cinema, teatro, baile e sarau, a festa promete animação e só termina no fim de agosto

Da Agência Brasília, com informações da Administração Regional de Planaltina – fotos: Agência Brasília

 

14 de Agosto de 2015 – 09:00

 

 

A região administrativa mais antiga de Brasília celebra 156 anos em 19 de agosto. Para comemorar o aniversário, a administração regional, em parceria com comerciantes locais, preparou eventos de hoje até o fim do mês.

No dia 18, às 20 horas, ocorrerá, no museu da região, a exposição 156 Fotos que Contam a História de Planaltina — coletânea do acervo pessoal dos historiadores Mário Castro e Robson Eleutério. No dia 21, às 19 horas, na Praça do Museu, os moradores poderão apreciar um sarau e, às 22 horas, no Ginásio de Múltiplas Funções, haverá um baile.

De acordo com a administração, no centenário, em 1959, foi promovido o primeiro grande baile de Planaltina, e a ideia é resgatar esse momento tão lembrado pela população mais antiga.

Entre as várias atrações para homenagear a região, no sábado (15), às 17 horas, estão previstos shows de rock, com as bandas Darshan, Pedrada, The Stucks, Kaliandra e Nenhuma Ilha, na Praça do Museu.

A 11ª Corrida de Rua ocorrerá no dia 30, às 9 horas, e fechará a programação. A largada e a chegada serão ao lado do Vila Olímpica, no Setor Residencial Leste, com percursos de 5 e de 10 quilômetros. As inscrições têm taxa de R$ 30 e podem ser feitas no site www.centraldacorrida.com.br.

aniversario planaltina156anos AgenciaBrasilia

História


A fundação oficial de Planaltina data de 1859. A riqueza cultural se faz presente, com eventos como a encenação a céu aberto da via-sacra no Morro da Capelinha, repetida há 42 anos. Em 2015, ela atraiu 70 mil pessoas.

Além disso, há áreas de preservação — a Estação Ecológica Águas Emendadas é aberta a visitantes —, e a região também se destaca pela produção agrícola e a pecuária.

Segundo a Pesquisa Distrital por Amostra de Domicílios (Pdad) de 2015, da Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan), a população urbana está estimada em 189.412 habitantes.

São aproximadamente 42 quilômetros da Rodoviária do Plano Piloto à Administração Regional de Planaltina. No sistema de busca do site do Transporte Urbano do Distrito Federal, é possível consultar horários e percursos de linhas de ônibus que levam à região. 

Veja algumas opções:

0.600: Planaltina — Eixo Norte e Sul — Terminal da Asa Sul
0.601: Planaltina — Tradicional — Eixo Norte e Sul — Terminal da Asa Sul
0.602: Planaltina — Buriti — Eixo Norte e Sul
0.617: Vale do Amanhecer — Eixo Norte e Sul
0.620: Planaltina — Eixo Norte — Rodoviária do Plano Piloto
0.627: Mestre D'Armas — Eixo Norte e Sul —Terminal da Asa Sul
600.3: Arapoangas — Estâncias I-V — Eixo Norte e Sul —Terminal da Asa Sul
600.4: Estância — Eixo Norte e Sul—Terminal da Asa Sul


 

 

 


Moradores de Planaltina, Sobradinho, Sobradinho II, Fercal, Itapoã, Paranoá e dos condomínios da região norte do Distrito Federal estão convidados para a segunda edição do Voz Ativa no Planejamento, marcada para ocorrer dia 13 de agosto, a partir das 19h30. A atividade será no Ginásio de Esportes de Sobradinho II, localizado na AR 3, ao lado Centro de Ensino Fundamental 08.

Atendendo a pedidos feitos após o primeiro evento, realizado em Samambaia, o Voz Ativa no Planejamento teve alterações. Em Sobradinho II, as participações orais serão limitadas a 25 inscrições, com tempo máximo de dois minutos, de modo que as contribuições sejam ainda mais qualificadas. As sugestões escritas, contudo, continuam ilimitadas. Como na primeira edição, a atividade contará com agentes de acolhimento para orientar o cidadão sobre como participar. 

Todas as demandas serão colhidas e analisadas. As pertinentes serão encaminhadas para a Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag), enquanto as que não forem pertinentes serão respondidas posteriormente. Quem não puder comparecer à atividade, poderá preencher formulário eletrônico, que estará disponível no sítio da Seplag (http://www.seplag.df.gov.br/voz_ativa/voz_ativa/html/index_voz_ativa.php), até o fim de agosto.

O projeto Voz Ativa no Planejamento se configura em audiências públicas mais dinâmicas e colaborativas, para atender à exigência da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), no que se refere ao Plano Plurianual (PPA). Como se trata de planejamento fundamental para o governo, o PPA tem sido construído buscando alinhamento dos programas e projetos com o Planejamento Estratégico governamental.

 

Sobre o PPA

O Plano Plurianual (PPA) é um documento legal previsto no artigo 165, da Constituição Federal de 1988. No Distrito Federal, esse plano foi instituído pela Lei Orgânica do Distrito Federal. O PPA é o principal instrumento de planejamento de médio prazo do governo, uma vez que define as diretrizes, objetivos e metas da administração pública local, para um período de quatro anos. Sua execução se dá, anualmente, por meio das Leis Orçamentárias (LOAs). O PPA que se encontra em construção servirá como balizador dos programas e políticas públicas governamentais entre 2016 e 2019.

1º de agosto

15 horas – Marcha para Jesus – Percurso inicial quadra ½ Concentração e show estacionamento da Feira. Realização: COPEV

 

7 de agosto

19:30 horas – CAPOEIRAPraça do Museu. Realização: Escola de Capoeira Gingarte

 

8 de agosto

9 horas – FEIRINHA DO MUSEU – Praça do Museu. Realização: Amigos do Centro Histórico de Planaltina

15 horas – CAPOEIRAGinásio de Múltiplas Funções – Realização: Escola de Capoeira Gingarte

16 horas – MOTOROCK – Shows Plebe Rude e exposição de motos – Praça de Museu. Realização: Legião da Capitão Moto Clube de Planaltina- DF

 

12 de agosto

14 às 18 horas – PROSA LIVRE – Palestra História e Cultura de Planaltina – Auditório Delta – Realização: Administração Regional de Planaltina e Professor Mario Castro

 

14 de agosto

19:30 horas – PROJETO (RE)CICLO DE CINEMA (Cinema na rua) – Av. Principal do Condomínio Quintas do Amanhecer II. Realização: STR Produções (LIC MINC Tetra Pak). 

 

15 de agosto

9 horas – PROJETO PRO JOVEM CAMPO – Saberes da Terra – Programa de conclusão de Ensino Fundamental no Pipiripau II
17 horas – PROJETO MOVIMENTANDO A CENA – Shows musicais nacionais e regionais. Praça do Museu. Realização: Coloniais de Acaju (LIC MINC Oi)

16 de agosto

9 às 15 horas – GAROTA DO PLANALTINA ESPORTE CLUBE – Avenida Jair dos Santos. Realização: Planaltina Esporte Clube

17 de agosto
19 horas – AUDIÊNICA PÚBLICA – Avenida Jair dos Santos. Realização Planaltina Esporte Clube – Colégio Delta. Realização: Câmera Legislativa do Distrito Federal – CLDF
19:30 horas – CULTO PELO ANIVERSÁRIO DE PLANALTINA – Assembleia de Deus – Setor Educacional, Área Especial Lote Q

17 a 21 de agosto
17 às 19 horas – CARRETA DA JUVENTUDE – Estacionamento da Administração Regional de Planaltina. Realização: SEMIDH / GDF


18 de agosto

20 horas – 156 FOTOS QUE CONTAM A HISTÓRIA DE PLANALTINA (Exposição virtual) – Museu de Planaltina. Coordenação: Professor Robson Eleutério

19 de agosto

8:30 horas – MISSA EM AÇAO DE GRAÇA – Igreja Matriz
19:30 horas – SESSÃO SOLENE CLDF DE ANIVERSÁRIO DE PLANALTINA – Colégio Delta. Realização: Câmera Legislativa do Distrito Federal – CLDF
20 horas – RODA DE PROSA II – Saberes da Cultura e da História de Planaltina – Museu de Planaltina. Realização: Instituto Cerratense – Coordenação Prof. Mario Castro

20 e 21 de agosto
19 horas – I MOSTRA DE VÍDEO CONTEMPORÂNEO – Museu de Planaltina – Apoio: Museu Nacional de Brasília


21 e 22 de agosto
9 às 16 horas – DF TV CIDADÃO – Estacionamento da Feira do Produtor. Realização: Rede Globo e Sesc

21 de agosto
19 horas – SARAU – Praça do Museu. Realização: Amigos do Centro Histórico de Planaltina

22 horas – BAILE DA CIDADE DE PLANALTINA – 156 ANOS – Ginásio de Múltiplas Funções. Apoio: Administração Regional de Planaltina e Parceiros.

 

22, 23, 29 e 30 de agosto (+ 5,6,12 e 13 de set)
20 horas – PEÇA TEATRAL: PIQUENIQUE NO FRONT – Mini Teatro Lieta de Ló – Rua Hugo Lobo, Qd. 46, nº 790, Setor Tradicional. Realização: Grupo Cultural Senta Que o Leão é Manso  

23 de agosto
6 horas – ROMARIA DE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA – A concentração às 06:30hs, na Praça São Sebastião, ao lado da Igrejinha, e partirá em romaria ao Morro da Capelinha onde ocorrerá a Santa Missa. Mais informações na Paróquia São Sebastião, entre 08hs-12hs e 14hs-17hs, pelo telefone (61) 3389-1019. 

9 horas – DESFILE CÍVICO EM COMEMORAÇÃO AOS 156 ANOS DE PLANALTINA – Avenida Uberdam Cardoso – Setor Administrativo de Planaltina. Realização Administração de Regional de Planaltina e Coordenação Regional de Ensino de Planaltina.

9 às 17 horas – CAMPEONATO DE THE CHALLENGE PATINS STEET – Pista de Skate na praça do Estudante

 

28 a 30 de agosto
20 horas – CRUZADA EVANGELISTICA – Estacionamento do Ginásio de Múltiplas Funções. Realização: COPEV

 

30 de agosto
9 horas – 11º Corrida de Rua de Planaltina – Largada e chegada ao Lado da Vila Olímpica –– Realização: Professor Zé Carlos

A Codeplan está lançando o concurso “I Prêmio da Codeplan de Monografias” com objetivo de estimular a pesquisa sobre temas voltados ao Distrito Federal e a Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno – RIDE, dentro do escopo de sua área de atuação.

Com o tema central “Desenvolvimento do Distrito Federal e RIDE”, poderão participar os candidatos de qualquer nacionalidade, que tenham curso superior completo.

As inscrições serão gratuitas e terão início em 10 de agosto e término em 09 de novembro de 2015.

Fonte: Agência Brasília  –  Fotos: Dênio Simões/Agência Brasília e Kleber Ribeiro RA VI


Os moradores do bairro Arapoanga, em Planaltina, dispõem de um ponto de encontro comunitário no Centro de Saúde nº 5. É o primeiro conjunto de equipamentos para ginástica da região. Foram entregues também uma quadra de areia e o piso de uma área para eventos, inaugurados na manhã desta quinta-feira (2).

O ato contou com a presença do governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, que considera importante equipar uma unidade de saúde para melhorar a qualidade de tratamento dos pacientes: “Se trabalharmos mais a promoção da saúde, certamente, teremos menos doentes e menos impactos para os hospitais”. Estavam presentes também o diretor-presidente da Novacap, Hermes de Paula; o diretor administrativo Júlio Mnegotto; os administradores de Sobradinho, Divino de Oliveira Sales; e de Sobradinho II e da Fercal, Estevão Souza dos Reis.

As obras foram realizadas pela administração regional de Planaltina com a Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap). Os recursos são oriundos dos dois órgãos e ainda da Polícia Militar do Distrito Federal, do Instituto Ambiental de Brasília (Ibram) e também de uma instituição local de tratamento de dependentes químicos.

Viva Saúde

Na ocasião, cerca de 60 mulheres entre 30 e 77 anos cantaram a música Eu Quero Apenas, do compositor Roberto Carlos. Elas participam do grupo Viva Saúde, que têm encontros todas as segundas, as quartas e as sextas-feiras, das 8 às 9 horas no Centro n°5. Os profissionais que acompanham as integrantes também promovem caminhadas e fazem aferição de pressão.

Para a gerente da unidade da rede pública, Elisangela Martins da Silva, os espaços são úteis para os projetos desenvolvidos pela unidade. “Temos o grupo multidisciplinar, com farmacêuticos, nutricionistas e assistentes sociais, que trabalha com a comunidade”, explicou.

Dayane Oliveira, da Agência Brasília

De fevereiro até agora, uma equipe formada por dois agentes da Vigilância Ambiental, dois bombeiros, dois policiais militares, um funcionário do Serviço de Limpeza Urbana (SLU) e um chaveiro visitou 200 casas e lotes abandonados em Planaltina. Nessas vistorias, o grupo identifica e elimina possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti, responsável por transmitir a dengue e a febre chikungunya.

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde nessa segunda-feira (6), 2 mil casos da doença foram registrados na região administrativa de janeiro até ontem. No mesmo período de 2014, houve 2.154 ocorrências confirmadas. Por se tratar de uma localidade com alta incidência, Planaltina receberá até o fim de julho as ações de combate à dengue com o apoio do Corpo de Bombeiros.

As residências vazias são identificadas durante visitas de porta em porta feitas por bombeiros e agentes ambientais, geralmente no período matutino. “Perguntamos se os vizinhos conhecem o dono da tal casa e se têm o número de telefone dele. Quando não conseguimos, pedimos a um chaveiro para abrir as fechaduras”, conta a chefe do Núcleo de Vigilância Ambiental de Planaltina, Marinalva Teles. Em alguns casos, é desnecessária a ação do profissional, pois são lotes com muros quebrados ou portões destrancados, com muito mato e lixo acumulado. Para adentrar os locais, os agentes têm uma autorização judicial.

Os policiais militares são os primeiros a entrar nos imóveis. Eles verificam se há alguém e garantem a segurança da equipe. Depois, os agentes observam cada ponto, e os bombeiros auxiliam em ações diversas, como o fechamento de fossas ou cisternas e caixas d'águas. O gari recolhe todo lixo que possa reter água.

De acordo com Marinalva Teles, quando o dono do lote é encontrado, ele recebe um prazo para corrigir irregularidades. Os proprietários podem ser advertidos ou multados pela Vigilância Sanitária, de acordo com a Lei Federal nº 6.437, que lista infrações à legislação sanitária federal e estabelece sanções. Dependendo do tipo do delito — leve, grave ou gravíssimo —, as multas variam entre R$ 2 mil e R$ 1,5 milhão.

No Distrito Federal
Em todo o DF, 7.683 casos de dengue foram confirmados de janeiro a ontem — 26,97% a menos que no mesmo período do ano passado. “Esperamos que agora, com a redução das chuvas e da temperatura, os números caiam cada vez mais”, afirma o chefe da Assessoria de Mobilização Institucional e Social para Prevenção à Dengue, Ailton Domicio.

Varjão
A administração regional do Varjão, em parceria com o SLU, iniciou nessa segunda-feira (6) a campanha Varjão Limpo. Entre outras ações, os dois órgãos vão retirar entulhos das ruas e orientar os moradores quanto à necessidade de evitar o acúmulo de lixo para combater os focos de dengue. A ação ocorrerá das 8 às 18 horas até sexta-feira (10).

Produção de maracujá em Brasília supera a média nacional

maracuja

  

Espécie pérola-do-cerrado é a aposta para aumentar a produtividade e a comercialização da fruta.

Há 30 anos, o maracujá era considerado uma fruta exótica, de pouca expressão comercial em Brasília. Dezoito anos mais tarde, uma parcela ainda tímida de produtores locais começou a dar atenção ao plantio e, por volta de 2008, a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) implantou novas técnicas e impulsionou o cultivo. A produção da fruta na capital é de 25 toneladas por hectare (10 mil metros quadrados), mais que o dobro da média nacional — 11 toneladas por hectare. No Núcleo Rural Pipiripau, em Planaltina, essa quantidade chega a 40 toneladas por hectare plantado.

Com 180 hectares (o equivalente aproximado a 180 campos de futebol) de área plantada, 76 produtores são responsáveis por esse cenário promissor. Desses, 35 encontram-se no Pipiripau, e o restante está espalhado por todas as regiões administrativas de Brasília. “A cultura do maracujá é típica da agricultura familiar, porque a espécie mais comum precisa de polinização manual, atividade que utiliza três trabalhadores por hectare”, explica o gerente da unidade da Emater no núcleo rural, Geraldo Magela. “Isso garante a geração expressiva de emprego e renda na capital.”

A produtora rural Maria Pereira da Silva, de 47 anos, mora no Pipiripau desde 2000. Assim que chegou, trabalhou como caseira de uma chácara e há dez anos conseguiu um pedaço de terra para se aventurar no plantio do maracujá. Com o marido e três filhos, ela já consegue tirar parte do sustento com a produção dos tipos azedo e pérola-do-cerrado. “Essa fruta é um presente que faz parte do meu futuro.” Com 20 plantas de cada espécie, Maria vende atualmente 40 quilos por mês do maracujá comum — a R$ 2,50 o quilo — e leva o outro para degustação.

“Ainda estou esperando o tipo pérola aumentar a produção para poder vender, mas, de acordo com a Emater, minha plantação é um milagre, porque começou a dar fruto com seis meses, e a média esperada é de pouco mais de um ano”, destaca a produtora. Segundo ela, o plantio do híbrido (cruzamento de tipos diferentes de maracujá) é muito fácil. Basta abrir a cova, colocar adubo orgânico e calcário, aguar por três dias e plantar a muda. Maria disse que a Emater fez a análise do solo e a orientou no plantio dessa cultura. “Essa é a melhor maneira de o seu negócio começar certo e ir pra frente.”

Tecnologia
A alta produtividade em Planaltina foi conquistada com o uso de um conjunto de tecnologias aplicadas à lavoura, como sistemas especiais de irrigação, polinização e cultivo de espécies híbridas desenvolvidas pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), plantio adensado — mais plantas por área — e produção em estufa. “Temos conseguido uma produção de 30 a 40 toneladas por hectare a céu aberto e de 90 a 100 toneladas quando plantado em estufa”, afirma o gerente da Emater.

O Brasil explora comercialmente duas espécies de maracujá — o azedo e o doce —, embora existam mais de 150 tipos. Recentemente, graças à Embrapa, a espécie pérola-do-cerrado foi introduzida em Brasília e tema principal do 7º Encontro Regional dos Produtores de Maracujá. Promovido pela Emater e pela Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural, o evento reuniu em 24 de junho mais de 350 pessoas que tiveram oportunidade de degustar o novo fruto — com 100% de aprovação — e de obter informações sobre a comercialização.

Espécie inovadora
O maracujá pérola-do-cerrado é um melhoramento feito pela empresa de pesquisa, começou a ser testado no Pipiripau há quatro anos e foi lançado em 2014. “Ele é silvestre e tem sabor e características interessantes para o mercado consumidor e produtor”, diz Geraldo Magela. Além de mais adocicado e saboroso que os outros tipos, tem efeito calmante duas vezes maior que o das espécies comuns. “Sua procura tem aumentado muito no consumo in natura e pelas pequenas indústrias de sorvete e de suco.”

A fruta é ideal para plantios orgânicos e em sistemas agroecológicos, já que não requer o uso de agrotóxicos por ser uma espécie rústica, e pode durar bem mais que os maracujás azedo e doce. Enquanto os tipos comuns duram de dois a três anos, a expectativa do híbrido é de 12 a 15 anos. Diferentemente dos outros, o pérola não precisa de polinização manual, porque esse trabalho é feito por um morcego silvestre. “A flor abre à noite e, depois de comê-la, o animal faz a polinização em um voo rasante”, informa o gerente da Emater.

Feira de orgânicos
Com todas as qualidades citadas, o quilo do tipo pérola custa seis vezes mais (R$ 12) que o das espécies comuns (R$ 2). “Por ser um produto diferenciado, temos comercializado em bandejas de 300 a 400 gramas, para facilitar a venda”, explica Magela. A nova espécie pode ser encontrada na feira de orgânicos da 316 Norte — em frente ao prédio da Emater —, às quintas e sábados pela manhã, e no mercado da agricultura familiar das Centrais de Abastecimento do DF (Ceasa). A muda é vendida somente no Viveiro Tropical, na BR-020, em Planaltina.

Fonte: Agência Brasília Fotos:Tony Winston/Agência Brasília

 

codeplan3    

A Codeplan divulgou a Pesquisa Distrital por Amostra de Domicílios (PDAD) da Região Administrativa de Planaltina.

Lucio Rennó, presidente da CODEPLAN, destacou a importância da divulgação dos dados de mais uma Região Administrativa. “Para nós é uma discussão muito rica e a proposta deste evento é poder gerar insumos, informações e conhecimento sobre as diferentes regiões administrativas e poder discuti-los profundamente com os técnicos dacasa e com os gestores das administrações.”

A pesquisa foi realizada nos meses de janeiro a março de 2015, com amostra de cerca de 800 domicílios. Nela, foi divulgado que a população estimada de Planaltina é de 189.412 habitantes, e que a taxa média geométrica de crescimento anual (TMGCA) é de 1,08%, em relação a 2013.

Os índices da pesquisa apontam para um aumento da qualidade de vida na região como mostra, por exemplo, o crescimento da renda domiciliar real, que passou de 2.927,81 em 2013 para 3.183,47 neste ano. A porcentagem de domicílios que possuem automóveis também cresceu. Em 2011, 44,64% das casas possuíam o próprio carro, e atualmente, cresceu para 60,04%. Contudo, apesar de o número de domicílios com carro terem aumentado, o principal meio de transporte utilizado pela população ainda é o ônibus. Somente 30% da população utiliza automóveis, e cerca de 52% utilizam o ônibus para trabalhar. A bicicleta é o segundo veículo com maior participação, com porcentagem de 38%.

Em relação ao uso de transporte público, a administradora regional de Planaltina, Dinalva Cantallops Ferreira, destacou que com os resultados da pesquisa apresentados hoje, mais de 50% da população, “é preciso pedir mais então” complementando a informação que já havia conseguido quatro novas linhas de transporte antes dos resultados da pesquisa.

A administradora disse ainda ter se surpreendido pelo número de idosos na região e concluiu que eles merecem uma atenção especial. De acordo com a pesquisa, 48% dos habitantes estão na faixa etária de 25 a 59 anos, 22% têm entre zero e 14 anos e 11% são idosos.

Ao final da coletiva, a administradora frisou a importância dessa PDAD. “Essa pesquisa será minha bíblia diária. Ela é muito importante para Planaltina. Quero muito divulgar esses dados, que nos ajudaram tanto, para a população.”

Participaram da divulgação também o diretor de estudos e pesquisas socioeconômicas, Bruno Cruz, o diretor de estudos urbanos e ambientais, Aldo Paviani, a arquiteta Eliana Klarmann e técnicos da CODEPLAN e da administração regional.

Fonte: Codeplan Fotos: Kleber Ribeiro

Baixe a pesquisa aqui:http://www.codeplan.df.gov.br/images/CODEPLAN/PDAD_Planaltina2015.pdf



 

 

.

agas-03   agas-02   agas-04

Brasília (3/7/2015) – A campanha do agasalho “O seu gesto vai aquecer a vida de quem mais precisa”, realizada pelas empresas de ônibus Viação Piracicabana e Sociedade de Transportes Coletivos de Brasília (TCB) entregaram, nesta sexta-feira (3/7), aproximadamente 700 peças entre toucas, luvas, meias e roupas de frio. Instituições sociais intermediaram as doações, onde diversas famílias foram contempladas diretamente. Em apenas 22 dias de arrecadação, quatro mil peças foram arrecadadas.

Presente na cerimônia de entrega, a administradora regional de Planaltina, Dinalva Ferreira, enfatizou a importância da ação. “Lembrar do próximo é aquecer o coração e também o corpo. É preciso mais ações assim, pois, infelizmente, muita gente não pode comprar um agasalho”.

Também estavam presentes no pátio da garagem da Viação Piracicabana o diretor geral da empresa, Fausto Mansur e Moisés de Lima, o diretor presidente da TCB, Jean Marcel, além de representante da secretaria de Desenvolvimento Humano Social, o chefe da assessoria José Arnaldo, o administrador de Sobradinho, Divino Sales, e o comandante do 14º Batalhão da Polícia Militar, tenente coronel David.

Passageira300 Secretario300

Dinalva300

 Por Sociedade de Transportes Coletivos de Brasília – TBC

 
A área rural de Planaltina e do Paranoá já está sendo atendida por três ônibus da Sociedade de Transportes Coletivos de Brasília (TCB). Na terça-feira (26), o presidente da TCB, Jean Marcel Fernandes, esteve em Planaltina e no Paranoá para fazer o percurso das linhas e conversar com a comunidade.

O primeiro itinerário foi realizado pela manhã, na linha 610.2, que atende Planaltina/Buriti Vermelho (via Tabatinga /Rio Preto) com uma extensão de 153 km, parte do trajeto em estrada de terra.

O presidente da TCB fez o percurso acompanhado da administradora de Planaltina, Dinalva Ferreira e do diretor administrativo da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap), Júlio Menegotto. “As comunidades rurais estavam desassistidas e estamos avaliando os horários e conversando com os passageiros para adequar da melhor forma possível. O governo de Brasília estuda medidas para recuperar essas linhas e atenderem as áreas mais carentes de transporte do DF”, explica o presidente da TCB.

À tarde, o percurso foi na linha 190.2 que atende o Paranoá/Jardim II (via Três Conquistas/Café sem Troco/Capão Seco/Lamarão) com um total de 176 km. Neste percurso, o administrador do Paranoá, Eduardo Rodrigues acompanhou o presidente da TCB.

Comunidade agradece

Durante o percurso alguns passageiros relataram a dificuldade de acesso ao transporte coletivo e elogiaram a medida. “Foram ótimos esses ônibus, principalmente para a gente que estava sofrendo sem ônibus e eu preciso muito para fazer minha fisioterapia”, comemora Vandice Gonçalves, 32 anos, moradora de Rio Preto que estava na linha 610.2.

Thaise Sousa, de 22 anos, moradora da área rural de Marajó, relata que o acesso pela linha 190.2 foi uma grande melhora. “Do Paranoá até Marajó dura cerca de uma hora e não tínhamos ônibus. Era muito difícil, agora vai ficar melhor com os ônibus”, explica a moradora.

Serviço:

Itinerários das novas linhas:

190.2 – Circular Paranoá/Jardim II (via Três Conquistas/Café sem Troco/Capão Seco/Lamarão

Horários: 6h/16h15

612.1 – Circular Planaltina/Colônia Agrícola São José (via N.R. alto do Santos Dumont)

Horários: 5h20/10h20/16h

610.2 – Circular Planaltina/Buriti Vermelho (Via Tabatinga/Rio Preto)

Horários: 5h/11h15/16h30

Tarifa: R$ 3,00 (três reais).


EVENTO

LOCAL

MÊS



Festa do Padroeiro
São Sebastião

Lei 4.544 de 02/03/2011

Igrejinha de São Sebastião

Janeiro



Folia de Reis

Lei 1.513 de 08/07/1997


Planaltina

Janeiro


Via Sacra


Estacionamento da Administração Regional


28 de Março a 5 de Abril

via-sacra-plan-80

Via Sacra ao Vivo

Decreto 28.870 de 17/03/2008


Morro da Capelinha


3 de Abril


Cavalgada Porta Minas

Lei 4.907 de 21/08/2012


Planaltina – Unaí


Abril


Festa de Santa Rita de Cássia

Lei 15.624 de 05/05/1994


Paróquia Santa Rita de Cássia

Vila Buritis


22 de Maio

120A

Festa do Divino Espírito Santo

Folia de Roça e de Rua

Decreto 3.410 de 02/08/2004

Praça São Sebastião

Comunidades Urbanas e Rurais

15 a 22 de Maio



Festa de Pentecostes

Avivando a Nação

Lei 5.038 de 25/02/2013

Avenida Marechal Deodoro

22 a 24 de Maio



Aniversário Planaltina

Decreto 571 de 19/01/1967


Planaltina

19 de Agosto


Cavalgada Planaltina 156 anos


Pedra Fundamental ao Parque de Exposições Agropecuária de Planaltina


29 de Agosto


Cruzada Evangelista em Planaltina

Lei 1.696 de 24/09/1997


Estacionamento da Administração Regional


28 a 30 de Agosto


Festa de São Vicente de Paulo

Lei 4.543 de 02/03/2011

Planaltina

Setembro

Por  Agência Brasília

 

A movimentação em frente à Igreja São Sebastião começou cedo. Antes das 13 h deste sábado (23), horário marcado para o início do encontro das bandeiras da Festa do Divino Espírito Santo, em Planaltina, fiéis já se reuniam para receber procissões de oito paróquias da região, que começou às 6 h, com um café comunitário.
O governador Rodrigo Rollemberg chegou ao local montado em um cavalo, acompanhando a tradicional folia da roça. O chefe do Executivo local elogiou a mobilização dos moradores. “Quero destacar o apoio da população de Planaltina, que trabalhou para a realização dessa festa linda. Uma pessoa pode ser milionária, mas não é capaz de fazer uma festa desse porte sem solidariedade e fé. É uma emoção poder participar”, afirmou. 
Mais tarde, toda a comunidade envolvida na festa se reuniu para almoçar na Praça de São Sebastião. O cardápio foi preparado cuidadosamente por moradores da região. De acordo com a Polícia Militar, 12 mil pessoas passaram pelas festividades. O evento termina neste domingo (24), com a celebração da Santa Missa de Pentecostes.

História
A Festa do Divino Espírito Santo é realizada sete semanas depois do Domingo de Páscoa e remonta a descida do Espírito Santo sobre os apóstolos de Jesus. Trata-se da segunda maior celebração religiosa de Planaltina, perdendo apenas para a Via-Sacra do Morro da Capelinha.

Bus333


 

Por Mariana Damaceno, da Agência Brasília


O governo de Brasília faz um diagnóstico sobre o sistema de transporte rural no DF. Um grupo de trabalho, formado pelas Secretarias de Mobilidade e de Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural, além do Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans) e da Sociedade de Transportes Coletivos de Brasília (TCB), estuda medidas para recuperar as linhas, a maioria abandonada pelos permissionários. Existem 97 delas cadastradas no DFTrans.

Segundo o subsecretário de Planejamento e Gestão Estratégica, da Secretaria de Mobilidade, Leandro Freitas Couto, a expectativa é que a TCB comece a operar, em duas semanas, mais dois itinerários — um em Planaltina e outro no Paranoá —, além das três linhas que começaram a circular ontem de manhã.

A medida faz parte de ações emergenciais adotadas pelo governo para não deixar a comunidade rural desassistida. “Muitas linhas foram criadas na década de 1990 e podem ser absorvidas por operadoras do transporte básico [que atende áreas urbanas]”, explica o subsecretário. Após o balanço nos contratos e na demanda do transporte rural, a pasta vai definir o novo modelo do sistema e abrir licitação para o serviço.

Planaltina e Paranoá
Ontem de manhã (20), três rotas de ônibus voltaram a funcionar em áreas rurais de Planaltina e do Paranoá. Os locais, segundo levantamento do grupo de trabalho, são alguns dos mais carentes do DF. Juntos, somam mais de 440 quilômetros em circuito fechado — ida e volta. Até sábado, não será cobrada passagem e não haverá funcionamento no domingo.  A partir de segunda-feira (25), o valor será de R$ 3.

espaço sensível museu planaltina2

  

Exposição


MUSEU ESPAÇO SENSÍVEL

Museu Histórico e Artístico de Planaltina

No próximo 18 de maio, “Dia Internacional dos Museus”, o Museu Histórico e Artístico de Planaltina inaugura às 16h a exposição MUSEU ESPAÇO SENSÍVEL, com obras de arte contemporânea dos acervos do Museu Nacional do Conjunto Cultural da República (MuN) e do Museu de Arte de Brasília (MAB). O evento contará ainda com debate sobre modelos de gestão para museus.

Serão expostas obras dos seguintes artistas: Amilcar de Castro, Ana Maria Tavares, Ana Miguel, Andréa Campos de Sá, Bené Fonteles, Carppio de Morais, Darlan Rosa, Elder Rocha Filho, Félix Bressan, Flávio Cerqueira, Gaspare Di Caro, José Roberto Furquim, Nazareno, Nino Cais, Regina Ramalho, Ricardo Stumm, Rodrigo Rosa, Sanagê, Sérgio Romagnolo, Suyan de Mattos e Waleska Reuter.

A exposição é apresentada pelo Governo do Distrito Federal, a Secretaria de Cultura, o Museu Nacional, a Administração Regional de Planaltina, a Associação dos Amigos do Centro Histórico de Planaltina com o apoio da Promotoria de Justiça de Defesa do Meio Ambiente e do Patrimônio Cultural/MPDFT.

 

MUSEU HISTÓRICO E ARTÍSTICO DE PLANALTINA
Pçª Cel. Salviano Monteiro Guimarães – Setor Tradicional de Planaltina.

Período de 19 de maio a 03 de junho de 2015.
Visitação de segunda a sexta, das 8h às 12h e das 14h às 18h.

Eventos Esportivos

EVENTO

LOCAL

MÊS

Campeonato dos Campeões
Futebol (campos de várzeas)

Modulo esportivo
Estádio Adornir Guimarães / Campo do Ninim

Fevereiro / Abril / 2015

Campeonato Cidade Planaltina
Futebol (campos de várzeas)

Modulo esportivo
Estádio Adornir Guimarães / Campo do Ninim

Fevereiro / Abril / 2015

Torneio de Society J. Roriz
Futebol de Quadra

Bairro Joaquim Roriz

Fevereiro / Abril / 2015

Torneio de Society Buritis II
Futebol de Quadra

Bairro do Buritis II

Março / Junho / 2015

Veloterra
Carros e Veículos Tubulares

Morro da Capelinha

Março / Novembro / 2015

Copa Futsal
Futebol de Salão

Ginásio da Escola CAIC

Abril / Junho / 2015

Campeonato dos Veteranos
Futebol (campos de várzeas)

Modulo esportivo
Estádio Adornir Guimarães / Campo do Ninim

Abril / Junho / 2015

Campeonato Master
Futebol (campos de várzeas)

Modulo esportivo
Estádio Adornir Guimarães / Campo do Ninim

Abril / Junho / 2015

Campeonato das Categorias de Base – Futebol (campos de várzeas)

Modulo esportivo
Estádio Adornir Guimarães / Campo do Ninim

Abril / Agosto / 2015

Campeonato Feminino
Futebol

Praça do Estudante

Maio – Junho / 2015

Torneio de Beach Soccer
Futebol de Areia

Módulo Esportivo

Maio – 06/05 / 2015

Torneio de Vôlei (4 por 4)

Praça do Estudante / Quadra da Vila Vicentina

Maio – 01/05/2015

Corrida de Rua Parque Sucupira

Parque sucupira.

Maio – 2015

Copa Sul Americana de Base
Futebol

Estádio Adornir Guimarães / Campo do Ninim / Embrapa

Julho 18/07/2015 a 04/082015 Previsão

Copa Rural da Saída Norte
Futebol

Área rural de Planaltina

Julho / Setembro / 2015

Campeonato dos Órgãos
Futebol

Estádio Adornir Guimarães / Campo do Ninim

Julho / 2015

Torneio de Vôlei
(dupla/areia)

Modulo esportivo

Agosto – 06/08 / 2015

Campeonato Internacional de Capoeira

Funções Múltiplas

Agosto / 2015

Torneio de Skate

Praça do Estudante

Agosto / 2015

Corrida da Pedra Fundamental

Planaltina

Agosto / 2015

Pedalada de paz

Bairros de Planaltina

Agosto / 2015

Copa Planaltina
Futebol (campos de várzeas)

Modulo esportivo

Estádio Adornir Guimarães / Campo do Ninim

Setembro / Novembro / 2015

Copa dos Veteranos
Futebol (campos de várzeas)

Modulo esportivo
Estádio Adornir Guimarães / Campo do Ninim

Setembro / Novembro / 2015

Copa Master
Futebol (campos de várzeas)

Modulo esportivo
Estádio Adornir Guimarães / Campo do Ninim

Setembro / Novembro / 2015

Torneio de Vôlei

Quadra da Vila Vicentina / Praça do Estudante.

Setembro / Novembro / 2015

Torneio de Basquete

Praça do Estudante

Setembro – 07/09 / 2015

Corrida pela Paz
Maratona

Planaltina

Setembro / 2015

Torneio de Karatê Vale do Amanhecer

Vale do Amanhecer

Outubro – 12/10 / 2015

Torneio de Karatê de Planaltina

Ginásio de esportes do Buritis III

Novembro – 15/11/ 2015

Corrida da Cidade
Maratona

Planaltina

Novembro / 2015

Eventos Rurais / Industriais / Comerciais

EVENTO

LOCAL

MÊS

Feira do Microempreendedor Individual

Estacionamento da Administração Regional

13 a 18 de Maio

Semana do Produtor Rural

Decreto 19.118 de 23/03/1998

Sede do Núcleo Rural de Tabatinga

23 a 31 de Maio

Encontro dos Produtores de Maracujá

Sede do Núcleo Rural de Pipiripau II

24 de Junho

Semana do Pimentão

Lei 4.616 de 23/08/2011

Sede do Núcleo Rural Taquara

12 a 16 de Agosto

Desfile de Carro de Boi

Chácara Vereda ao Parque de Exposições Agropecuária de Planaltina

20 a 23 de Agosto

Exposição Agropecuário de Planaltina – EXPLOPAN

Parque de Exposições Agropecuária de Planaltina

27 a 30 de Agosto

Feira de Indústria e Comércio

Parque de Exposições Agropecuária de Planaltina

27 a 30 de Agosto

Copa Marcha Largo

Parque de Exposições Agropecuária de Planaltina

27 a 30 de Agosto

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros