07 de maio

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
9/12/20 às 8h54 - Atualizado em 9/12/20 às 8h54

Feira de Hortifruti ganha alambrado

COMPARTILHAR

Feira de Planaltina ganha alambrado e mais segurança

E não para por aí. A administração quer melhorar a parte elétrica, o piso e a cobertura com apoio do programa Feira Legal

 

MATÉRIA DE: RAFAEL SECUNHO, DA AGÊNCIA BRASÍLIA* | EDIÇÃO: MÔNICA PEDROSO

Alambrado na Feira de Planaltina vai dar mais controle e segurança aos feirantes e frequentadores | Foto: Joel Rodrigues / Agência Brasília

Um dos pontos mais queridos e frequentados pelos moradores de Planaltina, a Feira de Hortifruti passa por reformas. E ganhará em segurança e organização. O perímetro de 300 metros da feira será todo cercado com alambrado e ganhará oito portas de acesso. Os recursos – no valor de R$ 205 mil – são de emenda parlamentar do deputado distrital Robério Negreiros.

De terça a domingo, a feirinha não para. Uma variedade de frutas, legumes, queijos, temperos, produtos naturais estão dispostos nas bancas. Nas laterais, as lanchonetes. Porém, problemas de segurança e aglomeração vinham incomodando clientes fiéis  e os cerca de 150 feirantes do local.

Nascida em Planaltina e dona de uma banca de temperos, Tabita Xavier, 32, é uma delas. Segundo a comerciante, a feira estava virando uma confusão. “Era preciso controlar o movimento aqui. Muitos furtos de mercadoria toda semana e bicicleta passando no meio dos clientes”, relata. “Com o alambrado, vai ficar mais seguro para todos, além de termos portas de entrada e de saída”, aponta a moça.

A feirante Tabita Xavier acredita que o ambiente ficará mais seguro | Foto: Joel Rodrigues / Agência Brasília

Originalmente aberta nas laterais, em abril, a feira foi cercada por cordas em função da pandemia do coronavírus. Essa foi a forma encontrada para colocar em práticas medidas de segurança sanitária como aferir a temperatura corporal dos frequentadores e observar o uso da máscara na entrada. Mas sem resultado, visto que muitas pessoas passavam entre as cordas.

Além disso, não raro eram registrados furtos de produtos das bancas no período noturno. A vendedora de queijos e doces, Ariana Melo, 30, não chegou a passar pelo revés. Mas reclamou da falta de segurança.  “São dois vigilantes noturnos aqui na feira. Mas que não dão conta do espaço. Nossas barracas aqui no fundo ficavam largadas. Tinha morador de rua passando a noite aqui. Pelo menos, isso deve acabar”, espera Ariana.

Menos lotação

Para quem “bate o ponto” no comércio, o cercamento também agradou. Semanalmente, o agricultor Luiz Cappellesso, 49, passa por lá para comprar seus temperos e laticínios. Segundo ele, a mudança era muito necessária. “A feira é um espaço muito importante para os moradores da cidade, então precisa ter qualidade. O comerciante que vai para casa dormir não ficava tranquilo com isso aqui aberto” pontua.

“Se vai trazer mais segurança, eu apoio. Além do que, a pandemia ainda não acabou e tem dia que a feira está lotada”, emenda o aposentado Arnaldo Sisson, 67, que tem um sítio nos arredores de Planaltina. Assim como Arnaldo, cerca de 25 mil pessoas passam pelo local semanalmente.

Segundo o administrador regional, Celio Rodrigues, agora a Feira de Hortifruti ganhará nova dinâmica e vão encerrar as eventuais aglomerações. “Era um sistema de entrada e saída infinita, no qual a gente não tinha controle. Agora, sem dúvidas, poderemos limitar a quantidade de usuários lá dentro”, explica. “E trará mais segurança para os comerciantes e para a população de Planaltina”, projeta Rodrigues.

Infraestrutura

E, dentro em breve, o espaço vai melhorar ainda mais. A Administração encaminhou uma proposta de reforma no âmbito do Programa Feira Legal do GDF. Melhorias na parte elétrica, piso e a cobertura estão previstas. O Feira Legal trabalha na modernização e legalização desses espaços em toda a capital. Atualmente, são 38 feiras permanentes e três shoppings populares no DF.

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros